domingo, 2 de setembro de 2018

Supercards - Revista Mundo dos Super-heróis


Por que costumo divulgar com tanta frequência iniciativas e novidades da Revista Mundo dos Super-heróis (MSH)? Bem... São dois os motivos: 1º porque é uma excelente publicação dirigida ao fã de quadrinhos. E só isso já responderei à pergunta. Mas há um 2º motivo, e ele tem a ver com meu histórico pessoal. Venho de uma Era (os anos 80) em que vivíamos garimpando fiapos de informações a respeito do Mundo dos Quadrinhos. Comprar os quadrinhos já era algo não muito fácil, sobretudo porque dependíamos do suado dinheiro de nossos pais, mas obter informações então era quase impossível. Nossa única fonte era as sessões de cartas dos gibis. Na época seria impossível pensar que uma Revista do porte da MSH existiria, e mais, que sobreviveria ao longo de 100 (!!) edições. Marca que alcançou em junho de 2018. Assim, torna-se para mim mandatório assina-la e divulgar sua excelente qualidade. A MSH, como que para sinalizar esta marca centenária, decidiu lançar a partir do Nº 101 uma coleção de Supercards contendo imagens emblemáticas do Mundo dos Quadrinhos, e isso inlcui imagens do cinema, TV e dos próprios quadrinhos. Assim nasceu a coleção MSH de Supercards.

Nº 01 - Homem de Ferro - 2008 / Nº 02 - Batman: O Cavaleiro das Trevas - 2008

E porque Cards? Bom... Para saber a resposta exata só perguntando para o Editor Manoel de Sousa. Mas eu posso imaginar o "porque". Não há nada mais emblemático na infância de qualquer "Nerd" verdadeiro do que uma coleção de "gibis" ou de "cards". Figurinhas é o tipo de artefato lendário na mente coletiva inconsciente da fandom. Ter uma coleção e "cards" de momentos emblemáticos então é algo que beira a necessidade! rs rs... Brincadeiras a parte, entendo que este tipo de coleção fala diretamente ao recôndito de nosso coração "Nerd", ou seja, nos remete à uma infância longínqua e cheia de significados. Como será esta coleção?

Nº 03 - Episódio 2 da 2ª Temporada de Supergirl - 2016 / Nº 04 - Logan - 2017

A partir do Nº 101 da revista o leitor terá 08 cards por edição. Cada card possui metade do tamanho de uma página da revista. O papel do card possui gramatura bem maior que a das páginas regulares e em seu verso traz as seguintes informações: 1) - Direção no caso de filme/série e Roteiro/Desenho/Arte-final no caso de um card de gibi; 2) - Sinopse; 3) - Bastidores; 4) - Referências (algo como "curiosidades"). Os cards vem grampeados como se fossem páginas da própria revista. Por isso, recomendo fortemente que você adquira em uma papelaria aquele "removedor de clipe" para retirar os cards de maneira cirúrgica. Caso não queira retira-los, a própria revista serve como um bom local para guarda-los.

Nº 05 - Demolidor - 1ª Temporada - 2015 / Nº 06 - As Aventuras do Capitão Marvel - 1941

Provavelmente os leitores debaterão que gostariam de ver este ou aquele card representativo de uma série, filme ou quadrinho de sua preferência. Eu por exemplo, sou apaixonado pela Era dos Pulps e pela Era de Ouro dos Quadrinhos, portanto fiquei extremamente feliz de ver este card do Capitão Marvel acima. É claro que para alguns este seria um card que deveria ter sido substituído por outro que, em sua opinião, representaria mais seu gosto. Por isso entendo a diversidade que os editores buscaram ao escolherem épocas e personagens tão distintos, ou seja, permitir que cada leitor se veja representado. Confesso que são escolhas difíceis para qualquer editor, mas se a coleção for longa o suficiente, conseguirá representar Eras, Estilos, Gêneros e gostos diferentes.

Nº 07 - Superman II - A Aventura Continua - 1981 / Nº 08 - Homem-Aranha Nunca Mais - 1967

Nesta 1ª leva de cards acredito que temos períodos e obras representativas para qualquer "Nerd". O Nº 01 (Homem de Ferro de 2008) marcou o início da Era das produções cinematográficas Marvel. Não dá para não referendar este filme. Se Homem de Ferro de 2008 abriu as portas para as grandes produções cinematográficas de super-heróis, o Nº 02 Batman - O Cavaleiro das Trevas de 2008, com seu Coringa de Heath Ledger, mostrou que tais filmes poderiam carregar discursos políticos e sociais em sintonia com nosso tempo. O Nº 06 (As Aventuras do Capitão Marvel) é um registro histórico que nos informa o fato de que, antes de nós, existiam gigantes da cultura "Nerd" que batalharam e construíram o que chegou até nós. Se Batman - O Cavaleiro das Trevas inaugurou o filme de Super-heróis para maiores de idade no cinema, foi a 1ª Temporada do Demolidor que fez o mesmo na TV com a série do NetFlix. Por fim, não podemos deixar de lembrar que se filmes e séries de Super-heróis existem é porque existiram obras primas nas HQs primeiro, portanto mais que honrosa a menção à HQ do Homem-Aranha - Nunca Mais. Já Superman II de 1980 dispensa comentários. Se você não sabe a importância de Superman I (1978) e de Superman II (1980) acho melhor você ler urgente a MSH!!

Bom amigos... Espero inserir aqui, daqui para frente, os próximos cards da coleção. Pelo menos para servir de controle para todos nós. É isso aí. Que mais uma Era de 100 edições seja inaugurada para a MSH. Forte abraço!

Um comentário:

  1. já fui assinante, mas quando vejo a quantidade de propaganda e as matérias repetidas no estilo "cronologia do personagem x que completa y anos", acabo desistindo.

    com a internet dando informação "de graça", a revista deve se manter mais pelos anunciantes que pelos assinantes.

    gostava mais da saudosa Wizard/wizimania


    abs!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts Relacionados