domingo, 30 de agosto de 2015

Miniatura Marvel Nº 48 - Visão

Miniatura Marvel Nº 48 - Visão

Olá amigos... Hoje veremos a miniatura de um personagem que em minha opinião sintetiza de forma perfeita os Vingadores Clássicos: O Visão. Um "sintozóide" (um ser robótico com sensações, personalidade e memórias humanas), que conseguiu conquistar um lugar sólido no panteão da Marvel. Sua natureza complexa trouxe para dentro das HQs a interessante discussão sobre o que define o "ser-humano". Talvez isto explique o fascínio que o personagem exerce sobre todos nós. Discutiremos aqui as características de sua miniatura, bem como alguns aspectos de sua complexa origem.

Miniatura Marvel Nº 48 - Visão

A peça que representa o robótico herói traz, em cores vivas, o tradicional uniforme com sua longa capa com a gola marcante emoldurando a cabeça. Feições do rosto e anatomia estão adequadas em minha opinião. A postura adotada pelo personagem confere um "ar" de ordenança, como que a avisar alguém para interromper qualquer tipo de atividade que esteja fazendo. Esta postura é também similar àquela adotada pelo herói quando da sua 1ª aparição na capa de Avengers Nº 57, de Outubro de 1968. Pequenos detalhes da pintura poderiam ter sido melhor ajustados, como por exemplo os limites das partes em amarelo e verde. Por vezes é possível perceber pequenas invasões na pintura de uma cor sobre a outra. Esse erro pode também ser visto na região anterior do "Shorts", mais especificamente na virilha do personagem.

Miniatura Marvel Nº 48 - Visão

Um ponto positivo que pode muito bem ser visto nestas fotos é a leveza com que a capa foi moldelada. É possível, inclusive perceber uma sensação de movimento do manto para a direta, o que pode ser interpretado de duas formas: 1) - como se um vento tivesse soprando da esquerda para a direita; e 2) - como se o herói estivesse se movimentado e, de repente resolvesse parar subitamente, trazendo um movimento inercial para sua capa. Para mim este é um ponto alto da figura.

Miniatura Marvel Nº 48 - Visão

O Visão foi criado em 1968 por Roy Thomas e John Buscema, e ao analisarmos a concepção artística do personagem é interessante perceber que seus criadores conseguiram sintetizar perfeitamente em sua figura o conceito do "homem-robô" ao conceber sua cabeça com orelhas (em formato de Headphones) e cabelos cobertos por um tecido que deixa apenas uma face fria e vermelha exposta. A joia incrustada na testa permite a lembrança de algo espiritual, à semelhança dos povos hindus que costumeiramente se utilizam de joias nesse local. Falar da origem do personagem é se aventurar por um terreno complexo. Constantes reviravoltas nos eventos relacionados à sua origem sempre trouxeram sombras ao seu passado. Por isso explanarei rapidamente os fatos que, como peças de quebra-cabeça, oferecem apenas uma pista de quem é o Visão.

Miniatura Marvel Nº 48 - Visão

O Visão teria sido criado pelo vilão Ultron-5 para ser um sintozóide com padrões mentais de um outro vilão que havia morrido como um herói: Magnum. A criação do Visão atendia à um único propósito: ser usado como um Cavalo-de-Troia ao ser infiltrado no coração dos Vingadores para destruí-los. No entanto, logo após sua criação o Visão conseguiria escapar do controle de Ultron e se voltaria contra seu criador, auxiliando os Vingadores na destruição do vilão. Logo os Vingadores perceberiam que o Visão era um ser especial, pois ao ser convidado para integrar a equipe o herói verteria uma lágrima de gratidão. Algo muito estranho para um ser sintético.

Miniatura Marvel Nº 48 - Visão

Após diversas batalhas ao lado da equipe, o Visão se sacrificaria durante a Guerra Kree-Skrull para ajudar seus amigos. Para tentar reativa-lo, Hank Pym (o Homem-Formiga original) empreende uma viagem ao seu interior e descobre que o androide tinha algo realmente especial. Em seu interior Pym identifica que Visão era uma reformulação do Tocha-Humana Original (da Era de Ouro), um androide criado pelo gênio Phineas T. Horton em 1930. Na verdade Ultron teria adquirido o corpo inerte do Tocha Original e com a ajuda de um acuado Phineas reconfigurado o Tocha com os padrões cerebrais de Magnum, criando assim o Visão. De repente, o sintozóide sem um passado definido possuía um incrível histórico heroico. Sabedor dos eventos que envolviam sua criação, o Visão podia então seguir em frente e isso significava fortalecer os laços de afeto entre ele e a Feiticeira Escarlate, resultando na união matrimonial dos dois.

Miniatura Marvel Nº 48 - Visão

Tudo pareceu complicar de novo quando Magnum (Simon Williams), o homem (supostamente morto) em que Ultron havia se baseado para atribuir os padrões mentais ao Visão aparece vivo. Essa "sinuca" foi resolvida (ou talvez não) com a percepção do Visão de que tinha os padrões mentais de Magnum, porém baseava seu corpo na tecnologia do Tocha Original. O retorno de Magnum de certo modo não abalava isso. Outro fato que complicaria a origem do Visão foi o retorno do Tocha Original. Desta vez o problema era grande. A explicação veio através da descoberta de que Immortus (um viajante do Tempo) havia divergido as linhas temporais com o objetivo de criar uma duplicata temporal do Tocha Original, e foi então esta duplicata que se tornou o Visão. Ou seja, nada mudava de novo, o Visão continuava sendo uma criação de Ultron usando os restos do corpo do Tocha Original com os padrões mentais de Magnum.

Miniatura Marvel Nº 48 - Visão

Os poderes do Visão incluem a alteração de sua densidade corporal, deixando-o tão duro quanto uma rocha ou tão etéreo quanto o ar. Usando essa habilidade ele consegue voar e, além disso possui força, durabilidade, reflexos e velocidade sobre-humanas. Suas células são carregadas constantemente pela energia solar e por isso ele pode emitir rajadas de calor pelos olhos.

O Visão é um personagem que esteve ausente das HQs durante um bom tempo ao ser despedaçado por uma ensandecida Mulher-Hulk durante os eventos do arco "A Queda", que narra a dissolução dos Vingadores. Religado por Tony Stark, ele está novamente presente e atuante no Universo Marvel, e agora com um impulso adicional ao aparecer no filme "Vingadores: A Era de Ultron". O Visão é para mim um personagem muito querido e que nos lembra constantemente o quanto poderíamos ser melhores como seres humanos.

É isso aí amigos! Grande abraço!

4 comentários:

  1. Boa tarde amigo,

    Há tempo que não passo por aqui, mas sempre estou de olho no facebook vendo as notícias e na confraria.
    Tenho ido com menos frequência há SP. acabo ficando muito no interior do estado ou em MG.
    Assim que puder quero passar para tomar um café com você.

    Falando da miniatura, na verdade eu conheci o Visão graças a coleção SALVAT que em breve acabará (graças a Deus) não estou mais vencendo com tantas coleções (opa, mas não acabará antes do lançamento da coleção DC em outubro..)

    Eu esperava um pouquinho mais de imponência. "Sempre" pensei no visão como o John Marciano da DC.. e achei que eles acertaram a mão nessa figura. Portanto quando comprei o meu Visão achei ele meio murchinho.. e com esses problemas na pintura.. sem áreas de delimitação. Notei na banca que a maioria das pontas dos dedos deles vinham descascadas, pois se chocavam com o plástico protetor.
    Como não conheço muito o personagem, não consegui pensar em nenhuma pose diferente. Apesar disso ele ficou bem bonito ao lado da Feiticeira Escarlate. hehehe

    Muito bom ter a chance de deixar essa mensagem! Forte abraço


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Denis!! Quanto tempo amigo!!

      Fico feliz, no entanto em saber que, apesar de não nos falarmos com frequência, você está sempre passando por aqui.

      Outro dia mesmo estava me perguntando se você não tinha mais vindo à São Paulo. Avise mesmo quando vier para tomarmos um café. Há muitas coisas para nos atualizarmos e trocarmos figurinhas.

      Sobre a miniatura do Visão ela não é perfeita mesmo. Mas acho que tira uma nota em torno de 8,0 em minha opinião, por conta destes probleminhas que você mesmo escreve acima. Conheci o personagem ainda na fase clássica dos Vingadores. Acho que sempre gostei dele por ele ser destituído de segundas intenções. Não havia nele uma segunda ou terceira intenção por trás de seus atos. E, nesse sentido, ele me parecia mais sincero e modelo de herói.

      Acho que algo que poderia ser mais explorado em sua mitologia talvez fosse os limites entre homem e máquina, ou sobre o que realmente nos faz humanos.

      Valeu pela presença Denis!!

      Um grande abraço pra você.

      Marcelo.

      Excluir
  2. Grande Marcelo! Parabéns por mais esse post. Realmente o Visão é o símbolo dos Vingadores dos anos 70, quando Roy Thomas capitaneava a publicação. Sempre que o vejo me lembro daqueles bonecos de plástico da Gulliver. Olha a evolução que alcançamos com essas figuras de agora! Algo impensável na época de minha infância. Um abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Marcelo!!

      Blz!? Realmente concordo com você. O Visão é para mim esse símbolo de uma Era dos Vingadores. Como escrevi acima ao amigo Denis, a sinceridade do personagem e a ausência de segundas intenções em suas ações sempre foram para mim o ponto alto do personagem que, muitas vezes, parecia estar muito mais próximo do ideal do ser humano do que muitos outros Vingadores.

      Quando olho essa evolução que você menciona eu fico de boa aberta mesmo. Nós que vivemos uma época em que muito pouco chegava aqui pra gente podemos dizer que estamos em uma fase incrível.

      Grande abraço!

      Marcelo.

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts Relacionados