quinta-feira, 22 de maio de 2014

A Saga Fundação - Parte IV: LIMITES DA FUNDAÇÃO


Após 30 anos do lançamento da Trilogia da Fundação, Isaac Asimov retomaria sua Epopeia Galáctica em 1982 com o livro Limites da Fundação. Depois dos eventos narrados em seus três primeiros livros (todos lançados nos anos 50) Fundação, Fundação e Império e Segunda Fundação, o autor mostraria grande vigor narrativo com essa continuidade. Limites da Fundação dá prosseguimento à uma história que narra acontecimentos num futuro longínquo da humanidade. Nos três primeiros livros da série nos é apresentada a derrocada do poderoso Império Humano Galáctico que acaba por ruir sob seu próprio peso, dando lugar à um novo projeto de humanidade. Algo novo, maravilhoso chamado Fundação. Uma colônia de seres humanos que, em seu isolamento, seria o embrião de um novo Império. Uma sociedade que tentaria evitar os erros do passado, a corrupção, os desejos irrefreáveis pelo poder, a ganância. E para salvaguardar esse grande projeto de futuro, a Fundação tinha o Plano Seldon. Um intrincado plano matemático estabelecido a partir das leis de uma nova ciência: a Psico-História. Uma ciência capaz de prever e contornar as armadilhas sociais, econômicas e bélicas de uma sociedade em formação. Assim foi a TRILOGIA DA FUNDAÇÃO.


Em Limites da Fundação haviam se passado 500 anos desde que a Colônia Fundação fora estabelecida no longínquo Planeta Terminus e se tornara uma grande e poderosa Federação. Boa parte dos mundos habitados da Galáxia eram afiliados ou subordinados à Grande Fundação. No entanto, alguns começam a ter dúvidas da validade do Plano Seldon, dentre eles o jovem Conselheiro Golan Trevize. Após expor seus pontos de vista Trevize é exilado e mandado para uma busca sem sentido pela Galáxia para encontrar o mítico e lendário planeta no qual, segundo as lendas antigas, a humanidade teria se originado e, a partir do qual, as primeiras ondas de colonização humana haviam partido há milhares de anos: um planeta conhecido apenas como TERRA.


Acompanhado do acadêmico Janov Perolat, Golan Trevize inicia uma busca que lhe revelará segredos insondáveis a respeito da Galáxia e que não passa despercebida dos membros da misteriosa Segunda Fundação: a segunda colônia humana estabelecida na mesma época da Fundação original, porém formada por psicólogos que desenvolveram suas mentes na incrível arte de ler emoções.


Com uma escrita mais ágil e perspicácia, Isaac Asimov elabora uma intrincada trama na qual tudo converge para planos escondidos há milênios, e faz o leitor duvidar das conclusões que tirara anteriormente ao longo da série. Sem dúvida nenhuma uma excelente continuidade. 

Há algum tempo a Editora Aleph vem, corajosamente, investindo no lançamento de clássicos da Ficção Científica e, assim como nos seus lançamentos anteriores, fez um ótimo trabalho na série Fundação. Produzindo livros com um lay-out temático atrativo e ótimo acabamento. A propósito, em recente contato que fiz com a editora recebi a grande notícia que o último livro da Série Fundação (Origens da Fundação) estará chegando às livrarias em Agosto de 2014!!

Em breve aqui no Blog veremos a continuidade da saga com "Fundação e Terra".

Abraço à todos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts Relacionados