quarta-feira, 7 de maio de 2014

Miniatura DC Nº 08 - Mulher Maravilha

Miniatura DC Nº 08 - Mulher Maravilha

Guerreira, diplomata, super-heroína, semi-deusa, ícone cultural feminino por décadas... Essas e outras denominações podem ser atribuídas com justiça à essa que é uma das mais antigas personagens do Universo DC. Criada em 1941 pelo psicólogo William Moulton Marston, a Mulher Maravilha rivaliza com personagens de peso da DC dentre eles Superman e Batman. Tal qual uma flor selvagem que cresce sobre a rocha sob situações inóspitas, assim também é a Princesa da mítica Ilha Paraíso ou Ilha Themyscira. Nessa matéria comentaremos sobre a peça e investigaremos um pouco da mitologia desta famosa primeira dama do mundo dos Super-heróis.

Miniatura DC Nº 08 - Mulher Maravilha

Modelada obedecendo a antiga e clássica indumentária com a qual a personagem ficou mais conhecida, a peça de Nº 08 da Coleção de Miniaturas da DC traz a Mulher Maravilha no seu conceito praticamente original. Esse fato já valoriza a estatueta pois, em minha opinião, uma das grandes coisas geniais desta coleção é trazer os personagens em seus conceitos clássicos, ou seja, livres de modismos ou eventualidades mercadológicas passageiras. Assim, podemos ter em nossas estantes o herói ou vilão em seu estado "bruto", ou seja, ainda que esse ou aquele personagem esteja em má fase nos quadrinhos atualmente, não importa. O que importa é o potencial dramático sintetizado na pequena estatueta em nossas mãos. Permitindo assim que possuamos, mais do que a peça em si, o conceito por trás dela.

Miniatura DC Nº 08 - Mulher Maravilha

Podemos observar alguns itens importantes na composição da figura, o tradicional corpete, o shorts  estrelado, as botas vermelhas com detalhe em branco, os braceletes, a tiara e o inseparável laço da verdade. O laço é, inclusive, um ponto que na minha opinião valoriza o contexto, pois embora pareça muito frágil em função do tamanho e escala da peça é na verdade relativamente resistente. Ao tocarmos a linha que se estende de uma mão à outra percebemos que há firmeza em sua constituição. Os cabelos negros apresentam-se ondulados e bem pintados. Aliás, no geral a pintura nessas miniaturas da DC são superiores à pintura observada nas primeiras peças da coleção da Marvel. Isso já foi anteriormente explicado pelo fato da coleção da DC ter vindo depois do lançamento das peças da Marvel. Assim, a fabricação, o detalhamento e a pintura foram melhorados. Recentemente pude verificar que as peças mais avançadas da coleção da Marvel gozam de tratamento semelhante.

Miniatura DC Nº 08 - Mulher Maravilha

Impossível não olharmos para essa peça e não fazermos alusão ao clássico seriado dos anos 70 estrelado por Linda Carter. Um marco de sucesso na adaptação de quadrinhos para as telas na época. Nascida na Ilha de Themiscyra, um isolado local onde vive uma sociedade de guerreiras Amazonas sob um rígido código de ética militar, Diana é filha de Hipólita, Rainha da Ilha. De acordo com a mitologia da personagem, antes de seu nascimento a ilha recebeu a visita acidental de uma jovem piloto da força aérea americana, Diana Trevor. Responsável por auxiliar as Amazonas em uma difícil batalha para defender a Ilha de um mítico monstro chamado Cottus, Diana Trevor deu sua vida para salvar a ilha e suas habitantes. Em homenagem à corajosa piloto, Hipólita deu o nome de Diana à sua pequena filha moldada do barro da ilha sob os auspícios dos deuses gregos. Assim, nascia aquela que se tornaria a Mulher Maravilha.

Miniatura DC Nº 08 - Mulher Maravilha

Diana cresceu e se desenvolveu recebendo a rígida e militar educação das Amazonas. Durante seus anos de crescimento, Ares o Deus da Guerra tentou dominar a humanidade. Com intuito de fazer frente à Ares, Diana conseguiu o cargo de protetora dos humanos ao ludibriar sua mãe Hipólita  durante uma batalha de seleção na ilha, da qual sagrou-se vencedora. Assim, Hipólita confeccionou o famoso uniforme da futura Mulher Maravilha baseando-se nas cores da antiga aeronave pertencente à Diana Trevor. Além disso, presenteou a filha com Braceletes Prateados e um Laço Dourado da Verdade. A heroína venceria Ares e livraria a humanidade de sua dominação, ficando conhecida então pelo nome que a acompanharia para sempre: Mulher Maravilha.

Miniatura DC Nº 08 - Mulher Maravilha

A personagem ganharia lugar de destaque ao lado de Superman e Batman ao integrar a Liga da Justiça, além de participar de importantes momentos do Universo DC. Talvez o evento que mais a marcaria aconteceu durante uma história publicada em 2006 sob o nome de Sacrifício. Nela Diana é obrigada a matar o famoso adido da Liga da Justiça Maxwell Lord que dominara a mente do Superman. Sob controle mental o poderoso Superman ameaçava a vida de diversos heróis e por um triz  não matou o próprio Batman. Diana seria julgada não apenas legalmente, mas também pela opinião pública, tendo que trilhar um longo caminho para recuperar seu prestígio junto à uma comunidade de heróis dividida frente ao ato terminal cometido por ela.

Miniatura DC Nº 08 - Mulher Maravilha

Não podemos também deixar de comentar as circunstâncias que envolveram a criação da Mulher Maravilha pelas mãos do psicólogo William M. Marston. Sob o manto de diversas especulações muitos atribuem a criação da personagem à uma ideia que Marston possuía de que o homem só seria feliz sob o domínio de um autoritário gênero feminino. Essa ideia explicaria, por exemplo, a devoção de alguns homens por suas mães, eternos símbolos de segurança, porém também de domínio. Embora muito tenha se escrito sobre esse aspecto da criação da Mulher Maravilha, o que se via nas primeiras histórias da personagem na Era de Ouro era uma mistura desse conceito, vislumbrado através da força e superioridade física da Mulher Maravilha frente aos outros homens retratados nos gibis, com cenas nas quais a própria personagem aparecia muitas vezes amarrada e em situações de dominação pelos supervilões. Isso também expressava o imaginário masculino e suas fantasias reprimidas de controle sobre o outro sexo. Sob esse interessante "caldo" psicológico é possível sim que a personagem tenha se originado a partir dessas ideias do famoso (na época) psicólogo. 

Miniatura DC Nº 08 - Mulher Maravilha

Particularmente nunca fui leitor assíduo das histórias da Mulher Maravilha, porém reconheço o grande legado da personagem para a cultura pop e sua importância no âmbito das artes gráficas. Sua presença não poderia faltar na coleção em hipótese alguma. Uma peça que enfeita bem a estante e o imaginário de muitos leitores.

Grande abraço à todos!!

11 comentários:

  1. Olá Marcelo tudo na paz..

    Quando vi esta miniatura me deu uma saudade do desenho Superamigos quando eu era fissurado na MM além do laço ela tinha aquele avião invisível. Nunca li nada dela na DC apesar de ter alguns posteres dela.
    Muito legal a mini, mas pelas fotos (ainda não vi pessoalmente), achei este encontro das cochas dela ai meio estranhas alguma coisa ai não me agradou.

    Adquiri recentemente algumas miniaturas femininas da DC (Stelar, Caçadora e Mulher gavião), gostei bastante, pois os atributos físicos das moças estão mais condizentes com os quadrinhos, do que os da Marvel que resolveu reduzir estes atributos nas suas personagens. Também achei os rostos das figuras mais bem feitos e até mesmo com contornos labiais mais finos e bonitos.

    Por isso pretendo adquirir as peças femininas da DC já que não acompanho esta, e claro os medalhões tb.

    Abs e até a próxima.


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Wellington...

      Bem lembrado da série Superamigos. Ela realmente tinha um avião invisível que, se não me engano, também estava presente no seriado dos anos 70.

      O ponto entre as duas pernas eu também tinha notado e vc tem razão. Essa junção podia ter sido melhor trabalhada e melhor esculpida. A forma como as coxas se encontram revelam (à um olhar mais atento) que se trata de uma peça, e não uma representação fiel humana.

      As miniaturas da DC são em geral superiores mesmo às da Marvel. Essa diferença só deixa de existir nos personagens lançados mais para o final na coleção da Marvel. Onde o trabalho de modelagem e pintura foi praticamente igualado. Sei disso porque tenho o Vance Astro da Marvel e ele é perfeito!

      Valeu Wellington!

      Abc.

      Marcelo.

      Excluir
  2. Só pra completar, atualmente a revista solo da personagem possui uma das melhores sequências de histórias da editora, fugindo da interação com os outros herois mas completamente imersa na mitologia grega (ou pelo menos a visão do autor dos deuses e herois gregos). Vale uma espiada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Comecei a acompanhar os Novos 52 quando foram lançados aqui no Brasil e li algumas histórias da MM nessa nova fase. Gostei mesmo dessa abordagem distanciando-a dos outros heróis e aproximando-a de suas raízes mitológicas.

      Porém, acabei por parar de acompanhar porque algumas histórias estavam tão ruins que me desanimei. Se um dia essa fase da MM sair encadernada farei a aquisição com certeza!

      Abc!

      Marcelo.

      Excluir
  3. Queria muito começar essa coleção... Mas pelo fato de que iria pegar o bonde andando e as principais edições anteriores já se encontram esgotadas na loja virtual da eaglemoss, acabo por desistir da idéia...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Hiroshi!

      Puxa! Quem sabe você não reconsidera. A Eaglemoss ainda está em fase inicial de lançamento da coleção pelas cidades do país. É bem capaz que as peças fiquem disponíveis no site sim. Acredito que isso só não aconteceu ainda porque a demanda de peças para atender à todas as cidades em que a coleção está saindo é imensa e por isso eles ainda não disponibilizaram para compra on line. Privilegiando assim o mercado direto inicialmente.

      De qualquer forma se decidir mudar de ideia avise aqui, pra gente poder ir trocando figurinha sobre sua coleção.

      Valeu!!


      Grande Abraço!

      Marcelo.

      Excluir
    2. Na loja virtual da eaglemoss existem disponíveis algumas edições: 4,5,6, 9,10 e 11. Por outro lado a 1,2,3, 7 e a 8 não se encontram disponíveis.
      Vou procurar por aqui pelas bancas de Santos... Mas acho difícil encontrar...

      Excluir
    3. Espero que dê sorte Hiroshi. Acho que vale a pena ficar entrando periodicamente no site da Loja Virtual da Eaglemoss, pois pode ser que de repente essa peças voltem a ficar disponíveis.

      Valeu!

      Grande Abraço.

      Marcelo.

      Excluir
    4. Fui na banca e vi que as edições da Coleção Marvel estão na 20, 21... e perguntei sobre as da DC que segundo o jornaleiro ainda nem chegaram... Isso me deu mais esperanças... Sobre assinar, mandei um e-mail para a Eaglemoss perguntando sobre edições anteriores, recebi uma resposta que não me satisfaz totalmente. Resumindo, estamos em fase de negociações... kkkkkk

      Excluir
  4. e ai Marcelo td certo?
    Parabéns pela excelente matéria e pelas maravilhosas fotos da Mulher Maravilha.
    Queria te pedir uma dica. To fazendo a coleção da MARVEL e pensei em comprar da DC somente a Liga da Justiça, quais são os membros da Liga da Justiça lançados nesse coleção?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Giovanne!

      Blz!? Valeu pela presença!!

      Bom... A Liga da Justiça teve várias formações, mas acredito que você está atrás da formação clássica, não é mesmo? Caso não seja o caso depois você me fale, ok?

      No caso de ser a formação clássica que você deseja as peças seriam:

      - Superman.

      - Batman.

      - Lanterna Verde (Hall Jordan).

      - Mulher-Maravilha.

      - Caçador de Marte (Ajax).

      - Flash.

      - Aquaman.

      Há outros personagens que também fizeram parte da Liga e poderiam ser considerados os que vem logo abaixo desses em termos de importância. Tais como:

      - Gavião Negro.

      - Arqueiro-Verde.

      - Ciborgue (mais recentemente).

      - Canário Negro.

      - Lanterna Verde (James Stewart).

      - Mulher Gavião.

      Fazendo uma inspeção geral na coleção foram esses que eu identifiquei. Caso você queira dar uma espiada de forma mais ampla na coleção dê uma conferida no link abaixo para uma postagem que fiz sobre as peças que a compõem.

      - http://marcelo-antologias.blogspot.com.br/2013/07/colecao-de-miniaturas-dc-lista-de.html

      Grande abraço!

      Marcelo.

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts Relacionados