Translate

domingo, 13 de fevereiro de 2022

Pílula Literária #3: Terror Depois da Ceia




Lançado em 1891, Terror Depois da Ceia (Told After Supper) foi escrito por Jerome K. Jerome (1859-1927), autor também presente em outra antologia da Editora Wish (Natal dos Fantasmas). Jerome foi um escritor inglês que fez sucesso no final da 2ª metade do século XIX início do século XX. Terror Depois da Ceia parece sintetizar muito bem a veia literária cômica do autor. A obra traz uma história inicial que se passa na véspera de natal e que logo desemboca, após a ceia, em uma reunião de senhores na qual cada um é convidado a contar sua história de natal. As narrativas que se seguem são os contos de cada um dos presentes na sala ao longo da madrugada. Entre um conto e outro há um breve interlúdio no qual o narrador atualiza ao leitor acerca do clima da sala. Embora com uma sutil veia cômica, as histórias contadas são sobrenaturais, oníricas e insólitas. Boa parte dessa construção e efeito no leitor é proveniente das incríveis e geniais ilustrações de Kenneth M. Spearing, pintor, ilustrador e litógrafo inglês nascido em 1857. Caso você tenha tido uma infância onde livros eram objetos mágicos em que figuras tinham um efeito magnético, quase místico, então você fará um tour de volta à essa sensação. Pois foi o que aconteceu comigo. Minha grande dica é ajustar sua sintonia com esse "eu" interior que se maravilha com significados e sensações estranhas que determinadas figuras lhe causam. Ao fazê-lo você sentirá a intensidade e força da arte de Spearing. Esses dois ingredientes juntos, narrativa e ilustrações, ganham força na obra e, ao lê-la, é como se estivéssemos passeando por um antiquário cheio de coisas estranhas. Recomendo sua leitura antes ou mesmo após (como foi meu caso) da leitura de o Natal dos Fantasmas, pois o clima é totalmente semelhante. A Editora Wish revela um cuidado muito grande em sua curadoria e na concepção artística de suas obras, potencializando o efeito que a obra em si já causaria no leitor. Dica para ler à noite à luz de um abajur e tomando uma bebida quente!






3 comentários:

  1. Antologias... Venho fugindo delas depois que comecei a entender como realmente funcionam, mas tenho algumas aqui que gostei muito. Quando bem executada, traz contos muito bons que nos divertem. Obrigado por compartilhar conosco essa sua experiência literária. Mais uma opção de leitura para a gente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Fabiano...

      Acho que Antologias são como você coloca mesmo. Temos que lê-las em intervalos esporádicos. Quando bem feita as partes somam um todo excelente.

      Obrigado pela presença amigo. Tenho entrado nesse universo literário do final do século 19. Tenho visto muitas editoras com um cuidado muito grande com as edições fazendo campanhas coletivas e trazendo material interessante. Caso por exemplo da Editora Wish e Clepsidra.

      Valeu amigo!

      Marcelo

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts Relacionados