quarta-feira, 13 de março de 2013

Coleção Carros Inesquecíveis do Brasil - DKW Vemag Belcar (1965)

Coleção Carros Inesquecíveis do Brasil - DKW - Vemag Belcar (1965)

O DKW - Vemag Belcar foi um dos carros da brasielira Vemag S.A. Veículos e Máquinas Agrícolas que caiu no gosto dos brasileiros no final da década de 50. Charmoso, prático, com boa perfomance e dirigibilidade para a época e, acima de tudo, com um som de motor característico, parecendo o arrebentar de pipocas numa panela, o DKW fez parte de inúmeras paisagens de um Brasil pós 2ª Guerra Mundial. O Nº 07 da Coleção Carros Inesquecíveis do Brasil traz o DKW - Vemag Belcar em sua versão 1965. A partir de agora conheceremos um pouco da história deste amigável carro.

Coleção Carros Inesquecíveis do Brasil - DKW - Vemag Belcar (1965)

A alemã DKW já fabricava carros muito antes da 2ª Guerra Mundial e esses carros eram importados regularmente para o brasil. Sendo assim, foi uma agradável surpresa para os brasileiros quando em 1956 o 1º modelo DKW foi fabricado no Brasil pela Vemag, passando a se chamar DKW - Vemag, na verdade o 2º automóvel a ser produzido no Brasil. O primeiro foi o Iso Isetta das Indústrias Romi, localizada em Santa Bárbara D´Oeste no interior paulista.

Coleção Carros Inesquecíveis do Brasil - DKW - Vemag Belcar (1965)

Logo de início o DKW - Vemag ganhou fama de robusto e ao mesmo tempo de carro para a família, pois apesar de parecer pequeno externamente tinha um bom espaço interno. Nos primeiros anos de fabricação o DKW possuía algumas características curiosas. As duas portas dianteiras, por exemplo, abriam no sentido inverso. Com isso esse tipo de portas ganhou dois apelidos: "Suicidas" e "Deixa vê". O 1º apelido se refere ao fato de que em situações de colisões esse tipo de abertura de portas não impedia que os ocupantes do veículo fossem arremessados de seu interior, o que era um fato relevante se pensarmos que naquela época o uso do cinto de segurança era praticamente nulo. O 2º apelido se refere ao fato desse tipo de portas não acobertarem as pernas das mulheres que usavam saia e que queriam deixar o carro.

Coleção Carros Inesquecíveis do Brasil - DKW - Vemag Belcar (1965)

Outra característica era a necessidade de se adicionar óleo ao tanque durante o abastecimento do veículo. Era necessário 1 parte de óleo para 40 de gasolina. O problema era que a gasolina às vezes consumia mais rápido que o óleo, de maneira que quando você quisesse abastecer novamente ficava difícil acertar a nova proporção. Tempos difíceis!! rs rs Essa desproporção entre óleo e gasolina, além de eventuais carburadores desregulados fazia com que o DKW - Vemag soltasse, às vezes, muita fumaça pelo escapamento, algumas vezes com cheiro de óleo. Todas essas dificuldades foram sendo dribladas pela brasileira Vemag S.A. que, em função de seu distanciamento progressivo com a alemã DKW, permitiu-lhe dar suas próprias soluções para tais inconvenientes.

Coleção Carros Inesquecíveis do Brasil - DKW - Vemag Belcar (1965)

Bom... Foi assim que no ano 1965 o DKW - Vemag já estaria sendo produzido com portas com abertura no sentido tradicional e sem necessidade do motorista adicionar óleo no tanque de forma manual. Graças à um dispositivo que fazia automaticamente essa mistura (o Lubrimat) o DKW - Vemag passaria à um novo grau de funcionalidade. Nessa época a Vemag S.A. produzia o DKW - Vemag tipo perua (responsável por grande parte da produção) e o DKW - Vemag sedã (o carro que vemos nessas fotos). Porém, a partir de 1961 o sedã passaria a receber o nome de "Belcar", constituindo-se no carro apresentado nessa coleção.

Coleção Carros Inesquecíveis do Brasil - DKW - Vemag Belcar (1965)

Além disso, a Vemag também produzia o DKW tipo jipe ou jeep, porém em função de problemas com o licenciamento do termo "jipe" e "jeep" de posse da fabricante Willys-Overland, o jipe da DKW passou a se chamar "Candango"! Referência ao apelido dado aos trabalhadores que construiram Brasília. Em 1965, época do modelo aqui mostrado, o DKW - Vemag Belcar era menor apenas que os maiores carros da época, o Aero-Willys, o Simca Chambord, o Alfa Romeo Brasileiro e o FNM 2000 JK.

Coleção Carros Inesquecíveis do Brasil - DKW - Vemag Belcar (1965)

Em 1966 a Vemag S.A. seria comprada pela Volkswagen. Determinante ou não do fim do DKW, o fato é que 1 ano depois desta compra era encerrada a fabricação do querido DKW - Vemag. Um carro elegante em minha opinião, portador de soluções criativas e com uma mecânica próxima dos bons carros de seu tempo. Abaixo seguem algumas características do modelo!


Aproveito para noticiar que a Planeta DeAgostini, editora que lançou essa coleção aqui no Brasil está relançando-a. Caso alguém visite o site da "Planeta" perceberá que a coleção encontra-se em pré-lançamento. Além disso, observará que a ordem de lançamento dos carros foi alterada. Aqui no Blog eu manterei as postagens de cada modelo seguindo a ordem do 1º lançamento, que ocorreu em Maio de 2012. A coleção pode ser vista e assinada no site da Planeta, porém a coleção também possui um interessante Site Próprio.

Abraço à todos!

17 comentários:

  1. Essa coleção tá ficando bonita mesmo, hein??

    e por falar nisso, andei pesquisando sobre os batmóveis (da Eaglemoss) q poderão sair aqui futuramente... são menores do q eu pensava, mas maiores q os da Shell q eu tenho. Certamente comprarei alguns qdo saírem aqui!!!

    e Marcelo, onde vc tem comprado esses carros do brasil? nunca vi nenhum desses ao vivo....

    vc sabe se terá o Escort XR-3 nessa coleção??? (esse me interessaria, pois foi o melhor carro q já tive, e q infelizmente destruí em 2001 batendo num ônibus)!!!

    e os do James Bond? vc tem algum? esses eu tbm gostaria de adquirir alguns modelos se os visse à venda...

    Abs!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Leo! Blz!?

      Pois é... Essa coleção é bem interessante e bonita mesmo. Na verdade Leo a escala dessa coleção de carros inesquecíveis é de 1:43. Essa é uma escala que é razoável. Embora nas fotos que posto aqui as míniaturas até possam parecer maiores, na verdade elas não são tão grandes não. São do mesmo tamanho dos Bat-moveis da coleção Shell, lançados no ano passado. Essa coleção de Bat-moveis da Eaglemoss a que vc se refere acima eu, provavelmente, farei... Ela me apareceu muito legal e completa.

      Uma curiosidade sobre essa coleção "Carros Inesquecíveis do Brasil" e que fiquei sabendo recentemente é que ela foi fabricada pela Inglesa Eaglemoss especialmente para o Brasil e saiu pela Planeta DeAgostinni, ou seja, os caras realmente vinham de olho no nosso mercado há algum tempo! Olha, ela foi lançada aqui no Brasil na mesma época no ano passado que a Panini lançou as miniaturas Marvel. Talvez a propaganda da Planeta DeAgostini não foi tão eficaz e muita gente não ficou sabendo. Até o Eder Pegoraro que é "fera" em colecionismo não ficou sabendo e, durante um bate papo que tivemos no facebook, ele me disse que ficou surpreso quando viu que a coleção já estava de vento em popa. A distribuição dela em bancas foi setorizada. Sei disso porque em maio do ano passado (época em que ela estava sendo lançada pela 1a vez) eu estive no Rio de Janeiro e ví o número 01 e 02 nas bancas de lá. Acredito que, como a Panini estava lançando nas bancas em São Paulo as miniaturas Marvel, a Planeta DeAgostini decidiu lançar essa no Rio.

      Sobre a possibilidade de adquirir alguns exemplares avulsos eu liguei na Planeta DeAgostini e infelizmente eles me informaram que, ou você assina a coleção toda (são 50 carros) ou nada! Achei complicado isso porque meu sogro estava interessado, assim como vc, em adquirir alguns modelos apenas. Realmente isso não ajuda muito a pessoa que gosta de colecionismo mas não comprará tudo.

      Quanto ao Escort XR3 eu acredito que ele não virá, pois a coleção abrange os carros que fizeram historia nas décadas de 60 até os anos 80. Em todo caso eu vou checar pra vc. Agora eu tenho uma dica pra te dar... Há cerca de um dois anos saiu nas bancas do país uma coleção de carros chamada "Historia dos Carros Brasileiros". Nessas primeira série foram contemplados aproximadamente uns 12 modelos dos anos 50 a 70. No final do ano passado saiu a segunda serie dessa coleção. Nessa 2a serie o Escort XR3 está presente. Você encontra esses modelos em bancas de revistas, em lojas de brinquedos ou mesmo pelo Mercado Livre. Vou mandar para o seu e-mail uma foto que eu tenho dessa 2a serie com os modelos para vc ver. Lá vc encontrará o Esscort.

      A do James Bond eu quase fiz. Eu estava pra começar a comprar quando, em abril do ano passado, lançaram as Miniaturas Marvel e logo em seguida essa de carros da Planeta DeAgsotini.

      Com todo esse panorama favorável para coleções no Brasil vou ter que ser cada vez mais criterioso.

      Gde. Abc. Leo!

      Marcelo.

      Excluir
  2. Valeu, Marcelo...

    te respondi de forma mais completa pelo mail mesmo (depois confere lá)!!

    mas só li agora a sua resposta aqui, e achei mto ruim esse esquema de não venderem avulso... eu até me interessei por alguns modelos além do xr-3, mas não tenho como arcar com 50 peças. Da mesma forma q tbm não assino as da marvel pq gostod eescolher as figuras q me interessam sem a obrigatoriedade de comprar até as q eu não quero!!!

    já comprei a cristaleira pra expor a coleção... mas ainda tenho q etiquetar as caixinhas antes de expô-las (pra caso eu precise fazer alguma mudança no futuro, tenho q manter as caixinhas com o nome dos personagens)!!! Assim q estiver tudo pronto, devo postar fotos da cristaleira!!!

    Valeu!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então Leo... Esse esquema do tudo ou nada realmente ficou ruim mesmo!

      Poxa que legal vc ter comprado a cristaleira para expor as peças da coleção Marvel. Fiquei curioso porque também estou dando uma olhada em modelos por aí. Depois vou lá no submundo.

      Esse negocio das etiquetas nas caixinhas eu fui percebendo que é imprescindível para o controle das peças. Fica difícil de saber qual caixinha é de qual personagem.

      Ví seu e-mail e depois te respondo com mais calma.

      Abção.

      Marcelo.

      Excluir
  3. Coleção bacana... Uma que eu gostaria de ter feito...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Kleiton! Pois é... Realmente é uma coleção legal. Mas como disse ao Leo, infelizmente não dá pra comprar avulso, conforme eu me informei na Planeta DeAgostini. Ou seja, ficou no modelo do tudo ou nada.

      Abção!

      Marcelo.

      Excluir
  4. OI Marcelo, O DKW Vemag é um carro inesquecível para mim. Passei momentos agradáveis da minha infância passeando num carro desses. Outro dia eu vi um igualzinho a esta sua miniatura, só que vermelho,guardado e coberto com lona. O dono pediu R$ 20.000 por ele, fiquei louco, mas não pude comprar. Adoro carros antigos, por isto também tenho um Fusca 76 que é meu amigão. Salvei estas imagens no meu PC, a miniatura é linda, parabéns. Abs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala Paulo!! Tudo amigo?

      Poxa... Que legal vc ter gostado. Eu tenho muitas recordações em minha infância sobre esse carro. Ele foi o tipo de carro que passou pela vida de muitos. Eu particularmente acho o design dele muito legal. É uma mistura de carro inglês (britânico) com um toque mais nacional. Fora realmente aquele ronco característico do motor.

      O fusca é outro dessa linha. Qualquer dia desses posta uma foto do seu amigo lá no blog. O modelo 76 do fusca era mais arrojado. O farol, se não me engano, era do tipo "Fafá de Belém". Quando puder tire umas fotos dele!

      Paulo... Valeu pela visita!

      Abção.

      Marcelo.

      Excluir
  5. Penso que faríamos com 44 cv atualmente? he

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala Kleiton... Blz!?

      44 cv (?)... Potência do motor?

      Abc. Marcelo.

      Excluir
    2. Esse seu comentário me deu uma idéia, na verdade um devaneio. Já pensou se esses modelos voltassem a ser produzidos mantendo seu design intocável, porém com todos os Up-grades tecnológicos atuais!!

      Penso nisso porque ao olhar o design dos carros hoje em dia para mim são todos uma coisa só, não vejo muita criatividade de modelo para modelo. Quando a gente observa, no entanto, esses modelos brasileiros dos anos 50 ao final dos anos 70 a gente um mais diferente que o outro! Eram muito bonitos em minha opinião. Tudo bem que meu estilo é meio retrô... rs rs...

      Mas já pensou Kleiton se eles voltassem a ser produzidos? Claro que isso nunca vai acontecer. Mas foi um pensamento interessante.

      Abc.

      Marcelo.

      Excluir
    3. Marcelo, isso não é muito devaneio, não. Vi algo, esses dias, sobre o retorno do karmann ghia...

      Excluir
    4. Caraca! Sério? Já pensou!?

      Seria muito legal. Uma coisa eu te digo, ia vender muito!

      Valeu pela informação... Vou ficar de olho!

      Abção.

      Marcelo.

      Excluir
  6. Essa é uma coleção que gostaria que seu pai tivesse!
    Quem sabe ele ainda vai interessar...
    Quantos você já tem? O MP Lafer está nessa coleção?
    Parabéns por esta postagem! Abraços!


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é!! São exatamente os carros que ele gosta e que fizeram parte da vida de vocês!

      Penso muito nele quando eu faço essas postagens. Mostre pra ele as fotos dos carros, quem sabe ele se anima!

      Quanto a quantas miniaturas eu já tenho eu diria que já chegaram umas 12. Muito legal! Eu acho que o MP Lafer não tem. Resolvi não ficar olhando os próximos lançamentos para manter a surpresa! rs rs

      Abção.

      Marcelo.

      Excluir
  7. Bom... com todas essas informações datadas dos anos 60, está na cara que esse carro não passou pelos meus olhos. rrrsrs...

    Essa empresa deve estar surpresa com o colecionismo no Brasil, por isso deve estar reinvestindo mais uma vez nessa linha. Afinal, todo bom brasileiro gosta muito de carros.

    Pegando carona em uma conversa sua com o Kleiton, sobre usar modelos antigos com a tecnologia de ponta que temos hoje em dia, não acho nenhum delírio. Só não sei se a reprodução da carcaça seria exatamente fiel às originais, mas entendo perfeitamente que um dia esses modelos poderão voltar a interessar às montadoras que, como vocês mesmos já observaram, já não possuem mais tanta criatividade para investirem em "design". Imagino que isso deva chamar a atenção dos mais apaixonados por carros também, de repente ver um lançamento de uma super máquina com um visual de outro grande ícone do passado. De repente, é um filão a ser explorado pelas montadoras em breve. Nada é impossível para elas.

    Quanto ao tal abastecimento do óleo, devia ser um saco ter que calcular isso. Os caras tinham que ser muito apaixonados mesmo! rsrs...

    Abraços. Fabiano Caldeira.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts Relacionados