domingo, 27 de julho de 2014

Miniatura DC Nº 10 - Lex Luthor

Miniatura DC Nº 10 - Lex Luthor

Como um verdadeiro Imperador moderno, um Faraó das Megacorporações, Lex Luthor é um dos mais icônicos personagens do Universo DC ao servir de arqui-inimigo para um dos maiores heróis de todos os tempos dentro da 9ª Arte: O Superman. Apesar de ser um humano comum, Luthor já mostrou várias vezes o quão letal pode ser seu intelecto e irracionalidade. Retratado sempre a partir de motivações egoístas e narcisistas, esse grande vilão dos quadrinhos deixou seu ego crescer a tal ponto de não tolerar ser o 2º homem mais poderoso do mundo. Isso, associado a outros traumas, tornou Luthor um oponente incrível ao longo dos anos. Hoje veremos a peça que o representa dentro da Coleção de Miniaturas de Metal da DC, bem como algumas características-chave deste famoso personagem.

Miniatura DC Nº 10 - Lex Luthor

Particularmente não gostei do personagem ter sido apresentado usando essa armadura. Isso porque a essência do vilão está ligada muito mais ao mundo dos negócios e à suas artimanhas corporativas do que à suas incursões pelo mundo dos super-poderes. Essa armadura foi vestida por Luthor durante uma Saga na qual o vilão, então Presidente dos EUA, precisou lidar diretamente com o Supeman. No entanto, a representação que mais definiria o personagem não seria essa advinda apenas de uma história ou fase (por mais importante que ela seja), mas sim aquela dentro da qual o vilão ficou mais conhecido, ou seja, vestindo um caro e elegante terno. Essa indumentária vista aqui nas fotos pode passar para os fãs mais novos a falsa impressão de que o vilão usa com frequência esse expediente tecnológico em si para lidar com o Homem de Aço, o que não é verdade, pois na maioria das vezes o poder de Luthor está no seu intelecto que, à distância, sempre acaba forjando inimigos potenciais para lutar contra o Superman.

Miniatura DC Nº 10 - Lex Luthor

Essa armadura pode ser vista também na animação "Inimigos Públicos", uma adaptação do arco de histórias citado acima. Caso esqueçamos esse detalhe negativo que comento acima, podemos dizer que a peça tem peso e é robusta, retratando um Luthor poderoso em sua armadura. O traje é reforçado, sobretudo na região do peitoral, dorso, virilha, mãos e pernas. Isso pode explicar o peso ligeiramente maior da peça em relação às demais já lançadas até aqui. As várias facetas desta armadura, que possui reentrâncias interessantes, torna o exame da peça um exercício prazeroso, já que, a cada hora, um olhar mais preciso nos permite descobrir um novo aspecto do traje. A face do personagem é desnuda e, apesar disso, é bem modelada. Algo que em geral não encontramos nas miniaturas que retratam heróis ou vilões com o rosto sem máscaras.

Miniatura DC Nº 10 - Lex Luthor

A gênese do vilão dentro da mitologia do último filho de Krypton é antiga. Sua 1ª aparição ocorreu na Revista Action Comics Nº 23 de abril de 1940 e seus criadores são ninguém menos que a dupla Jerry Siegel e Joe Shuster (!!). Ou seja, melhor pedigree que esse é impossível (!!). Sua mitologia sofreu modificações ao longo do tempo, mas é consenso o fato de que o jovem Luthor foi filho de uma magnata corrupto que lhe dava muito pouca atenção. Assim, o pequeno Lex cresceria sem referências morais, amorosas e éticas. A infância e juventude de Luthor foi vivida na mesma pequena cidade de Clark Kent (Smallville) e é aceito que Clark e Lex teriam sido amigos durante esse período, porém o gênio irascível do vilão o teria separado da convivência com o alterego do Superman.

Miniatura DC Nº 10 - Lex Luthor

A amizade entre Kent e Luthor ainda jovens foi explorada no seriado de TV Smallville e rendeu boas cenas. Histórias como essa, em que arqui-inimigos gozaram de uma grande amizade no passado, são em geral muito boas. Podemos, por exemplo citar a possível amizade pregressa existente entre o Moisés Bíblico e seu grande inimigo o Faraó. A amizade de infância existente entre o judeu Judah Ben-Hur e o Comandante Romano Messala no antológico filme Ben-Hur. Aliás, duas histórias que dentro em breve receberão remake. Esse recurso em geral confere dramaticidade e autenticidade ao antagonismo entre o herói e o vilão. Até onde sabemos, as memórias de Lex Luthor referentes ao seu tempo em Smallville foram reprimidas e ele guarda quase nenhuma lembrança desse período. Em minha opinião essa antiga relação entre ele e Clark Kent ainda poderia ser melhor explorada. Mesmo porque, ao que nos é dado a entender, Superman já sentiu muitas vezes compaixão por Luthor ao contemplar o lar disfuncional do qual o vilão é fruto.

Miniatura DC Nº 10 - Lex Luthor

O ódio de Lex pelo Superman também pode, e deve, ser fruto de análise e especulação. Em geral a explicação dada para esse ódio mortal é a de que o aparecimento de Superman teria lançado a figura pública e a influência de Luthor ao 2º plano social e político. Esse fato teria atiçado a primeira chama de ódio, usando como fio condutor a inveja e narcisismo de Lex. Outro veículo do ódio de Luthor teria sido sua visão distorcida a respeito do Superman. Na mente do vilão o fato do Homem de Aço ser alienígena é fato suficiente para levantar suspeitas quanto às suas verdadeiras intenções. Essa distorção (compartilhada aliás por muitas pessoas) faria de Luthor um personagem mais complexo, já que o combustível para esse ódio seria uma preocupação com seu próprio planeta natal, a Terra.

Miniatura DC Nº 10 - Lex Luthor

Há ainda (em minha opinião) outra hipótese nunca trabalhada nos quadrinhos que é a ideia de que, antes do aparecimento do Superman, Luthor já havia galgado o máximo de sua ambições. Um homem que vivia a frívola e vazia vida de alguém sem desafios, metas, objetivos e propósitos. Nesse contexto Superman apareceria como alguém com envergadura moral e poderes suficientes para ser visto como desafio a altura do intelecto pessoal de Luthor. Assim, a mente do vilão encontraria uma razão de viver. Expediente semelhante já foi levantado dentro da dinâmica relacional entre Batman e Coringa, ou seja, contrapartes que sobrevivem em uma bizarra simbiose, mas que no final confere uma razão de viver a cada um dos indivíduos.

Miniatura DC Nº 10 - Lex Luthor

Independente de qual dos 03 motivos levantados acima motive o Magnata de Metrópolis (talvez uma junção dos 03), o fato é que seu ódio pelo Homem de Krypton passou a defini-lo, a ponto de sua vida não ter mais valor fora do contexto de antagonismo com o Superman. Diante disso Lex Luthor é alguém muito perigoso e capaz de ir às últimas consequências para derrotar nêmese alienígena.

Bem amigos... Um grande abraço à todos!!

11 comentários:

  1. Muito boa sua review... Também não concordei muito com a escolha, pois o Luthor enfrenta o Superman sem precisar de armaduras... Mas de qualquer forma, existem as versões chess e o Luthor está lá de terno... Sabe-se lá quando (e se um dia) chegarão ao Brasil...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Hiroshi! Tudo bem, amigo?!

      Valeu mesmo pela presença e comentário. Fico contente que tenha gostado da matéria!!

      Conforme falei no post, acredito, tal qual você que a grande característica do Lex Luthor é sempre enfrentar o Superman com seu intelecto. Raras foram as vezes que ele partiu para o "mano a mano" com o Homem de Aço. Por isso não entendi essa representação do vilão assim. Sério mesmo!

      Essa versão do Lex de terno na coleção de xadrez eu ainda não conferi. Mas vou fazê-lo. Se essa coleção de xadrez da Marvel ou DC vierem para o Brasil aí é que teremos que decretar falência monetária e de espaço!! rs rs

      Grande Abraço!!

      Marcelo.

      Excluir
  2. Desculpa estar postando aqui, mas não sabia como entrar em contato com você.

    Estão a venda no site da eaglemoss as especiais do Sentinela, Apocalipse e do Destroyer.

    Abraço, curto muito seu blog!

    Esnaider

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa!! E aí Esnaider!?

      Blz amigo!?

      Puxa vida... Valeu mesmo pelo aviso!! Fui me dar conta disso apenas ontem à noite e hoje pela manhã já sai para trabalhar, porém consegui garantir os meus pela Loja Virtual da Eaglemoss!!

      Agradeço muito sua mensagem.

      Grande Abraço pra você amigo!

      Marcelo.

      Excluir
  3. Realmente Marcelo, Lex Luthor deve ser destacado pela sua habilidade intelectual e sagacidade quando enfrenta o Superman. Para ele, a inteligência, puramente humana, sempre será superior às habilidades alienígenas do herói. Essa armadura me lembra muito aquela coleção dos Super Powers, que saiu no fim da década de 80. Se não me engano, o boneco do Luthor usava exatamente essa armadura. Um abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Marcelo...

      Pois é... Acho que quando os executivos discutiram a indumentária de cada personagem nessa coleção, possivelmente esse arco de história em que o Luthor estava retratado assim estava em alta.

      Por isso que sou sempre a favor do personagem ser retratado em sua concepção original, ou então naquela concepção dentro da qual ele foi mais conhecido.

      Ex. No caso do Demolidor, por exemplo, não seria interessante lança-lo em sua concepção original com uniforme vermelho e amarelo, uma vez que ele não se consagrou usando esse uniforme, mas sim com o uniforme vermelho conhecido por todos (tal qual ele foi lançado nessa coleção mesmo).

      Sempre haverá um formato através do qual um determinado herói/vilão será sempre lembrado (pelo menos pela maioria). Acho que é nesse visual que uma coleção dessa (que se propõe a lançar personagens em seus conceitos clássicos) deveria se concentrar.

      Grande Abraço!!

      Marcelo.

      Excluir
  4. Concordo com boa parte do review, principalmente sobre a inteligência de Luthor ser sua característica mais marcante, tanto para a ciência (período pré crise) quanto para os negócios (reformulação pós crise). Mas a armadura escolhida para ser representada nesta miniatura está presente em outras histórias e mídias (desenho da Liga, jogos e na fase pós Novos 52) e não somente na fase citada.

    Gosto muito de ler seus reviews; são bem detalhados tanto no aspecto físico das miniaturas quanto na descrição dos personagens.

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa! E aí Francisco!? Tudo bem amigo!?

      Valeu mesmo por contribuir com essa informação sobre o aparecimento do Luthor com essa armadura em outras histórias e mídias. Isso com certeza deve ter justificado a escolha da modelagem da peça desta forma.

      Acho que como sou bastante "Retrô", acabo me atendo à características mais clássicas dos personagens mesmo (rs).

      Mas gostei muito de saber sobre a maior abrangência desta armadura.

      Agradeço também sua presença e fico contente que venha gostando das matérias.

      Grande Abraço!

      Marcelo.

      Excluir
  5. Olá de novo Marcelo!

    Dessa vez vim pra dizer que estou muito feliz, pois através do seu blog, em algum comentário que não relembro qual, soube que alguns colecionadores estavam tentando a sorte em sites estrangeiros para adquirir peças para as suas coleções, principalmente as especiais.

    Por que estou feliz? Por que resolvi arriscar a comprar no e-bay o DoomsDay, que considero um marco na história da DC (até por que ele rivalizou o Azulão, né?) e pra minha surpresa (ou não) não é que chegou direitinho?

    Demorou mais que o previsto no próprio site, precisamente 62 dias, mas valeu a pena pelo preço até por que o frete foi grátis. Chegou a sair mais em conta 30% do que a mesma miniatura vendida aqui no site da Eaglemoss no Brasil e uns 300% do que na mão dos importadores do ML.

    Fiquei tão feliz que quis compartilhar isso com você e os demais colecionadores que visitam teu blog, que diga-se de passagem, pra mim é o melhor quando se trata dessa coleção.

    Um abraço meu amigo e aguardo ansioso o próximo post, tão detalhado e com fotos tão legais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá amigo! Blz?

      Puxa! Que legal foi ler esse seu comentário compartilhando aqui sua boa experiência. Mas mais ainda, compartilhando sentimentos genuínos que apenas colecionadores tem. A felicidade de receber mais uma peça para sua coleção. Um sentimento que vem temperado pela espera e investimento de tempo de dinheiro.

      Fico contente também em saber que o Blog aqui ajudou em sua empreitada. Tento fazer tudo por aqui com sinceridade e cuidado para agregar o mais importante de tudo, que são pessoas.

      Eu tenho essa miniatura do DoomsDay e ela não decepciona mesmo. Tem até um post no qual postei uma foto da minha peça. Não sei se você viu essa matéria. Caso não tenha visto coloco o link abaixo para você. Nessa matéria (abaixo) as fotos da peça estão mais abaixo.

      http://marcelo-antologias.blogspot.com.br/2013/07/miniaturas-dc-brindes.html

      Espero sempre contar com sua presença por aqui!! Sempre que quiser compartilhe suas experiências, dúvidas, sugestões e pontos de vista.

      Um grande abraço!!

      Marcelo.

      Excluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts Relacionados