domingo, 24 de setembro de 2017

Miniatura DC Nº 26 - Ra´s al Ghul

Miniatura DC Nº 26 - Ra´s al Ghul

Ra´s al Ghul foi criado pelas brilhantes mentes de Neal Adams e Dennis O´Neil (a mesma dupla que conduziu a aclamada série do Arqueiro e Lanterna Verde nos anos 70) em 1971. A reputação do personagem foi crescendo ao longo dos anos à medida em que um pouco mais de sua misteriosa origem e objetivos foram sendo aos poucos apresentados. Dono de um intelecto incrível e de uma visão apaixonada e violenta de seus ideais, Ra´s al Ghul é sem dúvida um vilão complexo e à altura do Homem-Morcego. Sua mente prodigiosa veio preencher uma lacuna na galeria de vilões do Cruzado Encapuzado, que até então fora construída quase que predominantemente por vilões com mentes perturbadas e doentes. Aqui, Batman foi testado quase que até seu limite, não apenas física e intelectualmente, mas também emocionalmente, já que foi com a filha de al Ghul que Bruce Wayne teve seu filho Damian.

Miniatura DC Nº 26 - Ra´s al Ghul

Ra´s al Ghul foi bem representado na Coleção de Miniaturas DC Eaglemoss. Ele aparece em um postura tradicionalmente vilanesca e com seu traje tradicional que evoca a figura do "Barão", "Duque" ou "Conde". Ao mesmo tempo há interessantes detalhes em seu traje que faz relação direta com o Oriente Médio, sua terra de origem. Podemos identificar mangas largas em sua camisa, que também possui uma abertura na altura do peito lembrando muito bem trajes usados no Oriente. Além é claro de detalhes em amarelo (ouro) nas mangas e orla do manto. A própria cor predominante do manto e camisa nos arremete à bandeira da Arábia Saudita, um verde vivo e inconfundível. Com este visual Ra´s al Ghul compõe uma mistura de "Conde" Europeu e Líder Messiânico Árabe.

Miniatura DC Nº 26 - Ra´s al Ghul

Seguindo o padrão da coleção, o manto do personagem está muito bem modelado, expressando ao mesmo tempo suas ondulações e uma ideia de ser pesado, tal qual um manto cerimonial e imprerial deve ser. Achei muito interessante terem conseguido chegar ao tom diferenciado de pele na peça. Ra´s é do Oriente e, apesar de não ser possível precisar sua origem exata (pode-se muito bem associa-la aos Persas ou aos povos da Península Arábica - Arábia Saudita, Iêmen, Jordânia e Oman), este fato o diferencia em hábitos, visão de Mundo e cor de pele, e é para este último detalhe que chamo atenção na peça. Vemos uma cor de pele diferente do tradicional rosa salmão dos caucasianos (Europeus) e dos negros Africanos. Neste quesito al Ghul está em posição de destaque dentro da coleção, ao possuir este interessante diferencial. A face do personagem, com seu bigode longo, olhos claros e cabeleira farta porém grisalha na lateral, dá o tom necessário para o associarmos à uma certa sabedoria, dramaticidade e profundidade interior.

Miniatura DC Nº 26 - Ra´s al Ghul

A origem de al Ghul é imprecisa, no entanto especulações o colocam como um homem que nasceu no Oriente Médio há 06 séculos, ou seja, no Século 15 (algo entre os anos de 1400 e 1500). Ele teria nascido junto à uma tribo de nômades do deserto. Ainda jovem, al Ghul abandonou sua tribo para buscar conhecimento e aprofundar-se nos mistérios da vida. Nesta busca ele descobriu o que viria a ser sua fonte de "imortalidade", o Poço de Lázaro, uma fonte que traz rejuvenescimento a quem nela adentra. Como efeito colateral, no entanto a fonte traria insanidade temporária. Por ser ainda jovem, Ra´s al Ghul partilhou este segredo com um Príncipe de uma cidade na qual vivia. O Príncipe foi o 1º a acessar a fonte, o que trouxe demência e loucura para ele, levando-o a cometer assassinato. A culpa, no entanto recaiu sobre al Ghul que fugiu para o deserto, se organizou junto à sua tribo e massacrou à todos na cidade que o acusara. Este 1º ato de violência de al Ghul daria o tom de sua personalidade para o resto de sua vida.

Miniatura DC Nº 26 - Ra´s al Ghul

Beneficiando-se dos efeitos do Poço de Lázaro, al Ghul se tornou em excelente espadachim e um lutador versado em diversos tipos de combate. Ele participou como guerreiro em Guerras e Eventos-chave na história da humanidade, tais como a avassaladora Campanha Militar de Napoleão Bonaparte e Revolução Francesa. Mas toda a expertise que acumulou ao longo do tempo daria ao imortal Ra´s a possibilidade de fundar uma organização terrorista chamada "Demônio", sendo um de seus desdobramentos a chamada "Liga dos Assassinos". Nesta trajetória beligerante ele teve duas filhas, a 1ª chamada Nyssa, e a 2ª Tália. O primeiro embate entre Ra´s al Ghul e Batman envolveu justamente Tália. Determinado a encontrar o par perfeito para sua filha e assim um herdeiro digno e à altura de sí, al Ghul percorreu o globo e encontrou o Batman. Alguém que possuía a determinação e coragem que serviria a al Ghul. Aliás, determinar a identidade secreta do Cavaleiro de Gotham não foi problema para al Ghul, que por simples dedução chegou à Bruce Wayne.

Miniatura DC Nº 26 - Ra´s al Ghul

É difícil compreender os objetivos de Ra´s al Ghul. Sabemos que ele possui amor pela vida e pela natureza. Ao longo dos séculos, no entanto ao ver a humanidade se lançar de forma tão voraz em suas Guerras e contra a natureza, ele percebeu o quão letal o homem pode ser. Isto construiu dentro dele uma visão negativa e violenta contra o homem. Hoje poderíamos dizer que o objetivo de al Ghul seria extirpar da Terra o que ele considera como seu "câncer", ou seja, a raça humana. E foi neste contexto que os objetivos dele e de Batman se chocaram. Embora Bruce possui-se afeição e amor por Tália, ele não pôde deixar de rejeita-la frente aos objetivos de al Ghul (muito embora Bruce e Tália tenham sim desenvolvido um romance escondido por muito tempo). Os confrontos entre Batman e Ra´s al Ghul sempre foram brutais e violentos, envolvendo ameaças incríveis contra a raça humana. Foi também contra al Gul que Batman precisou usar sua perspicácia e astúcia como nunca antes usara, sendo estas histórias as que serviram para os autores trabalharem seu perfil detetivesco.

Miniatura DC Nº 26 - Ra´s al Ghul

Damian Wayne nasceu do relacionamento entre Bruce e Tália, porém Batman soube de sua existência quando o menino já era um adolescente. Criado pela mãe e sob o treinamento da Liga dos Assassinos, Damian possui personalidade selvagem e difícil. Hoje ele vive com Batman e é o Robin que temos visto aparecer nos quadrinhos e animações da DC. O avô, Ra´s al Ghul é um vilão muito bom e complexo. Tal qual um Doutor Destino da Marvel, ele carrega conceitos de justiça, lealdade e moral dentro de si. Isto o torna mais difícil de ser decifrado, sobretudo pelo fato de administrar uma causa que muitos se identificam, ou seja, o combate ao efeito negativo da humanidade sobre a criação. Não à toa podemos associa-lo facilmente a personagens ficcionais famosos, como por exemplo Robur, O Conquistador e o Capitão Nemo, ambos de Júlio Verne. Homens que sofreram tragédias e perceberam a crueldade do homem, tornando-se reclusos e com planos de trazer a humanidade à razão, mesmo que seja a força.

Miniatura DC Nº 26 - Ra´s al Ghul

Em minha opinião as histórias envolvendo Ra´s al Ghul devem ser sempre mais associadas à questões dramáticas, do que simplesmente um combate entre "mocinho" e "bandido". Isto coloca o ideal super-heroico em cheque, já que expande o Universo muitas vezes parcial e inflexível do herói.

É isso aí amigos! Deixo um forte abraço à todos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts Relacionados