sábado, 7 de março de 2015

Miniatura Marvel Série Especial Nº 03 - Destroyer - O Demolidor

Miniatura Marvel Especial Nº 03 - Destroyer - O Demolidor

Diretamente da longínqua Era de Ouro dos Quadrinhos, Destroyer - O Demolidor é lançado em meio às Especiais da Coleção de Miniaturas Marvel. Para mim foi uma grata surpresa ter essa peça dentre as Especiais da coleção. Criado em plena 2ª Guerra Mundial por ninguém menos que Stan Lee, Destroyer é um personagem que ficou conhecido como o Flagelo dos Nazistas, um super-soldado que lutou atrás das linhas inimigas e possui um interessante passado. Nessa matéria examinaremos as características da peça e alguns aspectos de sua obscura mitologia.

Miniatura Marvel Especial Nº 03 - Destroyer - O Demolidor

A peça é uma das mais interessantes da coleção em minha opinião. Detalhes e destaques não faltam, no entanto é sua composição geral (praticamente um diorama) que revela não apenas a natureza do personagem, mas também sua missão militar. Trajando uma camisa com uma caveira estampada no peito a peça traz Destroyer com uma musculatura muito bem definida, além de uma pose de enfrentamento empunhando uma metralhadora em uma postura de hostilidade e triunfo, ao pisar sobre um soldado alemão no chão.

Miniatura Marvel Especial Nº 03 - Destroyer - O Demolidor

Gostei também do lenço vermelho ao redor do pescoço, um detalhe que lembra os antigos heróis das matinês dos anos 40 e 50. Além disso, outro ponto alto que caracteriza o personagem é sua face. Lembrando um fantasma que não tem rosto definido, Destroyer traz a frieza de um andróide, característica que pode ter influenciado Stan Lee na concepção do personagem em função do medo de autômatos e de robôs da sociedade da época. Um ser que não teria medo ou escrúpulos em suas ações. O corpo do soldado aos seus pés é outro show à parte. Toda indumentária de um soldado alemão está ali presente, capacete, uniforme, cantil, alforje, botas e um rifle caído sob sua mão esquerda. É possível ver inclusive que o cotovelo esquerdo do soldado está ligeiramente inclinado para cima, numa posição que nos faz supor que ele está tentando se recuperar ou levantar.

Miniatura Marvel Especial Nº 03 - Destroyer - O Demolidor

Não posso deixar de comentar o traje dos membros inferiores do Destroyer (uma calça listrada que termina dentro de pequenas botas). Um dos grandes erros que podemos cometer é analisar qualquer característica de uma obra ou personagem do passado, única e exclusivamente à luz do pensamento filosófico e estético atual. Ao fazermos isso desprezamos toda perspectiva histórica e o contexto que permeava a criação. Temos que lembrar que o Destroyer foi criado para lutar nas gélidas paisagens das cidades europeias (Alemanha, Áustria, Hungria, Bulgária, República Checa dentre outros países). Não é difícil imaginarmos que as vestes do personagem lembram facilmente a de um cigano. Ciganos em geral eram vistos como párias na sociedade europeia da época (e talvez até na nossa sociedade atual). Por isso acredito que sua calça listrada e suas botas evoquem na verdade a indumentária de um cigano. O que muda completamente nosso conceito do que é esteticamente aceitável ou não ao observarmos novamente o traje deste personagem.

Miniatura Marvel Especial Nº 03 - Destroyer - O Demolidor

A história da origem do personagem é cercada de mistérios, porém começa com um repórter britânico que cobria a 2ª Guerra Mundial atrás das linhas inimigas, Kevin Marlow. Marlow foi capturado pelos nazistas e lançado em um cárcere em que conheceu o cientista alemão anti-nazista  Eric Schmitt. O cientista trazia consigo uma fórmula de super-soldado semelhante àquela usada em Steve Rogers. Em seus minutos finais de vida o alemão pede a Kevin que tome a fórmula. Assim, o repórter britânico ganharia superforça, sentidos super-aguçados, além de agilidade e resistência acima do normal. Kevin devasta quase todas as alas da prisão em que se encontrava e vinga a morte de Eric. A partir daí, passaria a usar o uniforme que vemos nas fotos acima, lutando com o nome de Destroyer e arrasando as forças nazistas.

Miniatura Marvel Especial Nº 03 - Destroyer - O Demolidor

Há, no entanto uma segunda história que ocorre paralela àquela relatada acima. Uma história envolvendo outro jornalista, Brian Falsworth. Preso também durante a 2ª Guerra, Falsworth seria preso na mesma cela que Kevin Marlow fora preso. Encontrando resquícios da fórmula dentro da cela, Falsworth prepararia a sua própria versão da fórmula, tornando-se de igual modo um jovem super-dotado que também passaria a atuar como Destroyer. Ao que tudo indica, portanto haviam dois Destroyers lutando ao mesmo tempo na Europa contra a ameaça nazista. Outra hipótese é que na verdade eles fossem a mesma pessoa e a confusão histórica seria fruto da dificuldade de se obter registros confiáveis na época. Outro detalhe interessante é que o pai de Brian Falsworth foi o 1º Union Jack (herói britânico da Era de Ouro) e sua irmã era ninguém menos que a heroína Spitfire, outra conhecida personagem dos quadrinhos na época.

Miniatura Marvel Especial Nº 03 - Destroyer - O Demolidor

Destroyer - O Demolidor foi criado dentro de uma editora que nos anos 40 era apenas mais uma dentre muitas: a Timely Comics. A Timely cresceria sob a batuta de Martin Goodman (proprietário) e de artistas como Joe Simon, Jack Kirby e Stan Lee, destacando-se na Era de Ouro dos Quadrinhos (1938 - 1950). Com o nome alterado para Marvel Comics, a editora de Goodman lançaria importantes personagens na época (Capitão América, Namor, Tocha Humana Original, Anjo, dentre outros). Com o renascimento dos heróis na Era de Prata (década de 60) muitos heróis voltariam à ação. Infelizmente não foi o caso de Destroyer, um obscuro herói que dedicou sua vida à erradicação de um dos piores movimentos da humanidade, o Nazismo.

Miniatura Marvel Especial Nº 03 - Destroyer - O Demolidor

Para mim Destroyer - O Demolidor possui todos os ingredientes que compõem (ainda em nossos dias) um bom Super-herói. Sua imagem estranha, exótica e talvez até bizarra é um destaque em minha opinião, e não o contrário. Já que a Marvel também aceita o conceito de múltiplos universos, eu ficaria muito contente se um dia a editora lançasse histórias de um universo paralelo em que personagens assim pudessem ser melhor desenvolvidos.

Ok amigos... Um grande abraço!

10 comentários:

  1. Oi, Marcelo.... Uma peça magnífica mesmo essa:

    É uma das minhas favoritas de toda a coleção.... e merece destaque tbm a revista q a acompanha nesse caso: Um verdadeiro dossiê sobre a Era de Ouro dos gibis (pra ler, guardar e reler)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Leo...

      Blz?

      Com toda certeza. O lançamento do Destroyer ao meu ver foi uma bela homenagem ao histórico da Editora. É preciso que os leitores conheçam e valorizem esses aspectos históricos, pois quando os conhecemos passamos a dimensionar todo o Universo dos Quadrinhos de forma diferente.

      A revista que acompanha a edição é fantástica mesmo, pois trás um dossiê prático e objetivo dos primeiros anos da Marvel como Timely. Um tesouro realmente.

      A peça do Destroyer não precisa nem comentar, é incrível.

      Valeu Leo...

      Grande abraço!

      Marcelo.

      Excluir
  2. Excelente postagem Marcelo! Realmente, não dá para entender por quê a Marvel deixou de lado alguns personagens da Era de Ouro, como o Destroyer. Fico na mesma torcida que você, para que um dia ele volte a figurar nas revistas da editora. Um abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Marcelo...

      Blz!?

      Obrigado, amigo!

      Como comentei na matéria eu ainda tenho esperança dos quadrinhos se expandirem de tal modo que o mercado um dia comporte muitos segmentos de HQs com estilos diferentes. Por exemplo, o leitor que gosta da Era de Prata teria um Universo só para ele com títulos no estilo da Era de Prata. Aquele que gostasse da Era de Ouro teria um segmento de títulos com HQs naquele formato, e assim por diante.

      Penso que seria possível trabalhar histórias relevantes e adultas utilizando-se a narrativa gráfica de cada Era. Assim, os amantes de uma determinada linha de quadrinhos teria a opção de comprar títulos dentro do seu gosto. Daí quem sabe veríamos personagens como o Destroyer sendo novamente trabalhados.

      Vamos torcer!

      Grande Abraço!!

      Marcelo.

      Excluir
    2. Marcelo, essa é uma visão muito interessante. Algo próximo a isso está sendo feito pela Dynamite, com títulos como "O Aranha", "O Sombra" etc. Pena que chegam a valores um pouco salgados aqui no Brasil. Vamos torcer para que sua visão se concretize. Seria excelente!

      Excluir
    3. É verdade Marcelo. A Dynamite vem trazendo alguns personagens da Era de Ouro de volta.

      Li O Sombra e comprei O Aranha. Gostei do SOMBRA e seria muito interessante concretizarem essa minha ideia. Pena que eles fazem títulos já imaginando que o mercado é restrito para esse tipo de segmento, logo, os preços vem altos.

      Mas quem sabe um dia!

      Abração!!

      Marcelo.

      Excluir
  3. Fala Marcelo. Tudo bom?

    Excelente sua matéria do Destroyer ! Tanto sua perspectiva da miniatura quanto do histórico do personagem ficaram impecáveis. Aliás, impecável foi essa obra de arte em forma de miniatura. São impressionante os detalhes dessa peça e sem dúvida uma das mais bem trabalhadas da coleção, ao menos até agora das que tive o prazer de ver de perto. Estranho que de todas as ditas especiais Marvel lançadas na loja virtual Eaglemoss, Destroyer foi a única que não vi "indisponível" no site. Com certeza por ser um personagem pouquíssimo conhecido ( falo por mim também ), creio que sua procura e posterior venda, ficaram bem abaixo das demais; o que nos faz refletir se esse personagem teria HOJE, uma aceitação comercialmente razoável para que fosse publicadas algo a seu respeito. Uma coisa é certa : nas mãos de bons roteiristas, qualquer personagem ganha grandeza, como já concordamos outras vezes. Além de tudo, potencial e importância histórica, Destroyer tem de sobra e, ao menos pra mim, seria muito agradável ter uma publicação desse clássico em mãos.

    Sempre passando na sua "casa" para colher novidades hehe
    Abs.

    Fernando

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Fernando!! Blz, amigo!?

      Obrigado pela presença e comentário! Valeu mesmo!

      Essa peça do Destroyer talvez entre futuramente para um possível TOP 10 da coleção. Você não acha? Só quem tem a peça nas mãos pode perceber seus detalhes e dar-lhe o crédito que merece.

      Já tinha percebido também que o Destroyer é uma das únicas peças que sempre esteve disponível no site. Realmente o desconhecimento do personagem talvez explique essa falta de interesse, o que é uma pena, já que é uma peça tão bonita e cheia de significados.

      Sobre histórias do personagem eu seria o primeiro na fila para compra-las. Como até coloquei acima em um dos comentários eu acharia sensacional se a Marvel desenvolvesse o conceito de Universos Paralelos em que determinadas linhas da editora fossem retomadas. Tipo um Universo em que os heróis da Era de Ouro fossem abordados em temáticas adultas e interessantes, outro em que os personagens no estilo Era de Prata também aparecessem e assim por diante. Seria uma forma de atender diversas facções diferentes de leitores presentes no mercado.

      Quem sabe eles não acordam pra isso não é mesmo? Eu mesmo já vi muitos leitores abandonarem os quadrinhos em função da linha editorial atual. Taí uma parcela de pessoas que acabariam voltando a ler se vissem um segmento de HQs especifico.

      Valeu Fernando! Apareça sempre mesmo.

      Abração!

      Marcelo.

      Excluir
  4. Olá de novo.

    " Brincando " no youtube pelo celular, achei por acaso um desenho do Aranha, até que resecente, com a participação do Destroyer, que pelo notei, aparece varias vezes junto com outros personagens da Era de Ouro. Vou ver com calma assim que der . Creio que não deva existir muitos desenhos animados que o Destroyer aparece. Link : https://www.youtube.com/watch?v=sYiHM8IacYQ

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Fernando!

      Valeu pela dica! Poxa... Deve ser legal mesmo! Já comecei a ver no YouTube pelo link que você enviou. Fiquei curioso!

      Valeu mesmo!

      Marcelo.

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts Relacionados