sábado, 21 de março de 2020

Pílulas Fílmicas #5: Alphaville (1965)


Alphaville (Dir. Jean-Luc Godard - 1965). Um filme difícil. Difícil em sua estrutura narrativa e em suas metáforas. Mas de uma beleza singular ao resgatar (em minha opinião pelo menos) elementos do Noir Clássico. Jogos de sombras que definem o ambiente interno de seus personagens em uma melancolia que permeia toda obra. Uma distopia acerca da perda da humanidade esmagada pela frieza e racionalidade. Assisti em pequenas doses para poder digeri-lo... Mas ao final uma grande obra de silêncios e angústias. É impossível não se emocionar com a decadência que permeia o filme, lembrando a própria fala dos personagens: Alphaville - A Capital da Dor. A despeito de tudo isso, no entanto, uma obra "sobre o amor".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts Relacionados