domingo, 17 de dezembro de 2017

Miniatura Marvel Nº 57 - Mystério

Miniatura Marvel Nº 57 - Mystério

Mystério é um criminoso pertencente a vasta galeria de vilões do Homem-Aranha. Sua passagem pelos títulos do Cabeça de Teia começou cedo, estreando em junho de 1964 em Amazing Spider-Man 13. Para mim, Mystério sempre foi um vilão obscuro e, realmente, misterioso. Diferentemente de outros inimigos do Teioso, tais como Duende Verde, Venom, Dr. Octopus, Lagarto, Homem-Areia, entre outros, Mystério nunca alcançou um status que exigisse um maior aprofundamento sobre suas origens, motivações e características. Talvez justamente por isso sua figura tenha ganho (pelo menos para mim) esta aura enigmática. Tive que me debruçar um pouco mais sobre sua trajetória para escrever sobre o personagem, e o resultado você acompanhará aqui nesta matéria, na qual abordaremos sua peça dentro da Coleção de Miniaturas Marvel da Eaglemoss bem como sua obscura origem.

Miniatura Marvel Nº 57 - Mystério

Para muitos, o visual do vilão parece espalhafatoso e fora da realidade, mas eu não vejo assim. Primeiro precisamos contextualizar sua criação para o início da década de 60, uma época em que não se tinha a incômoda necessidade que se tem hoje de tornar tudo dentro dos quadrinhos crível e próximo de nosso mundo real (o que faz com que muitos fãs passem a rejeitar o visual original de muitos dos seus personagens preferidos). Segundo, se conseguirmos realmente nos desprender deste sentimento de tentar atrelar tudo à realidade à nossa volta, perceberemos que o visual de Mystério é sim amedrontador. O fato dele esconder sua cabeça dentro de um simulacro de "bola de cristal", é algo que sempre me fez cogitar se ele era um ser de carne e osso, ou simplesmente a materialização de algo espiritual que vivia dentro do globo (ou aquário como alguns fãs mais recentes querem chamar para denegri-lo).

Miniatura Marvel Nº 57 - Mystério

As origens de Mystério estão intimamente ligadas à teatralidade do ilusionismo, por isso a capa roxa, os braceletes imitando uma figura com poderes arcanos e mesmo o globo escondendo a cabeça. Esta indumentária nos arremete às antigas representações de mágicos, cartomantes ou necromantes existentes na literatura. Tudo isto, é claro, influenciado pela estética marcante e vibrante dos anos 60, daí a composição inusitada do visual. Caso o olhemos com os olhos corretos e contextualizados, veremos que sua figura evoca distantes imagens esquecidas em nossa mente sobre mágicos, símbolos arcanos e ilusões. Particularmente gostei muito desta peça. Primeiro por preservar todas as características originais da roupa de Mystério e, segundo porque me pareceu bem modelada e com pontos interessantes. A capa possui aquela consistência de um tecido pesado (algo semelhante à um manto real, e não simplesmente uma capa). Suas ondulações realmente passam a ideia de que se trata de um tecido de maior espessura.

Miniatura Marvel Nº 57 - Mystério

Os braceletes aparecem em tons dourados à semelhança das botas e presilhas que seguram o manto na altura das clavículas. A roupa principal é, no entanto um macacão "verde musgo" que cobre todo o corpo do vilão, escondendo qualquer traço de pele, o que reforçaria a ideia de um ser incorpóreo. Por fim, mas não menos importante, temos a postura do vilão, que aparece com uma discreta inclinação para o lado esquerdo (jogando seu peso corporal para a perna esquerda), a mão esquerda como que a convidar um desavisado espectador para o início de um espetáculo, enquanto a mão direita segura a capa à altura do ombro naquele tradicional gesto teatral do mágico ou vampiro que anuncia seu desaparecimento dentro da própria capa. Todos estes critérios credenciam a peça como "satisfatória" no âmbito da coleção.

Miniatura Marvel Nº 57 - Mystério

Mas Mystério não é um ser incorpóreo ou espiritual, ele é um homem de carne e osso, com passado, personalidade intransigente e relativamente doentia, seu nome é Quentin Beck. Quentin foi um ex-dublê e especialista em efeitos especiais para a indústria cinematográfica. Apesar de ter alcançado fama e reconhecimento profissional, Quentin possuía uma combinação interessante de "Ego" e "Insegurança" que o forçou a querer mais. Mais reconhecimento, mais fama... Até que um colega sugeriu que ele deveria usar seus conhecimentos em causa própria emulando artificialmente as habilidades do Homem-Aranha. A ideia de Quentin era se passar pelo Amigão da Vizinhança cometendo crimes. A partir disso ele criaria uma 2ª identidade heroica que levaria o falso Aranha à justiça. Assim, seu personagem heroico ganharia fama, pois na época o Editor J. Jonah Jameson fazia férrea campanha no jornal Clarim Diário dizendo que o Homem-Aranha era um criminoso. O complexo e doentio raciocínio de Quentin não tinha como resistir às habilidades e esperteza do Homem-Aranha verdadeiro.

Miniatura Marvel Nº 57 - Mystério

Após ser derrotado pelo Aranha e preso, Quentin passaria a gestar um ódio pelo Escalador de Paredes. Quentin fora exposto diante do mundo do cinema como o criminoso que era, o que inviabilizava seu retorno à uma carreira normal no mundo do showbiz. Isso fez com que restasse apenas uma opção, ou seja, o aprofundamento em uma vida de crimes. Ao sair da prisão foram vários os combates entre Mystério e o Homem-Aranha. Houve inclusive uma fase em que o vilão atuou ao lado do Sexteto Sinistro (um bando de vilões que se uniu com a finalidade de acabar com o Aranha) à convite do Dr. Octopus. Os planos de Mystério sempre envolveram teatralidade e manipulação das percepções sensoriais de seu oponente. Talvez por isso sua periculosidade nunca tenha chegado a ser um grande problema para o Aranha, o que explicaria a certa obscuridade do vilão dentro da galeria de inimigos do Teioso.

Miniatura Marvel Nº 57 - Mystério

Apesar da relativa baixa periculosidade em se tratando se superpoderes, Mystério poderia compensar isso a partir de seus talentos como ilusionista e estrategista. Isso pôde ser comprovado quando Mystério conseguiu sobrepujar e vencer ninguém menos que a Mulher-Hulk. Outro personagem a sofrer nas mãos do vilão foi o Demolidor. No arco Diabo da Guarda, lançado no final da década de 90, Matt Murdock (alter-ego do Demolidor) era o homem por trás do uniforme do Homem-Aranha na época. Quentin, sabendo que aquele Aranha era um impostor, arquitetou um plano com um enredo Cristão/Apocalíptico ao colocar em cheque as crenças cristãs do Demolidor. Na história, o Demônio de Hell´s Kitchen entra em uma espiral crescente de delírio ao proteger um bebê (que supostamente seria o Anti-Cristo) de bandidos. Em profundo questionamento entre o que é verdadeiro ou delírio, Matt Murdock sofre nas mãos do incrível plano de Mystério ao se dividir entre suas crenças católicas e a proteção de um inocente. Histórias como esta mostram o quanto um vilão como Mystério pode ser perigoso ao manipular crenças e traumas profundos de outras pessoas.

Miniatura Marvel Nº 57 - Mystério

Eu, que pouco acompanhei as histórias envolvendo o vilão, sempre achei que Mystério realmente era um ser poderoso e de origem espiritual. Isto porque sempre soube de seu potencial de enlouquecer mentalmente seus oponentes. Por isso sempre achei que Mystério era um ser constituído apenas de um éter incorpóreo, ou seja, eu mesmo fui enganado pelo danado do Quentin Beck... rs rs rs ...

Bem amigos... É isso aí! Um forte abraço à todos vocês!!

5 comentários:

  1. Adoro esse personagem. E o Toupeira também. E o Caveira Vermelha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana!

      Puxa... Fico muito feliz de ter um comentário como o seu aqui. Agradeço muito a participação, ainda mais de alguém que ao que parece conhece muito bem dos quadrinhos ao citar dois personagens tão emblemáticos para o Universo Marvel como é o caso do Caveira Vermelha e o Toupeira.

      Confesso que como descrevi na matéria eu conhecia pouco sobre o Mystério, o que me fez procurar informações sobre ele.

      Espero ver comentários seus mais vezes por aqui!

      Forte abraço!

      Marcelo

      Excluir
  2. Marcelo onde vc compra essas miniaturas? Vc tem uma assinatura? Ou vc compra por unidade no site? Eu estou querendo fazer esta coleção e gostaria de saber como vc compra

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu já acompanho a coleção a um tempo (uns 3 anos) e estava juntando uma grana pra comprar

      Excluir
    2. Olá amigo João!! Tudo bem!?

      Obrigado pela presença e pelo comentário!

      Então... Esta coleção começou no Brasil em 2012. Eu assino desde aquela época. Mas caso você queira adquirir é possível pela Loja Virtual da própria Eaglemoss. (https://lojaeaglemossbrasil.com.br/)

      A assinatura às vezes dá uma enroscada. Às vezes atrasa e tudo o mais. Tenho percebido que quando eu compro alguma peça avulsa pelo site a entrega é mais ágil e rápida. A assinatura tem alguns benefícios como desconto. Atualmente aliás eu nem sei se eles mantém o desconto na assinatura. Na época que eu fiz e todo ano quando renovo eles dão um desconto. Valeria a pena você olhar no site deles.

      Espero que você colecione sim João! Apareça mais vezes para trocarmos "figurinhas" sobre a coleção.

      Forte abraço amigo!

      Marcelo

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts Relacionados