domingo, 16 de junho de 2013

Miniatura Marvel 22 - Motoqueiro Fantasma

Miniatura Marvel Nº 22 - Motoqueiro Fantasma

O Nº 22 da Coleção de Miniaturas Marvel é o infernal "Motoqueiro Fantasma" ou, em inglês, Ghost Rider. Criado no início dos anos 70, o Motoqueiro apareceu pela 1ª vez na revista "Marvel Spotlight Nº 05" de agosto de 1972. Com uma origem fortemente ligada ao ocultismo, o personagem nasceu das mentes do desenhista Mike Ploog e dos escritores Roy Thomas e Gary Friedrich. O mundo do Motoqueiro Fantasma é infestado de seres espirituais, conflitos entre exércitos demoníacos e angelicais, homens e mulheres à margem da sociedade, bêbados, drogados e quaisquer tipos de párias. Com um grande potencial para boas histórias, infelizmente o personagem já sofreu na mão de roteiristas ruins, intervenções mercadológicas e modismos em suas histórias. Aproveitando essa bela peça da coleção, a matéria abaixo visa trazer algumas informações sobre essa incrível e perturbadora figura.

Miniatura Marvel Nº 22 - Motoqueiro Fantasma

O Motoqueiro Fantasma é na verdade o motociclista Johnny Blaze, filho de um casal de motociclistas que faziam shows em circos e feiras saltando por sobre caminhões e carros. Após a morte de seus pais em uma circunstância repleta de questões estranhas e sobrenaturais Johnny é adotado e, para salvar seu pai adotivo de um câncer, faz um pacto com Mephisto. A história de Johnny Blaze é longa e complexa, por isso vale apenas resumi-la dizendo que Johnny acaba tendo sua alma vinculada ao demônio Zarathos, um ser milenar e extremamente poderoso.

Miniatura Marvel Nº 22 - Motoqueiro Fantasma

Johnny passaria suas noites e boa parte de sua vida como Motoqueiro Fantasma, falando mais claramente, como um Espírito da Vingança, um ser que é atraído pela maldade da alma humana e, quando diante de homem ou mulher que merece punição, exercita seu olhar punitivo, condenando tal pessoa a vivenciar o mal que infligiu aos outros. As histórias do Motoqueiro trazem, ou pelo menos deveriam trazer, toda aquela atmosfera de lugares perdidos, aridez, asfalto quente, poeira, vento causticante e ronco de motocicleta. Todas as vezes que o personagem se aproximou destas premissas nós fomos presenteados com boas histórias, infelizmente isso não acontece sempre. Embora outros homens tenham sido condenados à convivência com Zarathos, caso de Danny Ketch (irmão de Johnny Blaze), foi como Johnny que o personagem ficou mais conhecido.

Miniatura Marvel Nº 22 - Motoqueiro Fantasma

As referências à um ser conhecido como Ghost Rider na literatura e na música vem de longe. Muitos devem conhecer a canção "Ghost Rider in the Sky" composta em 1948 por Stan Jones. A música conta a história de um vaqueiro que certo dia avista no céu uma boiada em disparada, com animais de olhos vermelhos e cascos de ferro em um grande alarido. Após trovões e raios o vaqueiro avista Cavaleiros Fantasmas cavalgando em cavalos que soltam fogo pelas narinas. Enquanto contempla aquela assustadora cena, um dos Cavaleiros Fantasmas chama o nome do vaqueiro. Ao se voltar para a voz, o vaqueiro escuta um dos fantasmas dizer para ele pensar em como está vivendo sua vida, pois caso contrário ele será condenado a passar a eternidade como um Cavaleiro Fantasma. Embora já gravada por muitos cantores de música folk e country, a versão que eu mais gosto é com o antigo e esquecido grupo The Sons of the Pioneers que você pode conferir no vídeo abaixo.



Miniatura Marvel Nº 22 - Motoqueiro Fantasma

O Motoqueiro Fantasma seria, portanto a versão moderna desta antiga história. Toda a simbologia que o envolve é um grande material que poderia ser trabalhado e render filmes e HQs fantásticas. Infelizmente isso não tem acontecido em minha opinião. Exceção eu faço, no entanto a ótima HQ "Estrada para Danação", que rendeu inclusive uma matéria aqui no Blog à época em que a li. Em minha opinião o Motoqueiro Fantasma deve ser tratado no âmbito das histórias de terror e mistério, pois sem dúvida nenhuma possui a mítica necessária.

Miniatura Marvel Nº 22 - Motoqueiro Fantasma
A miniatura do Motoqueiro presente na coleção foi uma das mais elogiadas nos Blogs e Redes sociais. O detalhe da corrente (real) ao redor do tórax do personagem conferiu-lhe imponência e belicosidade. Além disso, os tradicionais espinhos que se projetam de sua jaqueta de couro, botas e luvas também estão presentes. Eu gostei muito e acho que a única coisa que gostaria acrescentar à figura seria sua motocicleta infernal. À semelhança de algumas figuras da coleção que vieram na versão "Double Pack", ou seja, duas figuras em uma (ex. Kazar e Zabu), essa também poderia ter sido idealizada desta forma. Porém isso não tira a excelência da figura.

Bom amigos, despeço-me deixando uma foto deste grupo que gosto muito e que para mim foi uma genuína banca folk. 

The Sons of the Pioneers

23 comentários:

  1. Comprei essa há semanas, na banca. Adorei, sobretudo, o detalhe da corrente. Foi bem detalhada. Bem elaborada. Dei uma conferida no vídeo. Bacana demais. Mas confesso que nunca foi grande fã do personagem, nos gibis. E, no cinema, que grande maçada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Kleiton...

      Realmente a miniatura agradou a todos. Mesmo àqueles que não são tão fãs como vc. O personagem não é ruim, aliás não existem pesonagens ruins, existem escritores ruins. Mas no caso do Motoqueiro existe acima de tudo um grande desperdício nas HQs, ou seja, uma premissa ótima, um personagem emblemático e possibilidades quase infinitas de boas histórias. Tudo isso porém ficou diluido em uma mitologia complexa e com muitos furos na minha opinião. Vamos agora que o personagem voltou para o Marvel Studios o que eles vão preparar para ele nos cinemas!

      Legal que vc gostou do vídeo. Eu gosto bastante desta música.

      Abcs.

      Marcelo.

      Excluir
    2. Realmente, O MF merece ao menos um grande arco de histórias. Até hj, nada de nenhum grande escritor para lhe retirar do "limbo" das más tramas.

      Excluir
    3. Concordo Kleiton... Um grande escritor deveria assumir mesmo o Motoqueiro. Penso que seria épico.

      Boa colocação a sua: "retirar o personagem do "limbo" das más tramas". Muito bem colocado!

      Abc.

      Excluir
  2. Essa peça é magnífica mesmo.... uma das minhas TOP 3 de preferidas da coleção até agora!!!

    o detalhe da corrente ser de verdade foi um surpresa pra mim (eu não sabia q era assim)...

    desconfio tbm q a corrente do "Homem-Absorvente" (nº 88) tbm seja de verdade!!!

    Abs!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade Leo...

      Uma das mais legais. Pra vc ver, às vezes um pequeno detalhe faz toda a diferença. Vou ficar esperto com o Homem-Absorvente para detectar esse detalhe!

      Abção Leo!

      Marcelo.

      Excluir
  3. Oi Marcelo, que belas fotos e matéria completa. Como estou na "repescagem",rs das MIniaturas Marvel, ainda estou no nº3 Dr. Octopus, mas, agora com gostinho especial em acompanhar essa postagem, vivendo a expectativa do avanço na coleção.

    Essas miniaturas são preciosidades mesmo, ricas em detalhes. Outro fator importante, é a busca pelo conhecimento de cada personagem, a pesquisa, e a trajetória do mesmo dentro do universo Marvel.

    A gente sempre aprende mais do personagem, acompanhando seus textos, observando bem os detalhes do personagem, e curtindo a coleção. Maravilha...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí Paulo? Blz?

      Realmente é uma expectativa para ir recebendo as peças. Sempre tem muita alegria por aqui quando alguma chega! O Dr. Octopus é uma bela peça também. Quando eu a recebi pude perceber que a coleção realmente seria de um ótimo nível, pois pude perceber detalhes anatômicos muito interessantes na peça, tais como, a "barriguinha dele", a pintura do avental verde bem as ondulações deste avental, dando aquela impressão dos antigos aventais de borracha dos vilões dos anos 60/70. Os tentáculos também são um diferencial.

      Quanto a possibilidade de se inteirar mais sobre a mitologia de cada personagem eu concordo com vc, para mim as revistas são uma preciosidade.

      Valeu pelo comentário Paulo!

      Gde. Abc.

      Marcelo.

      Excluir
  4. Beleza de matéria mais uma vez Marcelo, pois sem sombra de dúvida, o Motoqueiro Fantasma está na minha preferência entre as 5 miniaturas mais bonitas até agora. Concordo com vc quando diz que não existe personagens ruins e sim seus respectivos escritores. Abraços e continue firme e forte.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Marcílio! Valeu mesmo.

      Acho que o Motoqueiro Fantasma tem sido uma unanimidade em relação à aceitação pelo público.

      Realmente escritores ruins fazem muitas vezes um grande estrago. Mas para vc ver... Ao olharmos o Motoca na sua essência a gente tem uma ideia do seu potencial.

      Gde. Abc. Marcilio!

      Marcelo.

      Excluir
    2. Marcilio...

      Vc tem e-mail? Mande ele pra eu cadastrar ele na minha caixa de e-mails.

      Abc.

      Marcelo

      Excluir
  5. OI, Marcelo! Que bom que você continua a nos presentear com sua coleção, e agora é a vez do Motoqueiro Fantasma... tenho pouquíssimo material dele: pra falar a verdade, tenho uma revista de R$ 1,99 com ele e aquele especial MARVEL TERROR 5 onde acaba aparecendo na trama, pois estava em busca de Alejandra para retirar-lhe Zarathos. Mas eu me considero felizão por ter esse material na minha mão. Quero um dia ter esse "Estrada para Danação", mas como não sou um colecionador nato, vou esperar a oportunidade de encontrar essa obra por um preço bom. Se você tiver uma dica, me dê... rsrsr...

    Cuide bem dessa estatueta! Sei que nem preciso falar isso, mas é que estou movido pela emoção.

    Abraços.

    Fabiano Caldeira.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fabiano!! Valeu pelo comentário!

      Olha... O personagem é bem interessante em minha opinião. Lembro-me de certa vez vc comentar lá no "Socializando" que havia gostado desta edição de Marvel Terror.

      Fico contente quando você posta suas impressões sobre as histórias de super-heróis. Digo isso não apenas porque em geral são impressões positivas de sua parte, mas porque você é alguém que lê essas histórias destituído de certos preconceitos que nós, leitores de heróis de longa data, temos. Dessa forma vc nos trás uma visão livre desses preconceitos que com o tempo a gente vai criando. Ou seja, nos permite voltar a enxergar coisas simples e legais que com o tempo a gente vai deixando de lado por conta de muitas análises e discussões técnicas.

      "Estrada para Danação" realmente vc precisa ler um dia. Gostei muito. É uma histórias que conseguiu pegar um pouco desta essência do Motoqueiro Fantasma que comento aqui nessa postagem.

      Pode deixar que vou cuidar bem da miniatura. rs rs

      Abção!

      Marcelo.

      Excluir
  6. "...mas porque você é alguém que lê essas histórias destituído de certos preconceitos que nós, leitores de heróis de longa data, temos."


    Confesso pra você que me sinto pagando um mico danado cada vez que me atrevo a comentar sobre super-heróis porque eu quase nada sei desse universo. Mas que bom que agrado alguém com meus textos. rsrsrs...

    Eu gostei mesmo de MARVEL TERROR, porque a história tem um desenvolvimento onde vemos bastante personagens, não são sempre aqueles mesmos. Para mim, foi como se tivesse vendo um filme com os protagonistas, coadjuvantes e vários outros personagens que só serviram mesmo para um determinado momento.

    Adorei tua estatueta do Motoqueiro. É um prazer repetir. É uma pena que não tenha a Alejandra para fazer o par com ele.


    Abraços. Fabiano Caldeira.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que eu disse é verdade Fabiano...

      Teve uma matéria que você fez, sobre umas revistas do Homem-Aranha, em que você comentava coisas simples e sinceras. Depois daquilo comecei a refletir e pensei: "Poxa... Porque não ter um olhar assim sobre as histórias? Um olhar mais simples e destituído de critérios puramente técnicos e acadêmicos".

      Daí comecei a refletir que precisamos ser sinceros o suficiente e dizer que gostamos de certas coisas, ainda que a maioria diga que não é bom. A Marvel Terror que você cita eu acho que não li. Lembro que li uma Marvel Terror sobre o Motoqueiro Fantasma e não gostei muito. Mas creio que não foi a mesma que vc leu.

      Quanto a Alejandra eu concordo. Confesso que ver aquela cabeça flamejante dela associado à um corpo feminino fez um contraste bastante atrativo! rs rs

      Abcs!

      Marcelo.

      Excluir
  7. Oi Marcelo tenho sim, segue abaixo o e-mail ok.

    marcarcoverde@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Beleza Marcilio...

      Já anotei!

      Abc.

      Marcelo.

      Excluir
  8. dando uma varrida na net encontrei algo que mi chamo muita atençao, Quem tem vontade de se comunicar com os mortor?ou tem coragem? é o ideal para colecionador, Muito sinistro para
    aquelis amantis das
    artes do sobrenatural,
    da uma olhada ai se
    tiver coragem este é
    o link, http://
    produto.mercadolivre
    .com.br/
    MLB-499357191-
    raro-tabuleiro-ouija-
    unico-em-todo-
    mundo-frete-gratis-
    _JM

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já ouvi falar disso em filmes.

      Abc!

      Marcelo.

      Excluir
  9. Essa é uma das figurines que estou bem ansioso em receber. Mas ainda vou aguardar bastante, haja vista que somente a terei em casa através da assinatura, e como fiz recentemente, e recebi apenas três lotes (os brindes, as Edições 2 e 3 e as Edições 4 e 5) vou penar um pouco na ansiedade, kkkkkkk.
    Já planejo até mesmo colocá-la junto a uma miniatura de moto. Acho que ficará bem legal.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Legal Augusto...

      Olha... Essa Miniatura me surpreendeu mesmo. O detalhe da corrente por exemplo foi Show! Valerá a pena vc esperar. Depois que vc receber tire uma foto dela com a moto e poste lá face!! Ficará legal!!

      Mas uma coisa é certa. Cada vez que revisito alguma miniatura eu vejo uma coisa nova.

      Gde. Abc. Augusto!!

      Marcelo.

      Excluir
  10. E possível fazer copia destas miniaturas em resina?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi amigo!

      Blz!? Cara... Olha... Não tenho certeza, porém acredito que é possível sim. No Facebook sou amigo de um cara que atende pelo nome de "Bonecos de Resina". Ele confecciona peças em resina muito bem feitas e acho que ele saberia te responder com mais propriedade. Caso queira o Facebook dele é só entrar no meu e acha-lo entre meus amigos.

      Blz!?

      Abção!

      Marcelo

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts Relacionados