domingo, 8 de novembro de 2015

Miniatura Marvel Nº 49 - Mercenário

Miniatura Marvel Nº 49 - Mercenário

Olá amigos... Escrever sobre o Mercenário é falar de assassinato, insanidade, obsessão e violência. Tudo isso emoldurado por um "dom", uma habilidade motora incrível traduzida sob a forma de transformar quaisquer objetos (por mais inócuos e corriqueiros que sejam) em armas mortais. Clipes de papel, cartas de baralho, sementes de uma fruta... ou seja, os mais heteróclitos objetos podem se tornar em algo letal. Poderíamos até dizer que o "super-poder" do Mercenário seria encontrar a letalidade presente em tudo que existe. Hoje falaremos de sua miniatura na Coleção de Miniaturas Marvel Eaglemoss e de um pouco de sua história.

Miniatura Marvel Nº 49 - Mercenário

A miniatura do vilão é relativamente simples e traz o personagem em seu uniforme tradicional com o "alvo" na testa. O detalhe branco que circunda seu pescoço simula também um "alvo" visto de cima, em que sua cabeça seria seu centro. Todo o traje lembra um pouco o uniforme de outro personagem famoso, Nick Fury (o Nick clássico). A presença de um cinto com diversas algibeiras denota a ideia de compartimentos com diversos objetos disponíveis para serem lançados. As fitas, ou detalhes circulares ao redor dos punhos e parte inferior das pernas também mimetizam, penso eu, a ideia de círculos concêntricos lembrando alvos.

Miniatura Marvel Nº 49 - Mercenário

Os dois elementos presentes nas suas mãos parecem que são adagas. Digo "parecem" porque sua modelagem não ficou tão adequada. Olhando-os de perto é possível apenas fazer uma associação distante com facas ou adagas. Isso poderia ter ficado mais definido na peça. A face do personagem está relativamente bem modelada. É possível observar o sorriso maquiavélico do vilão, e imagino que isso deva ser algo difícil de se conseguir em se tratando de uma peça desta escala. Ou seja, conseguir imprimir uma emoção ou sentimento na face de algo inanimado e pequeno como o é uma peça deste tamanho.

Miniatura Marvel Nº 49 - Mercenário

É difícil saber ao certo a origem do Mercenário. A história contada por ele é questionada por todos já que ele mesmo já a contradisse em algumas vezes. O pouco se sabe é que, abandonado pela mãe ele teria sido criado pelo violento pai, e que, além disso passava muito tempo praticando arquearia. Ao ser proibido de continuar tal hobby ele teria se aproveitado de um estado de estupor alcoólico do pai e simplesmente pintado um alvo em sua dele, colocado um revólver em sua mão e forçado seu dedo a puxar o gatilho. O que sabemos é apenas isso. O personagem contou isso durante uma batalha com a letal Elektra, talvez para confundi-la durante o combate. Criado por Marv Wolfman e John Romita, o Mercenário apareceu pela primeira vez na revista Daredevil de março de 1976.

Miniatura Marvel Nº 49 - Mercenário

O nome do Mercenário é Lester (embora mesmo essa informação seja passível de questionamento). Em sua primeira aparição ele já teria um combate com aquele que seria sua grande nêmese: o Demolidor. A história destes dois personagens ficariam eternamente entrelaçadas e o Mercenário viveria sua vida fixado em matar o Homem Sem Medo, talvez por ele ter conseguido derrota-lo várias vezes. Na mente psicótica de Lester, esse fato possivelmente desencadeou toda uma cadeia de pensamentos obsessivos na direção do Demônio de Hell´s Kitchen. O Mercenário foi tão fundo nesta obsessão que chegaria a matar dois dos mais queridos amores de Matt Murdock, Karen Page e Elektra.

Miniatura Marvel Nº 49 - Mercenário

Apesar de ter feito tão mal ao Demolidor, o Mercenário também foi derrotado de várias e violentas maneiras por ele. Em uma delas ele foi atirado de uma grande altura tendo fraturado diversos ossos e ficado praticamente tetraplégico. Essa história resultaria em uma associação entre o Mercenário e um samurai ex-piloto camicaze japonês chamado Vento Negro. Lester foi curado e restaurado por Vento Negro para que servisse como seu assassino pessoal em um plano de vingança contra os Estador Unidos. Neste processo Lester teve, inclusive seu corpo revestido com Adamantium (o mesmo metal presente nos ossos de Wolverine).

Miniatura Marvel Nº 49 - Mercenário

Apesar de aprimorado e restaurado, nada havia mudado na mente do Mercenário quanto à sua obsessão em relação ao Demolidor. No entanto, o desfecho de suas investidas, por mais letais que fossem para o Homem Sem Medo e àqueles à sua volta, ele sempre foi derrotado, sendo que duas derrotas em específico poderiam ser mencionadas aqui. A 1ª em que o Demolidor o atira por uma janela e o espanca brutalmente, desenhando por fim em sua testa (com uma pedra) alguns círculos na própria carne do Mercenário. Um círculo para cada perda que o vilão infligiu ao Demolidor. A 2ª memorável derrota foi quando o Mercenário (em sua insanidade, só pode!!!) decidiu enfrentar sozinho o Demolidor, Viúva Negra e Elektra (já ressuscitada por ninjas assassinos) juntos. Assim, ele serviu de saco de pancadas (literalmente) aos 03.

Miniatura Marvel Nº 49 - Mercenário

O Mercenário é, sem dúvida nenhuma, a expressão máxima de uma mente desequilibrada, psicótica, inteligente e letal. Sem remorso algum ele é capaz de matar uma mãe inocente ao lado do seu bebê simplesmente porque ele pode fazê-lo. Isso dá ideia do tipo de vilão essencialmente mal e irredimível que ele é. Bom amigos... é isso aí!! Grande abraço à todos!

4 comentários:

  1. Marcelo tenho esse também e sempre gostei muito do Mercenário, principalmente na fase do Miller onde teve combates memoráveis com o Demolidor, mostrando todo o seu lado doentio. Outra coisa vc já verificou se existe aí por SP o número 01 da Coleção Graphic Novels DC? Abraços amigo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Marcílio!

      Blz!?

      Então... Taí um personagem que eu considero realmente vilão. Um verdadeiro psicopata. A fase do Miller eleva o caráter assassino do cara à centésima potencia.

      Sobre o número 01 da coleção da DC eu enviei um e-mail para você perguntando sobre se você ainda mantinha interesse (é que fiquei uma semana meio fora do ar por causa do trabalho). Mas lendo seu comentário aqui já percebi que mantém o interesse... rs rs

      Portanto, assim que eu passar por uma livraria cultura eu compro para você.

      Grande abraço!

      Marcelo.

      Excluir
  2. Olá, Marcelo. Você tem ou conhece alguém que tenha contato interno com a Eaglemoss para saber que eles vão devolver todo o lote defeituoso do Kilowog? Não consigo ter esse informação pelos canais normais. Dão sempre respostas evasivas e do tipo "Desculpem o incômodo" (que raios isso quer dizer...sim, não, talvez?)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Maurício...

      Tudo bem!?!?

      Puxa amigo! Não sabia que o Kilowog estava vindo defeituoso! Você sabe me dizer com que tipo de defeito ele tem vindo?

      Infelizmente não tenho contato... Eu tenho um amigo que até conseguia trazer alguma coisa lá de dentro, porém ocorreram mudanças internas na gestão e realmente depois disso ficou mais difícil ainda!

      Quando puder me diga que defeito foi esse. É sempre bom ficar por dentro disto para compartilhar.

      Grande abraço

      Marcelo

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts Relacionados