sábado, 11 de abril de 2015

Demolidor - NetFlix


A década de 2000 viu nascer um fenômeno nunca antes visto: a expansão da cultura nerd. Pela primeira vez os fãs de quadrinhos conseguiam ver reproduzido nas telas aquilo que conseguiam sentir quando liam simples páginas de revistas de Super-heróis. Todo drama, luta, conflito interno e, acima de tudo, ideal super-heróico parecia que começava a ser traduzido de forma mais fiel no cinema. O ano de 2008 deixou  o mundo boquiaberto com Homem de Ferro I, adaptando para as telonas o herói de uma forma que revelou a todos porque gostamos tanto de quadrinhos. Demolidor (Série original NetFlix) que estreou ontem é produto dessa mesma onda e não decepciona.


Os primeiros episódios já dão o tom da série, ou seja, uma história que ficará (pelo menos aparentemente) circunscrita à um único ambiente, o bairro "Cozinha do Inferno" em Nova York. Para um "vigilante" ser crível em sua adaptação, creio que esse deve ser um dos principais aspectos a ser considerados, ou seja, o violento microcosmo dentro do qual a injustiça ganha um nível tão alarmante que pessoas saem fora da perspectiva usual e se sentem compelidas à fazerem algo. E o microcosmo do Demolidor está muito bem montado na série. Não há batalhas espaciais, cósmicas ou grandes cenas impactantes, o que há é a violência e a vida marginal de pessoas desagregadas e sozinhas. Algo emprestado diretamente (creio eu) da Queda de Murdock de Frank Miller.


Confesso que tinha minhas ressalvas com o ator escolhido para o papel de Matt Murdock (Charlie Cox), pois não conseguia dissocia-lo do papel que ele havia feito em Stardust - O Feitiço da Estrela. No entanto, sua interpretação na pele do herói urbano convence a partir do momento em que ele não tenta aparecer mais que o próprio personagem, fixando-se apenas no drama pessoal de Matt. Wilson Fisk (Vincent D´Onofrio) assusta mesmo ainda não aparecendo tanto nos primeiros episódios. Como uma nuvem negra o Rei do Crime parece cobrir toda a cidade, como um deus controlando tudo. Foggy Nelson (Elden Henson) está bem também na interpretação e traz o balanço mais ameno à vida de Matt. 


A série é cheia de referências aos quadrinhos, inclusive esse uniforme negro provisório adotado pelo herói e só pode ser uma homenagem a adaptação do herói cego para um telefilme de 1989 chamado O Julgamento do Incrível Hulk com Lou Ferrigno (confira na foto abaixo)!! A história do pai de Matt (Jack "Batalhador" Murdock) é bem apresentada e é construida com a dramaticidade que merece, pois o que acontece com o pai é (como todos sempre soubemos) norteador na vida do Demolidor.

O Julgamento do Incrível Hulk - Filme de 1989. O uniforme é exatamente o mesmo da nova série.

Os produtores não sucumbiram à tentação de retratar os super-sentidos do herói de maneira espalhafatosa, mas optaram por uma abordagem discreta e bem direcionada, como se cada sentido em ação escolhesse o alvo de atenção do momento e o expandisse. Gostei muito do fato das referência religiosas, tão presentes na mitologia do herói, serem mantidas na série com o respeito que qualquer religião merece. E nesse caso o catolicismo serve para expandir ainda mais seu drama pessoal, que possui dentro de si uma fome selvagem e brutal (literalmente) por justiça. A fotografia é bem marginal e aproxima Matt do ambiente das brigas de rua, algo que ele preserva como um elo com a profissão de boxeador do pai. Por fim não poderia deixar de falar sobre a incrível abertura!!!!


Uma abertura com imagens emulando sangue, justiça, espiritualidade, o urbano e por fim o herói em sua vestimenta clássica. A maneira como as imagens vão se formando me arremete a forma como (possivelmente) elas são construidas na mente do herói. Excelente! A trilha sonora dá o tom sombrio e reflete muito bem a contexto no qual o herói sempre viveu.


Bom amigos... Nos resta esperar pelas adaptações de Luke Cage, Jessica Jones e Punho de Ferro que, se manterem essa linha de narrativa, só nos trará boas surpresas!!

Abraço à todos!!

26 comentários:

  1. Olá, Marcelo! Bela postagem essa tua! Não conheço praticamente nada a respeito do personagem, a não ser, é claro, quando escrevem a respeito falando de sua origem. Estão falando tanto nessa série pelo Netflix, será que algum canal de Tv a exibirá? Será que já exibe eu não não sei? Acho que, de alguma forma, procurarei assistir.

    Abraços e tudo de bom!

    Fabiano Caldeira.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá amigo Fabiano!! Blz! Obrigado pela visita e comentário!!

      O personagem (Demolidor) realmente habitava o segundo, ou talvez até terceiro escalão da editora no início dos anos 70. Seus inimigos eram muito "toscos". Foi a partir do trabalho de Frank Miller como roteirista que ele ganhou novo status. Sobretudo a partir da Saga "A Queda de Murdock". A partir daí o herói passou a ser visto como símbolo de dor e redenção na Marvel, tendo passado por incríveis dificuldades e sempre se levantando.

      Então... Sobre a série no NetFlix ela é boa mesmo. Infelizmente, creio que não ela não está em nenhum canal, pois é exclusividade NetFlix. Mas seria muito legal se você assistisse e depois me falasse o que achou. Gosto sempre de ler sua opinião.

      Valeu! Abração!

      Marcelo.

      Excluir
  2. Bom dia Marcelo.

    Não incentivando a pirataria, mas quem quiser conferir a 1ª Temporada na integra e completa é só acessar o site http://topdezseries.com/category/daredevil

    Basta ter um client torrent instalado.

    Baixei mas ainda não conferi, mas visto seu post, vou assistir hoje e volto pra comentar.

    Sinta-se a vontade para excluir esse post se ele estiver quebrando alguma regra do Blogspot.

    Um grande abraço.

    Esnaider

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí Esnaider...

      Como vai?

      Em geral eu procuro assistir as séries de forma legal. Porém, conversando com um amigo há um tempo nós comentávamos como é difícil ficar dentro da lei no caso de filmes e seriados, uma vez que praticamente não se tem opção para alugar por um preço justo determinado filme ou série. Uma vez que as locadoras acabaram. Meu sogro e sogra por exemplo, que não tem tanta familiaridade com computador mas que gostam de filmes ficaram órfãos, pois simplesmente não tem mais onde alugar filmes e ainda não tem NetFlix. Ou seja, há todo um segmento de pessoas que hoje ficaram sem ter como assistir nada!!

      Por isso, penso que a questão de baixar algo pela internet talvez seja mais complexa pois envolve essa lacuna na indústria que deixa as pessoas praticamente sem opções legais.

      Eu sempre resisti em baixar coisas da Internet mas já estou considerando essa possibilidade.

      Valeu amigo!

      Marcelo

      Excluir
    2. Até porquê não vi série da NetFlix ser lançada em mídia, ao contrario das outras produtoras.

      Essa questão é mesmo inquietante, pois penso que se todos começarem a somente baixar, o lucro das produtoras cai e os cancelamentos aumentam.

      Eu costumo comprar boxes das séries que gosto nas Americanas, pois sempre tem alguma na promoção, tipo R$ 29,90 por uma temporada de Dr. House ou Smalville, que mesmo após assistir ou na TV aberta ou na paga ou mesmo baixando, vale a pena ter na coleção.

      Um abraço!

      No aguardo do próximo post.

      Esnaider

      Excluir
    3. É verdade Esnaider...

      Na verdade penso que a onda de filmes e séries baixados na internet teve início a partir do momento em que as produtoras quiseram um lucro acima do razoável e o Brasil, campeão em carga tributária, começou a deixar inviável comprarmos nossos queridos DVDs de filmes e séries. Daí surgiu um mercado paralelo fruto da própria indústria que tenta hoje combate-lo.

      Por isso que quando vejo uma propaganda assim: "Abaixo a pirataria" eu penso na incoerência disso. Ou seja, porque não pensam numa campanha assim "Por uma carga tributária mais justa!!"?, ao invés de insultarem nossa inteligência fazendo essas propagandas superficiais e que ninguém nota em função de seu absurdo.

      Por isso acho que a própria indústria criou seus monstros. O NetFlix eu até acho interessante porque pago 14,90 por mês e posso assistir quantos filmes quiser. Um preço que eu acho justo.

      Também sou como vc. Sempre acabo comprando os DVDs das séries que mais gosto.

      o/

      É isso aí!

      Valeu Esnaider.

      Marcelo.

      Excluir
  3. Oi companheiro!
    Assisti aos dois primeiros episódios. Devo confessar que superou minhas expectativas.
    Gostei demais do tom e da história... A inserção de Karen foi bem bacana.

    Minha expectativa agora passa a ser de que os produtores consigam manter a série interessante!
    A netflix está investindo e tem uma proposta muito bacana. Fez um bom trabalho com Marco Polo, e por esta razão acho que deve continuar crescendo nessa área.

    É impossível não comparar as séries da DC com a da Marvel neste contexto.
    DC há mais de 15 anos começou com small ville.. que começou bem para a época, mas acabou se tornando um Team up de vários personagens imortais.
    Arrow se apresentou com uma nova roupagem, o que despertou muito interesse dos críticos. Pessoalmente eu gosto da série, mas esta começou a seguir os passos de Small Villes... vários personagens entrando pra história que aprendem a lutar da noite pro dia, e do dia pra noite se tornam super heróis.
    Flash entrou bem, mas não possui o mesmo tom sombrio que arrow costumava apresentar. De qualquer forma acho boazinha.
    Gotham me conquistou, acho que estão fazendo um bom trabalho. Os atores encaixam bem, mas a história pode melhorar um pouco.

    Na minha opinião Agents of Shield foi um fiasco. Tem alguns episódios que se salvam..
    Agent Carter assisti apenas o primeiro, mas não aguentei. Assim como a série acima, a necessidade de conectar tudo ao universo do cinema acaba tornando tudo desinteressante.

    Demolidor aparece pra mim como uma agradável surpresa. E acho que a sua maior vantagem em relação as séries que citei acima é o número de episódios da primeira temporada.
    Séries boas são aquelas que não precisam "cozinhar" o expectador. todas acima tem em torno de 22... e é impossível manter boa história e boa qualidade com essa quantidade.

    Não é a toa que as séries mais premiadas, que mais atraem o público e a atenção da mídia são as que concentram maiores acontecimentos em histórias de qualidades.. que possuem rotatividade em seu elenco... que fazem o expectador sair da zona de conforto (o que leva ao tédio e desinteresse..)

    Sempre um prazer ler suas resenhas.

    Abcs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí Denis! Blz!?

      A Série do Homem Sem Medo está boa mesmo. Eu que estou no 9º episódio deu pra perceber que eles mantiveram o tom e o ritmo da trama. O Rei do Crime está muito bom, sem falar no Stick, Foggy e Karen. Realmente um marco ao que parece. O DNA do Vigilante está bem presente. E foi o que comentei com um amigo do Facebook. A ideia do Vigilante não ser um Popstar (estilo Vingadores) foi muito boa, ou seja, um herói que suja as mãos no "chão da fábrica", que está do lado do dia a dia das pessoas e sua maior preocupação não se o mundo vai ser destruído, mas sim se as pessoas podem voltar em segurança para suas casas ou não. Achei também a série com um estilo "Noir". Algo que já sentia em algumas histórias do Demolidor.

      Não assisti ao Marco Polo, mas fiquei interessado sim.

      Sobre Arrow eu diria que ficou ofuscada com o Demolidor. Parece que a Marvel/NetFlix estabeleceram um novo padrão de séries e será um pouco difícil superar. De qualquer forma Arrow tem muitos méritos com certeza. Flash eu ainda não vi, nem Gotham. Estou bem ansioso.

      Agents of Shield eu assisti só o primeiro e segundo. Achei fraco também, mas como muitos falam que fica muito bom depois estou pensando em voltar a ver para ter um panorama mas completo da série. Agente Carter uma amiga falou que é no estilo das histórias da época da Timely Comics. Por isso vou checar também.

      Sempre achei 10 ou 15 episódios uma quantidade pequena para uma temporada. Mas depois de assistir tanta série que acaba por enrolar o espectador durante os episódios centrais da temporada, concordo plenamente com vc. É melhor ter poucos mas todos bons do que vários ruins.

      Vamos aguardar Jessica Jones, Luke Cage e Punho de Ferro. Se for no nível do Demolidor estamos muito bem!!

      Abração!!

      Marcelo.

      Excluir
  4. Olá de novo Marcelo...

    Mudando o foco do tópico, gostaria de uma informação, sua ou de outros leitores, por favor...

    É o seguinte: coleciono as Graphic Novels da Salvat e hojo ao comprar a Ed. 32, que na lombada é a número 51 (A morte do Cap. América), percebi que o desenho da lombada é o mesmo da 52, ou seja, duplicado.

    Saiu com esse erro? Fui sorteado com esse azar? Sabe se a Salvat comentou algo a respeito?

    Desde já agradeço a atenção.

    Abraço

    Esnaider

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Esnaider!!

      Blz!? Desculpa a demora em responder. Essa semana foi corrido!!

      Cara... Fiz uma pesquisa pra você sobre isso e confesso que na minha coleção não há essa replicação de capaz. Fiz uma matéria sobre os volumes já lançados conforme segue:

      http://marcelo-antologias.blogspot.com.br/2015/01/colecao-de-graphic-novel-salvat-lista.html

      Porém, nessa minha matéria a ordem está por lançamento. Daí fui no site Guia dos Quadrinhos pesquisar porque lá eles inseriram pelo número de lombada e também não encontrei réplicas de capas. Postei os dois links de lá para vc dar uma olhada.

      http://www.guiadosquadrinhos.com/capas/colecao-oficial-de-graphic-novels-marvel-a/gr007106

      http://www.guiadosquadrinhos.com/capas/colecao-oficial-de-graphic-novels-marvel-a/gr007106

      Achei estranho isso viu Esnaider. Seria bom você entrar em contato com eles.

      Depois me avise o que deu!!

      Abração!

      Marcelo

      Excluir
    2. Olá Marcelo / Esnaider
      O problema relatado se refere ao problema do desenho da lombada. A edição 52 Thor O Renascer dos deuses é uma das quatro edições que deram problema. Você pode entrar em contato com a editora e solicitar os adesivos para colar nas lombadas ou, se você adquiriu as quatro primeiras edições da coleção (ordem de lançamento) pode solicitar o envio de edições com a lombada correta.
      Abs., Carlos - São Paulo.

      Excluir
    3. Puxa, obrigado Carlos.

      Entrarei em contato, até porquê um erro desses deveria ter sido colocado no site para que não houvesse dúvidas quanto ao controle de qualidade da editora.

      Muito obrigado e vamos pra próxima chateação, agora com a Eaglemoss... Decepção essa miniatura do Superman Centenial Park. Feita de resina. Eaglemoss Brasil não respeita mesmo os colecionadores....

      E ainda mudaram a descrição no site.

      Bom fim de semana!

      Excluir
    4. Olá Esnaider, as edições com problema são as 21 / 34 / 36 e 52.
      O e-mail para contato é o
      numerosatrasados@publisher.com.br
      Eu optei por solicitar o envio das edições corrigidas e demorou uns 40 dias. O porém é que eles condicionam o reenvio somente para quem adquiriu todas as quatro edições.
      E o Golden Superman foi uma palhaçada da Eaglemoss. Se você notar, na capa do fascículo vem escrito como sempre: Miniaturas de METAL pintadas à mão. E eu acho que todos deveriam boicotar novas compras até a empresa se explicar de maneira convincente.
      Boa Sorte, Carlos - São Paulo.

      Excluir
    5. Olá Esnaider e Carlos...

      Obrigado pela participação e resolução do problema. Tinha entendido errado Esnaider, achei que se referia à capa do volume. Mas o Carlos tem toda razão, a Salvat disponibilizou o reenvio dos volumes com problemas. Eu troquei os meus. Demorou mesmo uns 40 dias, mas recebi os novos mediante o envio da 1ª folha de cada um dos quatro volumes (a folha de créditos de cada encadernado). Deu certo.

      Quanto ao caso da troca de material de metal por resina no Golden Superman realmente achei um erro grave. Eles teriam que vir à público agora se manifestando minimamente com uma desculpa. O mercado de colecionismo e os colecionadores precisam ser vistos de uma vez por todas como sendo um segmento exigente e comprometido com a qualidade das peças. Estou esperando que, passando esse feriado de amanhã (21/04), a Eaglemoss venha à público com alguma explicação ou alternativa.

      Vamos ver amigos!

      Grande abraço!

      Marcelo.

      Excluir
  5. Olá Marcelo!

    Essa série me surpreendeu bastante. Apesar de ser bem mais inclinada para o Universo DC, o Demolidor e os X-Men sempre foram meus títulos favoritos da Casa das Ideias. Assistir uma série em que respeitam bastante a mitologia do personagem e capricham nas atuações e ambientação foi uma experiência ótima. Gostei especialmente do fato de desenvolverem a história de forma contínua, sem adotar a fórmula de 'vilão da semana' muito presente no gênero. A qualidade em geral e até o nível de violência gráfica apresentados me fizeram lembrar em alguns aspectos séries da HBO. Acredito que o Netflix está se consolidando cada vez mais como uma plataforma capaz de rivalizar diretamente com outros gigantes desse meio, após assistir essa série e outras deles como Better Call Saul.

    Me fisguei logo no primeiro episódio e devorei todos os demais em um único fim de semana haha

    Abraços! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Laís!!

      Tudo bem!? o/

      À mim também me surpreendeu sabia!? Achei o respeito pelo personagem a tônica da série. Além, é claro, da exposição real do que é o VIGILANTE. O personagem que está em pé de igualdade com o homem comum, que suja suas mãos nas ruas. Essa outra característica da série me fez lembrar bastante o estilo "Noir".

      Tem toda razão sobre essa coisa do "vilão" da história. Gostei mais assim também. Não havia assistido nenhuma série do NetFlix. Essa é a primeira. E olha que a partir de agora vou estar mais atento.

      Estou no episódio 10. Vou assistir hoje. Já estou ficando chateado de ter que esperar agora para uma segunda temporada.

      Valeu!!!

      ; )

      Marcelo.

      Excluir
  6. Novas miniaturas especiais da DC na loja Eaglemoss on line

    Esnaider

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa!! Valeu amigo! Esnaider!!

      Abração!!

      Marcelo.

      Excluir
  7. Olá Marcelo, falando em miniaturas, você adquiriu o Golden Superman?
    Que palhaçada, a minha veio de plástico e já reclamei no Reclameaqui. Enquanto não solucionarem o problema vou deixar de comprar novos especiais como o Bane e o Grood.
    Aliás essas miniaturas nem estavam na lista divulgada a um tempo atrás.
    Abs., Carlos - São Paulo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Carlos...

      Blz!?!?

      Cara... Me desculpe a demora em responder. Estou de mudança e as coisas estão de perna pro ar aqui. rs rs rs

      Pois é... Que papelão essa coisa do Golden Superman, não!?

      Comprei um também e veio de resina. Escrevi um email para a Eaglemoss achei estranho eles terem me respondido com a seguinte mensagem. Veja abaixo:

      "Mensagem: Informamos que foi solicitado o reenvio da miniatura, sendo o prazo para recebimento de acordo com a modalidade escolhida no pedido.

      Pac: 20 Dias úteis


      Atenciosamente,

      Atendimento
      Eaglemoss"

      Muito estranho, não!? Até mesmo porque eu havia lido no Facebook deles que eles não trocariam nenhuma peça e que essa de resina seria a definitiva.

      Fiquei sem entender para qual peça eles trocarão. De qualquer forma vou aguardar esses 20 dias úteis e ver no que vai dar.

      Grande abraço Carlos!!

      Marcelo.

      Excluir
    2. Olá Marcelo, eu entrei em contato via ReclameAqui e a resposta foi similar. Eles responderam que enviariam a miniatura CORRETA no prazo de 20 dias úteis. Vamos ficar no aguardo. O curioso é que um cara fez um copy-paste da minha reclamação mudando só detalhes e aparentemente recebeu a mesma resposta. Acho que ele se entusiasmou com o desfecho da minha reclamação.
      Boa sorte na mudança.
      Abraços, Carlos.

      Excluir
    3. Puxa... Vamos ver o desfecho dessa novela Carlos.

      Começo a achar que será de resina mesmo. Andei acompanhando alguns posts e pelo que percebi a ordem veio da DC para alterar o material do qual as minis eram feitas de metal para resina em função da sustentabilidade. Na verdade a resina não é um material ruim. Muitas peças de grandes fabricantes de Miniaturas são feitas nesse material. Talvez o mais triste tenha sido a Eaglemoss Brasil não ter contado isso pra gente e mais, não ter alterado em tempo hábil a descrição do produto no site.

      Vamos ver!

      Grande abraço Carlos!

      Marcelo.

      Excluir
  8. Oi, Marcelo. Blz?
    Não posso falar muito porque ainda não vi nehum episódio. Mas Vincent D'Onofrio é um chamariz... O cara é muito bom.
    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Kleiton...

      Blz?

      Puxa... Você precisa ver então e depois me falar o que achou. Uma série que trata o Vigilante como ele deve ser. Uma narrativa marginal, suja e violenta. Olha... Sensacional!!

      Espero que consiga ver logo!

      Abc.

      Marcelo.

      Excluir
  9. É verdade Marcelo, a cultura Nerd se enraizou de vez no imaginário popular.
    Quem diria que veríamos esta série do Demolidor fazendo tanto sucesso. Quem sempre leu quadrinhos sabe que é algo lógico, mas parece que o "resto do mundo" demorou a perceber isso. E essa incrível semelhança com o uniforme do Julgamento do Incrível Hulk? Referência Nerd total. Um abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí grande amigo Marcelo!?

      Tudo bem?

      Pois é... Demorou muito para as grandes empresas de entretenimento perceberem que o melhor caminho é preservar o DNA dos personagens em suas adaptações para a Telinha e para a Telona. Acredito que é por isso a grande estranheza que está nos causando a nova adaptação do Quarteto Fantástico. Um filme com mudanças desnecessárias que subvertem totalmente o DNA da família fantástica. Algo totalmente contra a tendência geral de se trazer os personagens cada vez mais para seu formato e personalidade originais para filmes e minisséries.

      Sobre essa semelhança do uniforme do novo Demolidor com o do filme de 1989 eu acredito que eles tentaram fazer uma homenagem. Essa é minha única explicação. É praticamente o mesmo uniforme!!! rs rs rs

      Valeu grande amigo.

      Preciso dar uma passada no Era de Ouro. Há pelo menos umas duas matérias que pretendo conferir e que ainda não vi.

      Grande abraço!

      Marcelo.

      Excluir