sábado, 2 de março de 2013

Miniatura Marvel Nº 17 - Elektra

Miniatura Marvel Nº 17 - Elektra
Tragédia, violentas emoções, contradições e um profundo desejo de vingança marcaram a vida daquela que teve um importante papel na vida do Demolidor. Elektra Natchios nasceu em uma ilha não identificada do Mar Egeu e ainda jovem conheceu Matt Murdock (O Demolidor) na faculdade. Os dois teriam então um verdadeiro e arrebatador romance. Proveniente de uma rica, porém disfuncional família grega, Elektra passaria ainda jovem pela morte da prórpia mãe, assassinada por ninguém menos que seu próprio irmão. Desde jovem Elektra demonstrou uma incrível habilidade para as artes marciais. Sempre assombrada por estranhas vozes em sua cabeça, Elektra apegou-se profundamente à seu pai. Mas, como se não bastasse a tragédia relacionada à morte da mãe, Elektra e seu querido pai (Hugo) seriam sequestrados por um grupo de terroristas. Matt Murdock, valendo-se de suas habilidades marciais e de seu super-sentido desenvolvido durante seus anos de treinamento com o mestre cego "Stick", tentaria resgatá-los, porém o pai de Elektra é, infelizmente, morto no processo.

Miniatura Marvel Nº 17 - Elektra

Destroçada pela dor, Elektra viaja ao Japão em busca do mesmo mestre de Matt Murdock. Stick liderava um grupo de ninjas decididos à trilhar o caminho do bem, denominados "Virtuosos". Stick aceita Elektra, porém percebe que no fundo do coração ela era movida por um insuperável desejo de vingança. Expulsa da associação Elektra infiltra-se na maligna organização ninja conhecida como "Tentáculo". Seu desejo inicialmente era desbaratar a organização, provando assim seu valor à Stick, infelizmente, no entanto é ela que é corrompida no processo.

Miniatura Marvel Nº 17 - Elektra

Elektra se tornaria com o tempo uma assassina de aluguel, porém passaria a viver entre os ensinamentos benignos dos "Virtuosos" e as distorcidas e malignas diretrizes do "Tentáculo". Tudo complica-se quando Elektra muda-se para Nova York e bate de frente com o vigilante Demolidor. Não tarda para que ela descubra que o herói é na verdade Matt Murdock, sua antiga paixão. Matt tenta, sem sucesso, recuperar seu relacionamento com a agora assassina. Porém, ela rechaça suas investidas, possivelmente na tentativa de proteger Matt do universo sombrio que a jovem habitava.

Miniatura Marvel Nº 17 - Elektra

Tudo converge para um dos momentos mais emblemáticos na vida de Elektra, o momento em que ela afilia-se ao Rei do Crime de Nova York (Wilson Fisk). Fisk determina que a assassina mate o melhor amigo de Matt Murdock, seu sócio e também advogado Franklin (Foggy) Nelson. Elektra, possivelmente impedida por alguma bondade ainda em seu interior, não consegue executar tal ordem e é então perseguida por outro assassino de aluguel de Fisk: o letal Mercenário. Em uma incrível luta Elektra é morta pelo Mercenário e tem seus últimos suspiros nos braços do antigo namorado, o Demolidor.

Miniatura Marvel Nº 17 - Elektra

Essa história serviria como um grande epitáfio para essa personagem. Infelizmente porém, a Marvel, farejando lucros com a personagem, cria uma história na qual o cadáver da jovem sofre a tentiva de ser revivido a partir dos milenares conhecimento alquímicos do "Tentáculo". Tudo isso é impedido pelo Demolidor que no final consegue empreender esse processo de revitalização com êxito, porém usando conhecimentos semelhantes da ordem dos "Virtuosos".

Miniatura Marvel Nº 17 - Elektra

Elektra passou pela mão de diversos roteiristas e desenhistas de peso. Eu poderia citar pelo menos dois, Frank Miller e Bill Sienkiewicz. Qualquer um que tenha entrado em contato com a 9ª Arte nos anos 80/90 conheceu encadernados como "Elektra Assassina"  de 1986 e "Elektra Vive" de 1990. A miniatura da personagem traz sua clássica arma, as longas e afiadas adagas SAI. O traje também é mostrado de maneira fiel e me impressionou ao conseguir manter a leveza do tecido vermelho que desce à frente e atrás a partir do quadril. Embora alguns colecionadores tenham achado o rosto da figurine um tanto quanto estranho eu acredito que isso acontecerá com todas as miniaturas da coleção que possuirem rostos desnudos, e não atrás de máscaras. Imagino que deva ser difícil conferir uma expressão facial perfeita em uma miniatura dessa escala e desse material.

Miniatura Marvel Nº 17 - Elektra

Um grande abraço à todos. Dentro em breve postarei aqui as tão aguardadas novidades sobre a continuidade da Coleção de Miniaturas Marvel até o Nº 100 em nosso país, bem como a possibilidade cada vez mais real de termos por aqui a coleção DC Super-Hero Collection, que segue o mesmo padrão desta.

Outra dica: Caso alguém se interesse por uma reflexão sobre o papel da "Memorização" (nossa velha e conhecida "decoreba") no processo ensino-aprendizage dê uma olhadinha no link: "E a "Decoreba" ?! Onde Fica?!".

14 comentários:

  1. Ficou linda a elektra mesmo, né?

    esta semana devo postar as fotos da minha tbm (junto com o "Justiceiro" q eu recebi faz 2 dias)!!!

    Vou ficar no aguardo da sua postagem sobre as novidades a respeito da coleção, blz?

    afinal, vc sabe se por acaso falaram alguma coisa sobre os da série "Especial"?

    Abs!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Leo!

      Blz? Também gostei da miniatura. Fiquei bem feita mesmo. Vou ficar de olho nas fotos que você postará! Acho que vc pulou a do Tocha se não me engano, não é?

      Estou ansioso para fazer a matéria sobre o futuro da coleção no Brasil. Espero que fique legal. Provavelmente colocarei algo sobre os "Especiais" e "Mega-Especiais". Vamos ver o que o representante da Eaglemoss falou!

      Abcs!!

      Marcelo

      Excluir
  2. Oi, Marcelo! Como sempre, muito show suas imagens dessas miniaturas!

    Sobre a história da personagem, eu me lembro vagamente de um filme com esse nome "Electra" e que acho qeu não curti muito, pois eu lembraria de mais coisas se tivesse gostado. Nem sei se o filme tem alguma relação com essa personagem. Pode ser que não.

    Sobre sua ressurreição, acho muito ruim que todos os super-heróis morrem e voltam sempre. Deviam por um ponto final nisso.

    Abração, Marcelo! Tenha um bom fim de semana, meu amigo!

    Fabiano Caldeira.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi amigo Fabiano! Obrigado... Fico contente que tenha curtido as fotos!

      Olha... existe sim um filme com esse nome. Quem interpreta a Elektra (a mesma personagem a que me refiro nessa postagem) é a atriz Jenifer Garner. Eu também nem assisti ao filme. Não sei porque não tive interesse e olha que eu curto filmes de heróis. Aproveitando que vc falou nisso vou tentar aluga-lo para pelo menos ter uma opinião a respeito.

      Você toca em um dos grande males no universo dos quadrinhos de heróis atualmente. A insana tentativa de ficar matando e ressuscitando personagens esperando um mega retorno financeiro. Isso pode dar certo algumas vezes, como já deu, mas chegará um momento (e está chegando) que ninguém aguentará essa total banalização das histórias.

      Falei recentemente ao Leo Raad que esse vazio de qualidade editorial atualmente visto nas HQs ainda fará com que esse império desabe sobre sí mesmo. Precisamos de uma nova dupla de quadrinistas à la Jack Kirby/Stan Lee que possa fazer ressurgir o impacto dessa mídia no segmento de super-heróis.

      Abc!

      Marcelo

      Excluir
  3. \As fotos ficaram perfeitas, Marcelo!
    Gosto muito de ler seus posts...
    a forma com que escreves é de
    fácil entendimento. Parabéns!

    Sua postagem no Semeando ficou ótima!
    Uma boa reflexão...
    Abraços! Uma semana abençoada e feliz
    pra ti.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa! Obrigado... Legal que gostou das fotos.

      A mitologia que envolve a Elektra é bem trágica e valeria um filme à altura.

      Legal que gostou da postagem no "Semeando nos Campos da Infância".

      Bj.

      Marcelo.

      Excluir
  4. Opa, não conhecia o o seu Blog!
    Gostei muito daqui! E as fotos das miniaturas ficaram MUITO show!
    Deu até vontade de colecionar!

    Parabéns pelo Blog! ( Estou seguindo. rs)
    Voltarei aqui outras vezes.

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Amigo!!! Que legal que gostou!

      Pois é... Essa Coleção acaba virando vício! rs rs Deixei até uns links na barra lateral do Blog com todos os lançamentos até aqui e suas respectivas postagens. Espero que goste também...

      Apareça sim e fique sempre à vontade para participar e deixar seu comentário.

      Abcs!

      Marcelo.

      Excluir
  5. "Eu poderia citar pelo menos dois, Frank Miller e Bill Sienkiewicz."...

    Marcelo, uma das melhoras HQs que já li: Elektra Assassina...

    Ótimas fotos, como sempre. Divulga bem a peça. Encontrei Justiceiro na banca. Mas Elektra ainda não deu as caras...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho essa daí em minha coleção Kleiton (Elektra Assassina). Confesso que demorei para me adaptar ao traço do Bill Sienkiewicz, porém com o tempo percebí onde sua arte surreal conduz.

      Penso que o que ele trampõe para o papel é, na verdade, a percepção interna do personagem a respeito daquilo que ele vive. Grande artista.

      Abção!

      Marcelo.

      Excluir
  6. "Confesso que demorei para me adaptar ao traço do Bill Sienkiewicz"...

    Marcelo,

    se fosse só o "traço", hein? Mas ele utiliza recortes, pedaços de madeira, metal, guardanapos, tecidos linhas etc... Depois complementa com mais desenhos, pinturas etc. Daí, o resultado que conhecemos.

    Mas recomendo um grade trabalho do cara, ainda no universo do Demolidor, para avaliar bem sua arte, é a graphic Amor e Guerra, escrita por Frank Miller! Uma grande obra de arte!!!

    Abç!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Kleiton... O cara é um gênio na minha opinião! Não imaginava que ele usava tanta matéria prima assim para compor seus desenhos! Isso me faz lembrar do Dave Mackean também.

      Agora... Essa HQ do Demolidor eu não conhecia. Vou procurar! Lembro-me de uma Graphic Novel lançada pela Abril com o Demolidor que era o Bill Sienkiewizc que desenhava. Até imaginei que fosse essa.

      Valeu pela dica!

      Marcelo.

      Excluir
  7. "Eu também nem assisti ao filme."


    Não perdeu NADA, Marcelo....

    o filme da elektra é ruim d+ da conta (adaptaram a pior fase dela das hqs), não vale a pena nem como curiosidade!!!

    sem falar q a Jenifer Garner aparece vestida dos pés à cabeça (ela não usa esse uniforme da miniatura, rs)!!!

    no mais,

    eu pulei sim a do "Tocha"... e tbm: "Fera", "Fênix", "Blade"... e pularei tbm a "Gata Negra"!!!

    Abs!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala Léo!!

      Bom... Sendo assim acho que não vou perder tempo vendo o filme! he he

      Os caras realmente perdem boas ideias, não é mesmo? E olha que a Jenifer ficou bem de Elektra no filme do Demolidor.

      Além disso tem essa questão do uniforme! rs rs

      Abção!!

      Marcelo

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts Relacionados