sábado, 28 de fevereiro de 2015

Coleção de Graphic Novels - Os Heróis Mais Poderosos da Marvel - Editora Salvat



Bom amigos, cumprindo a promessa a Editora Salvat lança em diversas cidades brasileiras sua nova Coleção de Graphic Novels intitulada Os Heróis Mais Poderosos da Marvel. Seguindo o modelo de sua primeira Coleção de Graphic Novels de capa preta intitulada apenas como Coleção Oficial de Graphic Novels da Marvel e lançada em Agosto de 2013, a Editora lança agora essa nova coleção que será composta também de 60 volumes que juntos formarão a imagem acima, uma ilustração do renomado desenhista Adi Granov. Na primeira coleção o foco era abordar grandes sagas da Marvel em cada volume, agora no entanto o principal objetivo é abordar um único personagem ou grupo em cada encadernado. Assim, cada volume traria (pelo menos entendi assim) a primeira aparição do personagem nos quadrinhos, bem como uma segunda HQ que definiria o herói em seu DNA, ou seja, que traduz sua essência.

Nº 01

O objetivo da coleção é arrojado e possui grande potencial de sucesso, uma vez que a 1ª aparição de um personagem é um evento que, por si só, já é clássico e cheio de símbolos, pois podemos enxergar o herói ou grupo a partir de sua perspectiva inicial, livre do que ele iria se tornar. A 2ª proposta presente em cada encadernado pode gerar divergências, já que a escolha de uma história definitiva de um determinado personagem é algo que envolve a opinião de cada fã. De qualquer forma a ideia é boa e acho muito bem vinda. Em tempos em que a produção de quadrinhos de super-heróis carece de um "Norte" e de uma perspectiva mais de longo prazo na qual os personagens sejam abordados sob uma perspectiva não apenas mercadológica (exceções existem é claro), coleções como essa vem injetar um frescor em novos e velhos leitores.

Nº 02

A polêmica ao redor do lançamento vem de muitos fãs que solicitam que a Editora espere o término de uma coleção para o início de outra, uma vez que a primeira (de capa preta) ainda está sendo lançada (confira seu andamento nessa matéria: Coleção de Graphic Novel Salvat - Lista de Lançamentos - Atualizada). De qualquer forma o fato da empresa investir numa nova coleção desta envergadura nos mostra em primeira instância que o mercado brasileiro é promissor e robusto. Há cerca de alguns meses atrás a Editora Eaglemoss também anunciou outra coleção nesse mesmo molde para esse ano, porém com sagas da DC. É possível que a Salvat, na tentativa de demarcar terreno e público, tenha optado por antecipar o lançamento, já que de um jeito ou de outro sua concorrente lançaria a coleção da DC, o que acabaria por tirar boa parcela de seus consumidores. Por isso eu entendo perfeitamente o comentário dos fãs que precisam ganhar suas vidas, pagar suas contas e ao mesmo tempo desfrutar de lançamentos assim. No entanto, a empresa foca no mercado e nas oportunidades que ele oferece. Isso o leitor brasileiro precisa entender. Felizmente ou infelizmente, no entanto a ótica de nosso tempo é capitalista e as empresas pensam em oportunidades, e após emplacar uma coleção de sucesso como foi a 1ª, é natural que a Salvat continue surfando na onda.

Nº 03

Eu farei a coleção na expectativa de comprar bons momentos de cada personagem, e torço para que ela traga momentos importantes. Lançada inicialmente lá fora, penso que a escolha das HQs tenham passado por algum crivo e que realmente expressem o herói ou grupo em sua essência. De forma semelhante aos encadernados da 1ª coleção, aqui também temos o volume em capa dura e papel couchet, permitindo uma exposição na estante muito digna. O volume inicial (Nº 01 - Os Vingadores) se inicia com um comentário de um editor famoso o que o contextualiza bem ao novo leitor. Ao final do encadernado temos uma parte chamada "Bastidores" que apresenta uma perspectiva história do grupo em seu nascedouro (veja abaixo).


Depois temos uma seção contendo uma seleção das principais histórias conforme a opinião dos editores (abaixo)...



Por fim encontramos um relato que situa o leitor ao longo da linha do tempo do grupo, permitindo uma compreensão de sua mitologia. Acredito que os demais volumes seguirão ordenação semelhantes. Conteúdos extras como esses são sempre muito bem vindos e talvez até imprescindíveis, já que oferecem a oportunidade aos leitores de se aprofundarem no conhecimento a respeito de uma determinada mitologia, o que acaba por redimensionar por completo um personagem ou grupo.

Nº 04

Estou contente com o lançamento e, em geral, fico feliz com qualquer oportunidade de adquirir material clássico a preços razoáveis. Confesso que uma das primeiras coisas que fui olhar era se havia alguma informação sobre possíveis aumentos nos preços dos próximos volumes e encontrei, tanto no Site Oficial da Coleção quanto no Banner promocional que acompanha o 1º fascículo a seguinte frase: O conteúdo das entregas, o preço praticado em bancas de jornais e a periodicidade da coleção poderão sofrer alterações por imperativos técnicos alheios à Editora. Isso já é um indicativo que é possível que vejamos algum aumento no futuro.


Bom amigos... É isso aí! Dentro em breve teremos aqui no Blog o acompanhamento atualizado da sequencia de lançamentos desta coleção para que todos possam conferir o seu andamento.

Grande Abraço!

26 comentários:

  1. Olá Marcelo, ótima matéria.
    Eu achava que a história da origem dos personagens viria no final da edição, como um extra, mas não, ela vem no início seguindo uma ordem cronológica. Outro detalhe interessante é que a 1ª edição veio com a lombada nº 1. Será coincidência ou eles irão lançar na sequência das lombadas? Bom, o pessoal que adquiriu as edições na fase de testes já deve saber a resposta.
    A minha preferência dentre as coleções ofertadas são a de "capa preta" da Salvat com uma possível extensão e a da DC da Eaglemoss, mas devo comprar as edições "capa vermelha" enquanto não sair a da DC. Se não houver extensão da coleção "capa preta" retomo a da "capa vermelha" após o término da de "capa preta" e corro atrás das edições perdidas.
    Recebi a miniatura especial do Homem-Coisa e está show. Acompanha um pôster dupla face. Um lado parece plágio do Monstro do Pântano e do outro parece uma ilustração da Vertigo - com crânios fazendo parte do corpo da criatura. Esta miniatura veio OK, mas tive de "trocar" a do Fanático que veio quebrada e ainda estou esperando a do Electro e da Psylock que vieram com defeito.

    Abs., Carlos - São Paulo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Carlos!! Blz, amigo!?

      O fato da 1ª história do volume já ser a 1ª aparição mostra que ela é tratada como algo importante, e não como um simples apêndice caso viesse apenas como um "EXTRA". Gosto desta valorização do histórico do personagem, pois nos faz lembrar de onde o personagem surgiu e qual era sua proposta inicial, que muitas vezes é melhor até do que aquilo que ele se tornou.

      Outro ponto que eu também tinha notado mas acabei esquecendo de comentar na matéria é isso que você chama atenção, ou seja, o fato do 1º volume lançado ostentar o Nº 01 na lombada, sinalizando para a ideia de que possivelmente a ordem de lançamento será a mesma da ordenação dos volumes para composição da figura da lombada. Isso sem dúvida nenhuma ajuda muito, pois muitos se perdem na ordem de lançamento da coleção de capa preta, já que tais numerações não coincidem, dificultando o controle. Foi isso que me motivou a fazer uma postagem aqui no Blog sobre a sequencia de lançamentos para ajudar o pessoal.

      Eis uma dúvida cruel essa que você apresenta, quanto a qual coleção acompanhar. Mas acho que foi justamente essa a jogada da Salvat, ou seja, lançar logo a sua coleção Nº 2 de Capa Vermelha para, no caso da Eaglemoss lançar a da DC, ela já tenha conseguido juntar uma gama de colecionadores fazendo a sua, pois tais colecionadores tem potencial para se manter com a Salvat.

      Sua estratégia é boa e acho que muitos colecionadores farão isso mesmo viu Carlos. Acabarão fazendo uma ginástica aqui e acolá para ter o melhor das duas e com o tempo ir completando os volumes que faltam.

      Comprei minha miniatura do Homem-Coisa mas ainda não chegou, estou na espera. É uma miniatura excelente mesmo. Eu já a vi e é cheia de detalhes. Faz jus ao personagem.

      Boa sorte com as trocas amigo!! Infelizmente eu não tive tanta sorte com trocas. Meu Gavião Arqueiro veio quebrado e a que eles mandaram no lugar extraviou. Porém eles só foram me falar isso 90 dias após a abertura do chamado, ou seja, esperei 90 dias apenas para saber que tinha extraviado. Daí eles me ofereceram uma plataforma no lugar.

      Acabei adquirindo por fora a do Gavião Arqueiro.

      Valeu Carlos!!

      Abração!

      Marcelo.

      Excluir
  2. Ei Marcelo!

    Cara, realmente é ótimo para os fãs saber que o Brasil está no auge dos lançamentos de coleções de miniaturas, encadernados e afins. Sinal de que ainda teremos muito material bom por aqui!
    Mas, infelizmente, também vai ser complicado colecionar tudo isso ao mesmo tempo. Que nem você falou, vivemos na ótica de um mundo capitalista, então problema do fã que não conseguir adquirir tudo, sendo que serei um desses...
    hehehehe

    Abraço!

    Att,
    Gabriel

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí Gabriel!! Blz, amigos!?

      Pois é cara... Para quem viveu a década de 80 quando eu era adolescente e depois a década de 90 (uma das piores décadas para os quadrinhos) ver essa valorização atual e ainda mais, muita coisa chegando pra gente, é incrível. Antigamente tudo era importado e você imagina que apenas alguns tinham grana e acesso a essas maravilhas. Realmente é uma ótima época para ser nerd.

      O ponto triste é esse que você levanta, ou seja, ter que optar entre uma e outra coleção, já que além do problema do $$$ ainda temos a questão do espaço em nossas casas. Para empresa no entanto o que vale é chegar na frente das outras e acho que isso que norteou a Salvat na rapidez desse lançamento.

      Valeu mesmo Gabriel! Apareça mais vezes!

      Abração!

      Marcelo.

      Excluir
  3. Oi Marcelo tudo jóia?!
    Comprei a minha primeira edição na semana passada.
    Ainda não decidi se vou continuar com essa coleção por alguns motivos:
    1- Financeiro; fico contente que o Brasil esteja finalmente recebendo grande quantidade de investimento por parte de várias editoras.. entretanto... vou precisar manter o foco na primeira coleção SALVAT (faltam só mais 20...) além de continuar me dedicando as miniaturas Marvel e DC.. Quando lançarem a Eaglemoss Dc graphic novel.. colecionar também!
    2- Apesar da grande curiosidade sobre o assunto, descobri que não sou tãooo fã dos materiais clássicos. Que os colecionadores mais experientes me perdoem!!! Mas acho que eu prefiro as grandes sagas... os momentos icônicos.. e de maior agilidade na trama.. as vezes fico muito ansioso devido ao excesso de diálogos repetitivos (que a época pedia) e acabo passando pela história com menos entusiasmo.

    De qualquer forma, achei que a figura da lobada é melhor representativa, e também achei que a composição da capa, contra capa ficou um pouco superior.
    Comprei e primeira edição e comprarei a segunda... até para tomar uma decisão com mais propriedade.

    OBS: Chegou meu anti monitor e também o homem coisa!!

    Abraçoss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Denis!! Blz, amigo!?

      É verdade Denis... Em meio a grande quantidade de lançamentos é preciso manter o foco. Quando saiu a coleção de Graphic Novels Star Wars eu até pensei em fazer, mas me disse a mesma coisa: Preciso Manter o FOCO. Para a coleção de Xadrez do Star Wars disse a mesma coisa.

      Vou tentar fazer essa de capa vermelha. Fico preocupado, no entanto com a qualidade das histórias que eles colocaram em cada volume. Espero que sejam relevantes mesmo.

      Sua segunda observação já foi motivo de um debate entre os editores da PANINI que assisti certa vez, ou seja, que algumas coisas acabaram por envelhecer mal. Na conversa o Fernando Lopes até dizia que a SAGA DA FÊNIX era um exemplo disso. Que para época havia sido inovador e impactante, porém para os moldes de hoje ela ficava um pouco cansativa.

      Minha opinião é que ele e você tem razão, e que quem gosta e compra (como eu) acabamos fazendo em função de um apelo nostálgico que determinadas obras tem. Mas entendo perfeitamente o que vc coloca. Para mim, no entanto como tem esse viés nostálgico e pessoal eu sinto muito prazer em ler.

      Espero que você se decida para o que for melhor Denis. Mas não deixe de compartilhar sua decisão!! Para irmos trocando figurinhas!!

      Estou aguardando meu Homem-Coisa!!

      Abração!! Valeu!!

      Marcelo.

      Excluir
    2. Muito oportuno seu comentário.
      Vejo que A última caçada de kraven... A queda de murdok...são antigas (não sei se equivalente às outras mencionadas acima..) Mas tem uma afilidade muito bacana!
      Li em pouquíssimo tempo... e reli para checar cada detalhe.
      Entretanto comprei um encadernado do demolidor por frank miller achando que iria encontrar um Cavaleiro das Trevas... Fiquei um pouco frustrado.. por que estou lendo a conta gotas para não abandonar... =/

      Excluir
    3. É verdade Denis... Essas que você cita (A última caçada de kraven... A queda de murdok) é material clássico que envelheceu bem, ou seja, não são datadas.

      Esse sentimento que você cita eu já experimentei várias vezes, ou seja, quando a HQ é boa a gente quer sorver cada detalhe, cada aspecto do desenho e do diálogo. Eu acabo até demorando mais numa HQ assim, mudando as páginas até mais demoradamente para não deixar escapar nenhum detalhe. É muito prazeroso. Quando a HQ é ruim no entanto eu sempre vou até o fim (até para dar o benefício da leitura ao autor), mas vou muito rápido, não vendo a hora de terminar. rs rs rs

      Essa do Demolidor que você cita é um encadernadão que saiu recentemente de capa vermelha com arte do Klaus Janson?

      Se for eu comprei também, mas ainda não li.

      Marcelo.

      Excluir
    4. Olá Denis e Marcelo, beleza?
      Cara, tenho a mesma sensação sua, Denis, quando era moleque, gostava muito de gibis de super-heróis, depois, entrando na adolescência, deixei de acompanhar as histórias e somente recentemente, através das miniaturas da Marvel, que retomei este gosto, como já comentado com o amigo Marcelo.
      Da coleção da Salvat, de capa preta, teve algumas estórias que não gostei e são justamente as clássicas, onde a leitura acaba enfadonha e repetitiva. Por exemplo, não gostei da Últiva Caçada de Kraven, nem do Demônio na Garrafa, do Homem de Ferro.
      Mas a da Fênix, gostei sim.
      Esse último fds li a do Demolidor (o Diabo da Guarda). Gostei muito, mas somente li agora, pq não havia gostado da Queda de Murdock.
      Realmente, gosto mais das sagas e onde o enredo corre mais rápido.
      Mas é isso, clássico é clássico, e leio, mesmo que sem tanto prazer, para ter ciência de como aquele personagem foi criado.
      Abraço!

      Excluir
    5. Engraçado Augusto como muitos fãs de quadrinhos tem histórias de vida semelhante!!

      Eu lia muito durante minha infância, adolescência e até juventude. Daí eu parei também. Essa parada ocorreu na década de 90 e acredito que aconteceu em função da qualidade ruim das HQs na época que privilegiavam mais imagens e desenhos do que roteiros. Outro motivo, eu acredito que tenha sido por não termos uma editora forte no Brasil na época. Depois que a editora Abril deixou de publicar quadrinhos de Super-heróis o mercado foi fatiado por algumas editoras menores e a regularidade dos lançamentos não era tão boa. Não havia muito como acompanhar de forma adequada.

      Essa coleção de Miniaturas de Metal tanto da Marvel quanto da DC reativaram o gosto de muitos e eu digo que (de novo, tal qual você) reativou meu gosto também.

      Sobre as HQs clássicas eu acredito que algumas delas não envelheceram muito bem. A narrativa gráfica mudou muito na última década, deixando alguns materiais obsoletos. Tento ler essas HQs sob uma perspectiva histórica e até nostálgica para deixa-las ainda interessantes. É como se eu tentasse olha-las com um olhar do adolescente que existe em mim... rs rs rs rs

      Acho que é isso! Valeu mesmo Augusto pela reflexão e por compartilhar um pouco de sua história! Isso é muito legal.

      Abração!

      Marcelo.

      Excluir
  4. Oi, Marcelo.... blz?

    Pra mim, essa nova coleção de capa-vermelha é mto mais interessante q a anterior de capa-preta.... Pois agora terá mto mais raridades e clássicos (bem ao meu gosto)!

    E entendo o lado da editora tbm: Ela quer capitalizar e está certa em fazer isso.... emplacou um sucesso com a capa-preta e deve estar achando necessidade de expandir os negócios em uma nova coleção (aproveitando as boas vendas q tem tido). Sempre vai ter leitores q irão reclamar de tudo: Os mesmos iriam reclamar tbm se não tivéssemos nenhuma das 2 coleções no mercado (se tem pouco gibi nas bancas, reclamam... se tem gibi demais, reclamam tbm)! Eu não tenho condições ($$$) de comprar tudo, mas fico feliz com tantos lançamentos pois posso escolher só o FILÉ!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Leo! Blz!?

      É isso mesmo. Você sintetizou bem. O leitor brasileiro ainda é muito imaturo em sua relação com as empresas, ou seja, leva problemas pessoais e aspectos individuais em suas reclamações e é incapaz de entender que a empresa não tem relação com isso. Ela vê o todo, as oportunidades. Li alguns comentários no POST que a Editora Salvat fez em seu Facebook por ocasião da divulgação desta coleção e havia os comentários mais absurdos e pessoais possíveis. Alguns falavam de seu trabalho, outros de sua condição financeira...

      O problema é aquele que já comentamos, quando realmente houver uma reclamação relevante e importante a ser feita, a empresa terá dificuldade de responde-lo diante de tanta reclamação equivocada.

      Vou fazer essa coleção de capa-vermelha porque, tal como você, considero os momentos clássicos de um personagem uma verdadeira pérola, o resto é o lugar comum, e disso as prateleiras das bancas estão cheias. Mensais com roteiros rasos e pouco interessantes. De uns dois anos pra cá decidi ficar só com os encadernados e parei com todas as mensais. A única mensal que estou fazendo é a do "Miracleman".

      Valeu Leo!

      Um grande abraço pra você!

      Marcelo.

      Excluir
  5. blz marcelo?

    esta coleção "vermelha" poderia ser lançada no brasil todo, a "preta" teve uma boa aceitação dos leitores, aqui em santa rita do sapucaí (sul de minas) a ultima edição que chegou foi o velho logan, e ate agora quase todos os números que chegaram foram vendidos, dos 29 que chegaram por aqui eu mesmo so comprei 6.
    se vc conferir no guia dos quadrinhos verá que nas HQs mais colecionadas estão varias da capa "preta" e acho que a da capa "vermelha" tem o mesmo potencial.

    abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Gustavo! Blz, cara!?

      Pois é... Foi um sucesso mesmo. Ou seja, o mercado é promissor sim. É só a empresa manter o valor dos encadernados em um preço não muito elevado que ela ganhará muito no montante geral.

      Acredito como você que essa coleção de capa vermelha irá bem sim. Eu por exemplo, como já citei, valorizo muito material clássico, e se essa coleção trouxer mesmo as primeiras aparições de cada personagem será um verdadeiro tesouro no final dos 60 volumes. É até um investimento, pois quem comprar poderá vender daqui a alguns anos com grande margem de lucro, pois se tornarão clássicas.

      Valeu amigo!!

      Marcelo.

      Excluir
  6. Bom dia Marcelo, meu nome é João e sou fã de HQ ha quase 40 anos. Acompanho seu Blog há algum tempo, mas esta é a primeira vez que comento aqui. Parabéns por mais um post muito bem escrito e repleto de informações.
    Quanto às coleções da Salvat, eu estou com a coleção de capa preta completa até este momento (40 edições aqui no RJ), e pretendo colecionar está nova de capa vermelha. Comprei o primeiro volume (Vingadores) e achei sensacional o formato, com a primeira história publicada do grupo abrindo a edição, sendo seguida de uma história que representa a essência dos Vingadores (no caso a saga de Ultron).
    No geral eu preferi esta ideia pois podemos comparar a evolução do personagem ao longo do tempo, e de carona ainda ter as primeiras histórias publicadas dos 60 personagens que serão título da coleção.
    O único senão é o que os demais colegas comentaram, o elevado número de lançamentos ao mesmo tempo o que acaba pesando no bolso e nos faz ter abrir mão de laguns deles. No meu caso estou colecionando as miniaturas Marvel da Eaglemoss, e apenas algumas poucas da DC. Quanto às HQ só tem comprado os encadernados Salvat, e alguns selecionados da Panini. Mas nem sempre é fácil a escolha.
    Um grande abraço e mais uma vez parabéns pelo Blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá João!! Blz, amigo!?

      Valeu mesmo pelas visitas, por acompanhar o Blog e acima de tudo por trazer seu comentário!!

      Assim como você estou fazendo a coleção de capa preta também. Minha decisão ocorreu há algum tempo quando parei de acompanhar as mensais pela baixa qualidade, o que coincidiu com o lançamento da primeira coleção da Salvat. Passei a investir o dinheiro que gastava com as mensais nos encadernados. Além de trazerem histórias fechadas, a probabilidade de serem boas HQs é grande!

      Concordo com você sobre o formato adotado para essa coleção de capa vermelha. Como eu disse acima, ter o momento de estreia de um personagem é um momento realmente mágico.

      Realmente é triste para nós que damos um valor emocional a determinado produto termos que abrir mão dele em função do orçamento. Muitos não entendem isso, pois pensam que é apenas uma literatura simples e barata, mas para nós fãs há um valor que ultrapassa em muito qualquer valor financeiro. Daí nossa tristeza em abrir mão de algumas coisas em detrimento de outras.

      Poxa... Valeu mesmo João!!! Espero receber mais comentários seus.

      Grande abraço!

      Marcelo.

      Excluir
  7. Fala Marcelo, beleza?

    Cara gostaria de saber se essa nova coleção será quase a mesma da coleção preta, e se vale a pena colecionar as duas.

    Parabéns pelo belo blog.

    Jesse Rodrigues

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Jesse...

      Tudo bem?

      As coleções possuem diferenças sim. Na primeira de capa preta o foco principal são as principais Sagas da Marvel nos últimos anos.

      Já na de capa vermelha o foco é um determinado personagem ou grupo específico. Assim, cada volume traz a primeira aparição deste personagem ou grupo ( o que por si só já um momento clássico e valioso) e uma história ou arco que represente a essência do personagem ou grupo.

      Eu como gosto de material clássico farei a coleção por entender seu valor histórico e de quebra ter uma história selecionada de um determinado personagem ou grupo.

      É isso aí.

      Grande abraço!

      Marcelo.

      Excluir
  8. Olá Marcelo, tudo bem?
    Vi na página do facebook que tinha um pessoal reclamando de defeito na edição 2 nos diálogos do Thor. Adquiri hoje a edição e realmente tem problema nos balões do HdF e do Thor na história ASP #57. Na página 19 da história tem um balão do HdF ilegível - as letras estão sobrepostas. E tem um balão do Thor com o mesmo problema, mas com um pouco de esforço e conhecendo o contexto até dá para ler. Que pisada de bola da Salvat, não? Duas edições lançadas e as duas com problemas. O agravante é que as duas edições já foram lançadas em uma fase de testes e estes defeitos deveriam ter sido corrigidos. Bom, não acho que seja motivo para um recall da edição mas acho que a editora deveria se retratar e disponibilizar para download a página corrigida.
    Mudando de assunto, dá uma olhada neste Venon da IRON. Já conhecia?
    http://www.lojamundogeek.com.br/estatuas/venon-iron-studios

    Abs., Carlos - São Paulo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Carlos!

      Sério?! Não cheguei a ver essa reclamação. Comprei ontem o Nº 02 e não tive a oportunidade de abri-lo. Realmente a Salvat precisa entender que o Universo Nerd é um dos mais exigentes. Até mesmo porque, senão fosse assim não seríamos nerds.

      Você aponta bem o fato de já terem lançado a coleção em forma de teste, ou seja, já teria sido possível trabalhar esses defeitos.

      Eu vi o Venon sim! Estive na Loja física da Iron recentemente e pude vê-lo pessoalmente. Essas peças da Iron são literalmente fantásticas!!

      Um abração Carlos!!

      Marcelo.

      Excluir
  9. Bom dia Marcelo! Tudo tranquilo?
    Então, essas coleções são fantásticas, o conteúdo é sensacional e o preço também é muito bom.
    Estou atualizado com as duas coleções (capa preta e capa vermelha), inclusive, como essa última foi lançada como teste aqui em Natal, tenho as quatro primeiras edições. Gostei muito e tenho a pretensão de colecioná-la.
    Entretanto a prioridade vai ser a da capa preta, que já está bem adiantada.
    Gostaria muito de fazer a da DC (Eaglemoss), acho até que faria ela ao invés dessa da capa vermelha, pois seria uma outra vertente, com os personagens da DC. Mas, pelo que me parece, a Eaglemoss ainda não é tão boa com logística e isso acho que está a prejudicando no mercado.
    Bom, fugindo um pouco do assunto, estou acompanhando a saga Batman Eterno e diferente daquela "Era de Ultron", não está decepcionando, o enredo está muito bom e a arte também. Não sei se você também está acompanhando e se é fã do Morcego, mas acho que é uma boa pedida.
    Abraço e até breve.
    Luiz Augusto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Luiz...

      Tudo bem!

      Também gosto destas coleções. Há algum tempo parei de comprar mensais em função de uma condução das HQs atualmente que não me agradou muito. Assim, procurei me voltar para os clássicos, e realmente estamos numa ótima época para comprar HQs clássicas.

      Tal como você estou fazendo as duas também (a de capa vermelha e preta).

      Sobre a coleção da Eaglemoss da DC, li uma notícia hoje que dava conta de que ela confirmou o lançamento para o 2º semestre de 2015. A princípio a distribuição seria apenas em algumas cidades, porém eles disponibilizariam um serviço de assinatura, atendendo assim quem mora num local em que a coleção não sai.

      Sobre Batman Eterno... Sabe que quase eu comecei a comprar. Mas não quis arriscar. Mas que bom que você está gostando. É bom saber! Sou fã do Morcego sim. Tenho muita coisa dele. Valeu pela dica!!

      Grande abraço!

      Marcelo.

      Excluir
  10. Marcelo, acho foda você manter o blog com toda essa dedicação. Cheguei aqui acompanhando os lançamentos da Eaglemoss, mas hoje vejo que o alvo é bem mais amplo, abrangendo muito do mundo da nona arte. Faço das tripas coração, mas acompanho as duas coleções da Salvat, as duas linhas de miniaturas da Eaglemoss (e ainda as especiais lançadas no site). É só deixar de comer fora uns dias, não pagar umas contas de luz... e dá certo. Cara, tu tem notícias sobre os especiais da Eaglemoss? Quais serão os próximos e quando serão?

    Bicho, continua com o blog! Show demais.

    João Eudes
    (Teresina)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá João!!

      Que honra tê-lo por aqui, amigo!!

      Sempre falo isso e continuarei falando: além é claro do prazer de escrever sobre esse incrível universo da 9ª Arte, outra grande motivação para mim é conseguir fazer amigos que pensam e gostam das mesmas coisas que eu.

      Assim, fico muito contente quando leio um comentário como o seu.

      Então João... A bola da vez é a polêmica sobre a troca de material de metal para resina das miniaturas Especiais da Eaglemoss. A lista de lançamentos que tenho e que é a oficial é ainda aquela que foi divulgada em agosto do ano passado. Quase toda ela já foi lançada, porém ainda não foi emitida nenhuma nova lista.

      Acredito que a empresa deva rever essa malfadada estratégia de mudança de material, pois se continuar com ela a chance de fãs perderem o interesse pela coleção será muito grande.

      Vamos aguardar!

      Novamente muito obrigado pela presença e espero vê-lo mais vezes por aqui!

      Grande abraço!!

      Marcelo.

      Excluir
  11. Olá Marcelo, tudo certo?

    Não sei se primeiro digo obrigado ou se primeiro dou os parabéns rsrs... Pois bem, parabéns pelo blog e muito obrigado por o fazer dessa maneira extremamente dedicada, voluntariosa e muito informativa.

    Sou iniciante no mundo das HQs, lia quando era menor, e agora voltei a fazer coleção. Gostaria de entrar no mundo da Marvel, e essa edição "Os Heróis Mais Poderosos da Marvel" me chamou a atenção, principalmente nesse sentido de série clássica e uma boa HQ para iniciantes.

    Porém pintou uma rápida dúvida. Essa edição de capa vermelha não é a mesma, ou contém as mesmas histórias que na edição de capa preta, como por exemplo: O Espetacular Homem-Aranha - De Volta ao Lar?

    Se puder me ajudar eu agradeço.

    Novamente muito obrigado e parabéns pelo site. O blog já está nos favoritos!


    Forte abraço!

    Fernando.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Fernando!!

      Blz? Poxa... Valeu mesmo pelas palavras e presença amigo!! É sempre o que digo... Se não for para conversar e fazer amizades, um espaço desse perde seu propósito que é o de agregar amizades em torno de temas comuns. Não tem objetivo jornalístico ou mesmo comercial. É único e exclusivo para amigos conversarem. Valeu mesmo!! o/ o/ o/

      Tenho história semelhante à sua em relação à HQs. Era apaixonado quando criança e adolescente, e ao longo de minha vida até aqui tive momentos de retorno à paixão e afastamento, conforme a qualidade vinha e voltava dentro das HQs. Hoje, em função da oferta ser muito grande nas bancas é difícil não achar ao bom que dê para manter aceso o interesse.

      Olha... Essa coleção de Capa Vermelha ao lado da de Capa Preta são coleções memoráveis porque congregam em encadernados fechados, bem acabados e com preço não muito exorbitante, arcos de histórias que estiveram nas bancas nas últimas décadas. Um oportunidade incrível para se ter coisas boas. É claro que ao longo da coleção haverá edições aqui e acolá que talvez não sejam aquele arco dos mais excelentes, mas no computo geral a seleção de histórias está muito boa sim.

      Quanto à sua pergunta vamos lá. As duas coleções tem propostas distintas e não possuem as mesmas histórias não. Na de CAPA PRETA (que saiu primeiro e já se encontra no Nº 45 aqui em São Paulo Capital) a proposta e apresentar, em cada volume, as principais Sagas que marcaram as últimas décadas da MARVEL. Sendo assim o foco não é o personagem, mas sim a SAGA.

      Na segunda (de CAPA VERMELHA) a proposta é focar no personagem ou grupo específico trazendo em cada volume a 1ª aparição do personagem ou grupo (o que por si só já torna o material clássico, porque ter a primeira aparição de um personagem é sem dúvida um material clássico inigualável e de colecionador!) e na segunda parte do encadernado trazer uma história que definiria o herói ou grupo em sua essência.

      Há pontos em comum entre as duas coleções. Por exemplo, é possível encontrar volumes da de capa preta e de capa vermelha tendo como centro um determinado personagem, porém na PRETA o foco é a SAGA do personagem, e na VERMELHA é sua 1ª aparição e uma HQ ou mesmo SAGA que o defina.

      Espero ter podido ajudar! rs rs

      Valeu Fernando... Veja se minha resposta foi útil e me traga seu feed-back!

      Abração!

      Marcelo.

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts Relacionados