domingo, 11 de maio de 2014

Coleção Histórica Marvel - Parte III: Homem-Aranha.


Há pouco mais de dois anos a Panini iniciava uma linha de lançamentos de histórias clássicas do Universo Marvel que tinha como grande objetivo trazer aventuras antigas em um formato acessível e de qualidade. Algo que o modelo Biblioteca Histórica Marvel (BHM) tinha dificuldade de oferecer em função do elevado preço de seus encadernados. Comentei na época sobre o lançamento dos 04 primeiros encadernados dos Vingadores. Na matéria Coleção Histórica Marvel - Parte II vimos o quanto esse tipo de iniciativa possuía potencial de dar certo. Passados mais de dois anos acumulamos o lançamento de mais duas sequencias de encadernados envolvendo outro personagem do Universo Marvel, o Homem-Aranha. Nessa matéria veremos os encadernados integrantes da segunda sequencia dessa já clássica Coleção Histórica Marvel.


Podemos comentar alguns dos motivos que fazem com que "material clássico" desse tipo seja novamente atrativo para muitos leitores. Além, é claro, do interesse que o leitor mais velho tem por esse material que o arremete à sua infância, temos também jovens leitores se interessando e comprando esses lançamentos. Isso se deve à alguns fatores, porém o mais importante e determinante deles, acredito eu, é a baixa qualidade do material atual. Embora, muitos possam achar os roteiros dessas histórias antigas mais simples, na verdade elas são atrativas justamente por isso. Ou seja, mostram o herói imerso em sua mitologia original, e por isso conseguem revelar sua personalidade em toda sua força. Após décadas de histórias e frente ao embotamento criativo atual muitos personagens tiveram sua força dramática diluída e pulverizada em roteiros ruins, diminuindo a qualidade das histórias impressas nesses últimos anos.


Apesar dessa crise de criatividade na mídia impressa atual, podemos verificar a força do mito de vários personagens ao verificarmos o sucesso dos diversos filmes envolvendo tais personagens dos Quadrinhos hoje. Esse entendimento é também corroborado pelo sucesso desse material clássico acima. Quando encontramos alguém que consegue (tal qual é feito nas telas dos cinemas hoje) transcrever os heróis em seus conceitos originais ao grande público, tudo funciona. Todas as malfadadas tentativas de atualizar os heróis subvertendo suas premissas originais sofreram a mais total e completa execração. E por que? Porque simplesmente não é possível melhorar algo que já possui uma identidade genial em sua essência.


Para qualquer um que queira conhecer ou revisitar o Homem Aranha em toda sua força e potencialidade essa coleção é fantástica. Com um preço razoável (R$ 22,90) para um material-referência desse tipo e um acabamento diferenciado em papel off-set, os encadernados trazem as capas envelhecidas proporcionando um interessante efeito visual de material clássico e antigo, reforçando esse apelo. Além disso, o leitor é presenteado com a reprodução das capas originais das histórias antes de cada uma delas. O volume 01 é dedicado às histórias que envolvem seu maior arqui-inimigo: o Duende Verde. Um vilão que deixou sua marca ao protagonizar um dos momentos mais trágicos e inédito (na época) nos quadrinhos ao ser responsável pela morte de Gwen Stacy, o 1º grande amor do Cabeça de Teia. Numa época em que a morte de personagens nos quadrinhos era algo impensável, principalmente envolvendo alguém tão importante quanto a namorada do Aranha, essa trágica história surpreendeu toda uma geração que se deparava com a realidade da vida invadindo o imaginário dos quadrinhos. Encadernado 1 (164 páginas): Histórias originalmente publicadas em The Amazing Spider-Man 14, 17, 23, 39, 40, 121-122. Abrangendo o período de 1964 à 1973.


O segundo volume traz os confrontos originais do Aranha contra o famigerado e egocêntrico Dr. Octopus. Numa época em que a galeria de vilões do Amigão da Vizinhança estava se formando, podemos identificar os elementos que fizeram com que o Dr. Oto Octavius resistisse ao tempo e se consolidasse como grande personalidade. Encadernado 2 (164 páginas): Histórias originalmente publicadas em The Amazing Spider-Man 03, 11, 12, 53, 54, 55 e 56. Abrangendo o período de 1963 à 1968.


 No 3º volume vemos a estreia do Dr. Curtis Connors, que viria a se tornar outro grande adversário do Teioso na pele do Lagarto. Particularmente achei muito interessante as histórias estarem agrupadas em cada volume tendo como critério os combates envolvendo um determinado vilão específico, ou seja, o leitor pode ler, na sequencia cronológica, as primeiras aventuras do Aranha junto àquele mal-feitor. Encadernado 3 (164 páginas): Histórias originalmente publicadas em The Amazing Spider-Man 06, 44, 45, 76, 77 e Peter Parker, The Amazing Spider-Man 32, 33 e 34. Abrangendo o período de 1963 à 1979.


O último volume de sequencia traz os conflitos envolvendo o Homem-Aranha e Sexteto Sinistro. Uma confraria de vilões que se reuniram para expurgar definitivamente o herói aracnídeo da face da Terra. Encadernado 4 (164 páginas): Histórias originalmente publicadas em The Amazing Spider-Man 2, 4, 9, 13, 15 e The Amazing Spider-Man Annual 01. Abrangendo o período de 1963 à 1964.

Não podemos esquecer de mencionar a incrível capa customizada para acondicionar os volumes, privilegiando e valorizando a Coleção na estante. Sem dúvida nenhuma uma solução barata e cheia de atrativos à quaisquer leitores.


Bom amigos... É isso aí. Grande abraço à todos!

17 comentários:

  1. Fala Marcelo, bom dia!
    Tenho a Coleção Histórica Marvel dos Vingadores e essa primeira do Homem-Aranha. Da segunda do cabeça de teia tenho os volumes 6, 7 e 8, já o volume 5, que vem com a caixinha não apareceu aqui em Natal e estou vendo onde comprar. Como vc bem disse, essas coleções são muito boas e bem fiel aos personagens, sem muita invenção. Estou gostando bastante delas e torço que saia alguma do Quarteto Fantástico, seria bem legal.
    abraço e até uma próxima.
    Luiz Augusto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Augusto!

      Tudo bem, amigo? Sou fã dessa coleção e tentarei comprar todos os que saírem. Sem dúvida nenhuma esses lançamentos clássicos nos lembram o quão simples e genial determinadas histórias podem ser.

      Em minha opinião um dos únicos escritores de quadrinhos que entende isso atualmente é o Mark Waid. Sua recente passagem pelo título do Demolidor (que agora está sendo publicada aqui no Brasil pela Panini em encadernados) é sensacional e lembra esse estilo mais simples, e nem por isso menos genial do início da Era de Prata.

      Sua sugestão é ótima. Já pensou termos material nesse estilo do Quarteto, Thor, Hulk, HdF, Capitão América....

      Seria muito bom!

      Valeu amigo.

      Gde. Abc.

      Marcelo.

      Excluir
  2. Eu comprei os 8 volumes que saíram da Coleção Histórica Marvel - O Homem-Aranha.
    Essa coleção é ótima. Estou muito satisfeito. E essa caixa para guardar as revistas é muito legal de se expor na estante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá José! Blz!?

      Ótimo investimento você fez. Pode ter certeza que esse material que já é clássico se tornará raro logo logo.

      Fora isso é como você falou. Essa caixa customizada é magnífica. E você vê... Nem é preciso ser algo tão caro. Uma caixa dessa é um papelão simples e que valoriza extremamente o produto. Não tenho o reclamar!

      Abção!!

      Marcelo.

      Excluir
  3. Não deu pra mim. Muita coisa para ler. Falta de espaço. Mas o material é ótimo. E o preço até "razoável".
    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Kleiton... Blz?

      Pois é amigo! Realmente tem muita coisa saindo e precisamos dar uma freada! Além do outro ponto crucial na vida de todo apreciador de arte e colecionismo. Espaço!!

      Valeu!

      Abcs!

      Marcelo.

      Excluir
  4. Oi Marcelo, tudo bem? como sempre uma bela matéria. Olha tenho os 17 volumes da Biblioteca Histórica Marvel e sempre tive esperanças de que a Panini desse continuidade, mas o tempo passou e até hoje nada, então resolvi comprar essa Coleção Histórica do Homem Aranha, porque acredito que a Biblioteca não sai mais, e apesar de já ter algumas histórias na Biblioteca do Homem Aranha, comprei essa Coleção Histórica, porque é muito boa mesmo e acho que teve mais êxito pois o preço não é tão alto. Agora estou vendo essa Coleção Histórica dos X-MEN que pretendo comprar também, pois futuramente serão itens de colecionador e claro nos faz lembrar um tempo em que não era a toa que a Marvel era chamada de a Casa das Ideias.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marcílio! Blz!? Valeu pelo comentário e elogio!

      Você toca num ponto complicado: Bibliotecas Históricas Marvel. Tenho muita vontade de completar minha coleção de BHM, porém a coisa ficou absurda. Só é possível encontrar, por exemplo, a BHM Nº 01 do Homem Aranha ou dos Vingadores por preços incrivelmente abusivos! Também guardo uma esperança de rê-edições.

      Você está numa situação bem melhor. Pelo que vc falou 17 volumes abrangem talvez todas as que saíram no Brasil até hoje. Material clássico tem cada vez mais apelo hoje em dia e o pessoal compra mesmo, porém esse material tem que estar numa faixa de preço aceitável. Tenho certeza que quantos números forem lançados dessa Coleção Histórica Marvel desta matéria, todos serão vendidos. Já em relação à BHM o preço fica caro e o pessoal pensa duas vezes.

      Nem estava sabendo que ia sair uma Coleção Histórica Marvel dos X-Men! Excelente notícia! Vou ficar atento!!!

      Depois gostaria de saber quais os exemplares de BHM vc tem. Aqui vai os que eu tenho:

      BHM Homem-Aranha: Nº 02, 03 e 04.

      BHM O Poderoso Thor: Nº 01.

      BHM O Surfista Prateado: Nº 01.

      BHM Demolidor: Nº 01.

      BHM O Invencível Homem de Ferro: Nº 01 e 02.

      BHM Quarteto Fantástico: Nº 01.

      BHM X-Men: Nº 02 e 03.

      BHM Vingadores: Nº 02.

      Grande Abraço!

      Marcelo.

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    3. Oi Marcelo, olha tenho todos os que vc citou e mais os seguintes:

      BHM Homem Aranha - 01
      BHM - Vingadores - 01
      BHM - HULK - 01
      BHM - X-MEN - 01
      BHM CAPITÃO AMÉRICA - 01

      Foram lançados realmente 17 BHM e como vc disse os preços não eram para todo mundo, mas não deve ter vendido mal não, pois se vc observar tem muita coisa esgotada e outras com valores altíssimos cobrados pelos especuladores. Acredito que se as BHM tivesse continuado (pelos menos 02 ou 03 por ano) teria seu público fiel. Outra coisa li em site a uns meses atrás que eles iam lançar pelo menos o segundo número do BHM do Surfista Prateado, pois fechava toda a passagem de Stan Lee pelo personagem, não sei se foi no Submundo, do nosso amigo Leo, não me lembro mais, mas quem sabe não vem em um futuro próximo mais coisas por aí. Quanto a Coleção Histórica dos X-Men, está previsto 04 volumes iniciais e também estão falando em 04 para os Vingadores, essas notícias vi no blog do Submundo que para mim é o melhor em informações. O Leo tem hora que deveria participar daquele programa do Faustão, se vira nos trinta, o cara não para, todo dia tem coisa nova lá. Abraços amigo.

      Excluir
    4. Legal Marcílio!

      Realmente grande coleção você tem. Parabéns!

      Pois é... Não entendo a PANINI ter parado de publicar as BHMs. Em uma entrevista que assisti do Fernando Lopes (editor chefe da PANINI) ele explicou que elas não vendiam bem. Mas a procura é grande, haja vista os valores que algumas dessas BHMs tem alcançado no Mercado Livre e em outros sites. Na minha opinião se eles fizessem reedições venderia muito bem.

      Concordo com você. Esse tipo de material tem um público fiel. Sendo assim, eles poderiam fazer um lançamento envolvendo mais livrarias mesmo. Esse tipo de ambiente que é frequentado por fãs mais velhos e saudosos, que com certeza comprariam esse material fielmente.

      Você tem razão quanto a essa notícia que você viu. Eu também a vi e também não consigo me lembrar da onde (rs). Acho que foi do Blog do Leo mesmo. Seria ótimo se eles lançassem pois teríamos uma boa oportunidade para vermos o desempenho desse tipo de lançamento. Acho que foi no ano passado que eles lançaram a BHM Nº 04 do Aranha e, pelo menos na minha visão vendeu bem.

      Fiquei super feliz com a notícia do lançamento da CHM dos X-Men! Pra mim os melhores X-Men são os dos anos 60 e 70, ou seja, a 1ª e 2ª formação. Depois da entrada insistente da temática "Militância Mutante" os X-Men se afastaram muito da sua premissa original de Grupo de Super-heróis. Tinha visto também essa notícia de mais 04 volumes dos Vingadores. Vamos torcer!!

      É verdade quanto ao Leo! O cara é uma máquina!! rs rs

      Grande Abraço Marcílio!

      Marcelo.

      Excluir
  5. Olá, como grande apreciador de gibis e grande admirador do personagem Homem-Aranha, gostaria de saber onde comprar essa Coleção. Poderia(m) me indicar??? Desde já, grato.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá amigo!

      Tudo bem? Agradeço a visita e o comentário aqui no Blog!!

      Olha... Como já saiu há algum tempo talvez você não encontre em bancas. Porém, é possível conseguir todos esses encadernados em lojas de quadrinhos especializadas. A que eu conheço e geralmente compro é aqui de São Paulo (Capital) e chama-se comix. Abaixo segue o site através do qual é possível fazer o pedido.

      http://www.comix.com.br/distinction.php

      No entanto, há outras revistarias nas quais você conseguiria esses volumes fácilmente também, dependendo de onde você mora!

      Espero que tenha ajudado!

      Abcs!

      Marcelo.

      Excluir
    2. Olá. Outra dica também Joldimar e Marcelo, é na Livraria Cultura ou no site do Ponto Frio. Lá tem bastante coisa interessante, inclusive o volume 05 da Coleção Histórica do Homem-Aranha, que não chegou nas bancas da minha cidade, consegui no site da Livraria Cultura e como comprei outros itens, saiu com frete grátis. Chega essa semana aqui em casa.
      Abração.

      Excluir
    3. Opa! Valeu Augusto!

      Sabe que outro dia dei uma olhada no site do Ponto Frio e me surpreendi mesmo com o que vi. Muita coisa boa e com preços muito bons! Acho que esse tipo de loja tem descoberto a importância e a dimensão de um segmento que já foi muito ignorado no passado: o segmento dos NERDS.

      Excelente dica!

      Valeu Augusto!

      Marcelo.

      Excluir
  6. Olá, Marcelo! Essa coleção é ótima! Como disse na postagem mais recente, tenho dois exemplares dela com o homem-aranha (sem falar que tenho dois encadernados com ele e mais alguns formatinhos). nesta postagem, você refletiu sobre as histórias antigas atraírem um bom público. E concordo com isso. Do pouco que já li de material antigo e recente, prefiro os antigos. O material recente tem uma preocupação imensa em impressionar o leitor com situações imprevisíveis e muita violência e ação sem necessariamente ter um enredo à altura. No caso do Peter, acho isso completamente desencantador. A essência do personagem até é de lutas e bravuras e alguns inimigos difíceis de acreditar... mas há uma simplicidade durante a evolução dessas histórias que hoje em dia já não se vê mais. E era essa simplicidade que passa verdade ao personagem.

    Bem... não sou muito entendido na questão, mas do pouco que tenho visto dele, é isso o que senti.

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza Fabiano... Esse material é clássico e vale a pena. Fico feliz que você tenha alguns deles para depois (quando ler) me dar sua opinião.

      Pois é... Sei que a releitura de material antigo acaba tendo maior significado para aqueles que encontram nesse material algum eco de épocas antigas nas quais viveu. Ou seja, a velha nostalgia. Porém, acredito que se algum garoto lesse esse material hoje também teria um apreço por ele, pois as tramas são simples, porém cheias de soluções e sacadas interessantes.

      Você toca num ponto que concordo plenamente e resumiu bem ao dizer:

      "O material recente tem uma preocupação imensa em impressionar o leitor com situações imprevisíveis e muita violência e ação sem necessariamente ter um enredo à altura."

      É exatamente isso, parece que a preocupação maior é chocar a plateia, sendo que muitas vezes a genialidade se esconde nas entrelinhas. E o Aranha é um personagem que, em seu material clássico, tinha muito disso. É um ótimo exemplo desse entendimento. E "simplicidade" é mesmo a palavra chave!

      Para alguém que se julga pouco conhecedor do assunto (como você se julga), o que acho que nem é o caso, você acerta na mosca!

      Abcs!

      Marcelo.

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts Relacionados