sábado, 17 de outubro de 2015

Miniatura DC Nº 19 - Ravena

Miniatura DC Nº 19 - Ravena

Princesa, bruxa, benigna, maligna, sensível, selvagem, linda e ao mesmo tempo terrível... Todos estes adjetivos antagônicos fazem parte desta complexa personagem fundadora de uma das equipes mais conhecidas do Universo DC: Os Novos Titãs. Por ser portadora de luz e de caos, Ravena é uma anti-heroína que preenche todos os pré-requisitos contemporâneos de um personagem relevante nos quadrinhos hoje. Por isso é atual e cheia de potencial para viver grandes histórias. Por ter sua mitologia totalmente ligada aos Novos Titãs, Ravena ainda não conseguiu alçar uma carreira solo independente dentro da editora, porém tem toda prerrogativa dramática para isso. Hoje veremos um pouco das características de sua peça dentro da Coleção de Miniaturas de Metal da DC, bem como um pouco de sua sombria história.

Miniatura DC Nº 19 - Ravena

A peça seria apenas mais uma representação de uma das heroínas da DC dentro da coleção não fosse a forma como conceberam a pequena estatueta. Dois elementos chamam atenção logo de cara, sua grossa e esvoaçante capa, bem como seu escultural corpo. Talvez a mais tradicional imagem de Ravena seja aquela em que a personagem aparece de pé, com o capuz escondendo sua face e seu manto em repouso escondendo completamente seu corpo. Embora mais assustadora, esta não foi a postura escolhida para retrata-la dentro da coleção. O que acho que foi bom, pois assim a personagem é mostrada em toda sua exuberância, aproximando-se da lendária figura de uma princesa/bruxa de um contro de fadas.

Miniatura DC Nº 19 - Ravena

Como o próprio nome "RAVENA" propõe (Raven = Corvo em inglês), toda indumentária da personagem emula o aspecto do temível e agourento pássaro tão conhecido de contos e de histórias de terror. O capuz da personagem nos lembra de forma contundente este fato, imprimindo no subconsciente do fã a ideia de alguém que traz consigo uma sina ou maldição. É por isso que a criação de um personagem não é algo tão simples, pois exige a percepção do imaginário coletivo a respeito de alguma coisa. E é por isso também que devemos dar todo o crédito aos criadores de personagens emblemáticos de sucesso dentro da 9ª Arte. O criador deve conseguir catalisar e ideia original por trás do conceito que está criando. Nesse sentido Ravena converge totalmente em seu visual para a pessoa que ela é. Outro ponto que não posso deixar de salientar é a adequada modelagem da face da personagem. Um quesito que muitas vezes deixou a desejar, sobretudo na Coleção de Miniaturas da Marvel.

Miniatura DC Nº 19 - Ravena

Ravena possui uma sombria história pessoal. Ângela Roth, mãe de Ravena foi envolvida inadvertidamente em um culto satânico e, enganada por todos, acabou por servir de concubina ao demônio Trigon (ao melhor estilo de "O Bebê de Rosemary" de Roman Polansky). Após descobrir o terrível destino que lhe estava destinado, Ângela quase enlouqueceu e, como se não bastasse, descobriu que estava grávida do Trigon. Seu destino só não foi pior em função da intervenção de um benevolente grupo de sacerdotisas do Mundo de Azurath. Assim, Ravena nasceu no ambiente interdimensional de Azurath e Ângela, agora renomeada de Arella (para que Trigon não pudesse encontra-la), passou a viver naquele local com a filha. A relação entre Ravena e a mãe foi mínima, uma vez que sua educação e crescimento foi delegado totalmente à Azur, sacerdotisa líder daquele local, sendo que Arella (mãe de Ravena) a via apenas esporadicamente.

Miniatura DC Nº 19 - Ravena

Ravena viveu em Azurath sem conseguir desenvolver suas emoções como acontece com toda garota normal. Por isso, quando ela veio ao plano terrestre este fato traria grandes dificuldades para a moça. O evento que exigiu a vinda de Ravena para nosso plano foi a tentativa de invasão de Trigon ao nosso mundo. Detentora de incríveis poderes místicos, Ravena buscou inicialmente o auxílio da Liga da Justiça da América (LJA) para lidar com o pai. Sem sucesso, ela se dirigiu à equipe formada por ajudantes dos heróis seniores da LJA. Infiltrando-se nos sonhos de Robin (Asa-Noturna), Kid-Flash e Moça-Maravilha, Ravena sugestionou os heróis a se juntarem a ela para deter o pai. Assim, não tardou para que outros heróis adolescentes, à procura de auto-afirmação, se juntassem a equipe, dentre eles Mutano, Estelar e Cyborg. Com a derrota de Trigon, a equipe Titã, agora Novos Titãs, estaria pronta para buscar seu destino em meio às demais equipes de Super-heróis.

Miniatura DC Nº 19 - Ravena

E foi isso que aconteceu quando os Novos Titãs ganharam histórias escritas e desenhadas por Marv Wolfman e George Pérez, respectivamente, na década de 80. De repente uma equipe de heróis mirins ganhava status de equipe adulta vivendo aventuras difíceis até mesmo para a LJA. Ravena sofreria muito ao longo de todas estas histórias, chegando inclusive a perder a batalha para o seu lado demoníaco, transformando-se em um verdadeiro arauto para seu pai, servindo-o em seu propósitos malignos. Isso inclusive resultaria em sua morte, libertando-a definitivamente de seu lado obscuro, tendo agora seu espírito livre dos laços de sangue herdados de seu pai. Porém, como sempre acontece nos quadrinhos, Ravena seria descoberta ainda viva, vivendo na Louisina. A partir daí Ravena protagonizaria uma grande saga envolvendo o personagem Irmão-Sangue, um vilão cujo maior objetivo era se utilizar dos poderes de Ravena para dominar o Mundo.

Miniatura DC Nº 19 - Ravena

Usada e ludibriada em várias fases de sua vida, Ravena nunca conseguiu desenvolver-se totalmente sua personalidade humana, mesmo após conflituosos relacionamentos com Wally West (na época o Kid-Flash) e posteriormente com Mutano. A tortura emocional, a angústia e a sensação de inadequação está no DNA da personagem desde sua concepção, e os roteiristas parecem não querer afasta-la deste mundo de tormento pessoal, pois é justamente esta característica que a torna obscura, sensível, brutal e ao mesmo tempo terna. Mesmo nas animações da DC em que ela é retratada, seja para um público mais adulto ou mais infantil, Ravena está sempre ali como uma pessoa diferente, estranha e que exerce fascínio e repulsa nas pessoas ao seu redor.

Miniatura DC Nº 19 - Ravena

Ravena é uma personagem enigmática e que para mim traz dentro de si os aspectos mais terríveis e sedutores que podemos encontrar. Alguém que desperta desejo e medo em intensidades iguais. E não são destas duas coisas que o gênero do Terror é construído? 

Bom amigos... É isso aí. Um grande abraço à todos!!!

15 comentários:

  1. amigo, quando receber miniatura mal pintada, quebre ela em algum ponto frágil, ligue pra eaglemoss, mande a foto pro email e espere receber a outra. Faça isso até enviarem uma com a pintura decente (pelo menos na parte interna do capuz, faça-me o favor) e caso se neguem em algum momento, só cancele a compra e alegue que a empresa está vendendo produto ruim, o que está fazendo SIM!

    Não aceito jamais coisa mal pintada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Lucas...

      Como vai? Espero que bem.

      Até que a Ravena não achei mal pintada. Há outra peças com as quais fiz matéria aqui no Blog que apresentavam maiores problemas relacionados à pintura.

      Gosto muito da Ravena. Como disse na matéria, eu a vejo com grande potencial dentro do Universo DC.

      Até mais!

      Marcelo

      Excluir
  2. Oi Marcelo!

    Estou aproveitando seu post mais recente para fazer uma pergunta que não encontrei bem explicada em lugar algum. Quero fazer uma assinatura das minis DC e das graphic novels, mas tenho visto muitas reclamações quanto à entrega dos itens.
    Queria saber qual a modalidade de entrega deles (Registrada, PAC, Sedex, etc.) e como eles acondicionam os itens. Meu medo é maior quanto à entrega, pois com entregas comuns é capaz de o carteiro jogar sobre o muro e aconteça o que acontecer.

    Abraço!

    Marcos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Marcos... Tudo bem?

      Então... Sou assinante das Coleções DC e Marvel de Miniaturas desde que começaram. Não vou negar que tenha tido algumas peças que vieram danificadas. Isso ocorreu, porém em uma quantidade bem pequena e que foram trocadas pela empresa. O Serviço que eles adotam é o PAC. Os itens não vem tão bem acondicionados, porém mesmo após muitas sugestões dos fãs eles não mudam a forma de acondicionar as peças. No entanto, como te falei acima, a quantidade de peças que vieram danificadas foi bem pequena levando-se em consideração o tamanha que a coleção já tem até aqui.

      Quanto à coleção de Graphic Novels eu não sei te dizer viu Marcos. O Serviço de assinatura existe apenas na Eaglemoss até onde sei, pois a Salvat não tem serviço de assinatura para suas coleções de Graphic Novels Capas Preta e Vermelha. Como a Eaglemoss é a única que fornece serviço de assinatura para sua nova coleção de Graphic Novel da DC eu não vi nenhum comentário de algum assinante sobre a entrega dos encadernados. No meu caso eu decidi comprar em banca e livrarias mesmo os volumes.

      Valeu amigo!

      Abc.

      Marcelo.

      Excluir
    2. Valeu pelos esclarecimentos! Pensando bem, acho que as Graphic Novels é mais garantido comprar em bancas mesmo, apesar da falta dos brindes.

      Uma outra dúvida que não sei se é do seu conhecimento (perguntei no site da eaglemoss e ainda não tive resposta): se eu realizar a assinatura das miniaturas agora, receberei a partir das que forem lançadas, certo?

      Outro grande abraço e um parabéns pelo empenho no blog!

      Excluir
    3. Oi Marcos...

      Tal como você, vou comprar em bancas a coleção da DC também.

      Sobre sua segunda duvida... olha... Eu sempre supus que sim, ou seja, que se o fã está assinando a coleção seria porque ele a quer inteira. No entanto, acho que vale muito a pena tirar essa duvida com eles. Os colecionadores que já mantive contato e que assinaram depois que a coleção já estava bem adiantada me contaram que eles vão mandando sim as pecas antigas conforme elas estão em estoque. E que conforme o estoque vai sendo reposto com as mais procuradas eles vão mandando depois,

      Mas seria muito bom confirmar. Se você tiver algum retorno deles sobre isso me avise. Blz? Esta é sempre uma duvida freqüente!

      Abc!

      Marcelo

      Excluir
    4. Puxa Marcos!!!

      Desculpe ... Te respondi acima com o login da minha esposa sem querer! Achei que estava logado com o mu perfil mas era o dela!

      Me desculpe... rs rs rs

      Fui eu que te respondi acima! Ah Ah Ah

      Abc!

      Marcelo.

      Excluir
    5. Hahahaha
      Fica tranquilo! Deu pra perceber que era você respondendo! XD

      Quanto à duvida, vou tentar telefonar na eaglemoss pra resolver, aí comento aqui no seu blog se eles tiverem uma posição certa!

      Abraço!

      Excluir
    6. Legal Marcos... Comenta sim aqui depois!!

      Como sou assinante desde o início da coleção eu nunca liguei lá para saber esta questão. Mas muitos postam esta dúvida aqui!

      Abc!

      Marcelo.

      Excluir
    7. Prezados,
      Eu pretendia fazer a assinatura, desde que começasse na numeração atual, porém fui informado pela Eagleamoss aqui de Bhte, que receberia desde o início, o que não me atende pois as do início já adquiri em bancas.
      Quando digo início, é o da assinatura que eles disponibilizam, tipo de 01 a 24 a primeira assinatura e a segunda assinatura de 25 a 48, e assim por diante.
      Foi o que me informaram aqui.

      Abs

      Excluir
    8. Pois é Wellington...

      O ideal seria receber desde o início pois muitos postam aqui dizendo que pretendem fazer a coleção inteira quando decidem assinar e não faria sentido assinarem para receber apenas uma parte da coleção.

      Mas pelo que vi no site da Eaglemoss é possível fazer compras avulso também. Talvez no seu caso isso seja o ideal.

      Valeu amigo!

      Marcelo.

      Excluir
    9. Oi Marcelo e Wellington!

      Como eu estava devendo uma resposta aqui, cá estou de volta! rs

      Telefonei na Eaglemoss, e parece que aqui no estado eles enviam de acordo com alguma determinação (não me lembro o nome que a atendente usou) e, no momento, as entregas se iniciam nos números 16 e 17. Ainda perguntei se, caso eu pedisse a número 1, seria entregue desde o início, mas ela disse que não.

      Apesar disso, fiz a assinatura por um ano, para pelo menos ter parte do início da coleção até estar equiparada com as bancas (aí reservo com o jornaleiro mesmo, assim como as GC). Difícil será encontrar as figuras esgotadas como Coringa e Arqueiro Verde, mas com o tempo devem ser reestocadas, espero.

      Abraço!

      Excluir
    10. Olá Marcos...

      Valeu mesmo pela presença e contribuição!

      Poxa... Então é verdade. Ou seja, quem iniciar a assinatura agora não receberá do início, mas a partir de um determinado número a partir do qual a Eaglemoss ainda tem em estoque.

      Isso tirará o sonho de muitos de terem a coleção a partir do início.

      Mas acredito que talvez seja isso mesmo.

      Se bem viu Marcos, que dei uma olhada geral na Loja da Eaglemoss há pouco e pude ver que há muitas peças disponíveis para compra abaixo do número 16. Para aquele que quer completar a coleção acredito que ainda dê para garimpar muita coisa no site deles.

      Valeu!

      Grande abraço!

      Marcelo.

      Excluir
  3. Olá Marcelo, tudo bem?
    Acabei fazendo a assinatura da coleção de Graphic Novels da DC; nem tanto pelos brindes (bem fraquinhos) mas pelo desconto e pela "proteção" contra futuros aumentos. Para compensar financeiramente, cancelei a assinatura de miniaturas Marvel. Você pretende fazer uma matéria sobre a coleção de carros Chevrolet da Salvat?
    Abs., Carlos - São Paulo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande amigo Carlos!!! Blz?!

      Eu quase assinei também a coleção DC, mas acabei decidindo comprar em banca. Mas seu raciocínio faz sentido sobre a questão dos valores e eventuais aumentos viu Carlos.

      Puxa! Então cancelou sua assinatura da Marvel! Que pena... Mas eu entendo esses ajustes. Sao necessários mesmo.

      Então Carlos... Sobre a coleção da Salvat da Chevrolet eu pensei em fazer sim!! Estava pensando em fazer a matéria.

      Vou ver se faço! Essa coleção eu confesso que me surpreendeu!


      Grande abraço!

      Marcelo.

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts Relacionados